1. Spirit Fanfics >
  2. Daydream- Jung Hoseok >
  3. Capítulo 6

História Daydream- Jung Hoseok - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Daydream- Jung Hoseok - Capítulo 6 - Capítulo 6

Me aproximei de Hoseok, sentia como se fôssemos amigos de longa data.

-Você está bem mesmo?- sentei na cama e acariciei seu cabelo.

O mesmo se encontrava debaixo da coberta, seu rosto estava tampado, mas ele falou, mesmo com o som saindo abafado.

- S/n, não queria que me visse assim, mas aquele dia você queria saber mais sobre minhas outras emoções, por isso te chamei aqui.

-Eu sou patético, não acha?- destampou seu rosto.

Ri de sua pergunta.- Na verdade, eu admiro muito sua atitude, se gosta de mim, realmente não deveria esconder nada.

-Tudo bem.- ele sorriu.- Cadê meus cupcakes?- disse sentando-se na cama.

-Aquii.- rimos juntos e comemos até a barriga encher. Eu não sabia direito o quanto ele comia, então tinha levado uma quantidade considerável de cupcakes, no fim sobrou uns quatro.

Eu sabia que aquela era minha chance de perguntar sobre a garota, mas ele estava vulnerável demais, eu não podia falar sobre isso, não agora.

[Quebra de tempo]

Nos intervalos para o almoço da nossa escola já era costume eu e Estela comermos juntas. Hoseok nunca podia, pois sempre ia pra sala de teatro dançar. Nossa relação estava progredindo bastante, não que eu gostasse dele como ele gostava de mim, mas acabamos criando intimidade como melhores amigos.

 

-Estela, esse sanduíche da lanchonete hoje está espetacular. Vou levar um pro J-hope, ele deve estar morrendo de fome, tadinho.- disse levantando da mesa e indo até o caixa pegar mais uma ficha pra comprar outro lanche.

- Tudo bem, vou te esperar na sala.

Com o lanche em mãos, fui até a sala de teatro, mas tinha algo estranho. Eu estava ouvindo vozes, não vozes da música como de costume, mas duas vozes discutindo, uma delas era feminina.

Entrei sem fazer barulho e me agachei num canto escuro pra ver o que estava acontecendo. Sei que era errado bisbilhotar o assunto dos outros, mas Hoseok era meu melhor amigo, pensei que não faria mal algum.

-Eu estou dizendo Hoseok, eu vim pra cá por você!- ela dizia enquanto o abraçava.

-Eu  não quero você aqui, volte pra Seul.- ele falou seco empurrando-a pra longe.

- Por que você está agindo assim? Eu disse que te amo.- ele dizia quase chorando.

Estava ficando íntimo demais, resolvi que era melhor sair dali antes que fosse tarde demais.

Ao ouvir Hoseok gritando, me assustei e voltei para minha posição no escuro.

- VOCÊ ME AMA?? NÃO MINTA PRA MIM. PENSEI QUE VOCÊ IA À MINHA CASA PRA ME VER, MAS NA VERDADE ERA PARA O MEU PAI TE FODER. NÃO CANSOU DE SER OTÁRIA?- Hoseok dizia com desgosto.

Eu definitivamente não devia estar ali, sai da sala antes que ouvisse mais alguma coisa que não era pra ouvir. Já tinha coisas demais na minha cabeça.

Hoseok não sabia que eu tinha ouvido a conversa, então era melhor fingir que nada aconteceu.

Eu estava encostada no muro, um pouco longe da sala de teatro, quando Hoseok passou apressado.

-J-HOPE.- gritei enquanto ia até ele.

O mesmo sorriu como se tudo o que tinha acabado de acontecer, não existisse.- Minha princesa, o que te traz aqui?- ele disse colocando seu braço sobre meu ombro e me induzindo a andar com ele.

-Isso.- dei-lhe o sanduíche.- A lanchonete caprichou nesse hoje, pensei que estaria com fome, então o trouxe.

Ele deu uma bela mordida no lanche, sorriu, disse que estava realmente bom e seguimos andando.

Será que um dia ele diria pra mim sobre o que aconteceu?

 


Notas Finais


Continua...

Obs.:Os capítulos, muitas vezes, são menores porque eu gosto de colocar uma imagem representando a cena, espero que não se incomodem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...