História Daylight - shawmila - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Drama, Ídolo, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 33
Palavras 1.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Changes to L.A


Acordei com a claridade da janela batendo no meu rosto e imediatamente me veio na cabeça o sonho que eu havia tido na noite passada. Fazia um bom tempo que eu não sonhava com Shawn e havia sido tão... real

Levantei-me e fui até o banheiro, abrindo a torneira e jogando água morna no rosto pra despertar e tirar todo o amassado. Eu ouvia vozes vindas de lá de baixo, qual é? Já tinha gente em casa desde cedo?

Vesti meu chinelo e desci mesmo de pijama, eu estava fominta. Assim que dei o ultimo passo na escada, me deparei com o meu pai saindo do escritório ao lado de... Shawn Mendes?

Pisquei algumas vezes pra ter certeza se aquilo era real ou eu estava tendo uma miragem do céu, ou então se eu ainda estava dormindo.

Mas não, não havia sido um sonho, ele realmente estava comigo ontem a noite e hoje, logo pela manhã na minha frente.

Vendo-me de pijama.

Descabelada.

Com cara de sono.

E com mau halito.

Assim que meu pai deu mais um passo fora do escritório, senti o olhar de Shawn sob mim e um sorriso apareceu nos seus lábios.

- Oi Camila. – Ele disse ignorando o que o meu pai falava para o Scooter, seu empresário.

Meu Deus, o Scooter também estava em casa?

- Oi Shawn. – Respondi enquanto ele vinha na minha direção.

- Acordamos você? – Ele perguntou parando em minha frente.

- Acordamos você? – Ele perguntou parando em minha frente.

- Oh não, eu só... acordei naturalmente mesmo. – Sorri amarelo. – Eu estava com muita fome também.

Ele abaixou a cabeça e riu, voltando a me olhar.

- Então vá tomar café da manhã. – Ele disse.

- Eu vou... É, eu vou tomar café da manhã. – Disse me sentindo ainda perdida com toda aquela situação.

Qual é, não é todos os dias que você acorda e o Shawn Mendes está na sua casa.

Segui em direção a cozinha e antes que eu entrasse, me virei e fitei o Shawn.

- Você quer tomar café da manhã comigo? – Perguntei torcendo a boca em seguida.

- Eu já tomei. – Ele disse. – Mas obrigado pela proposta. – Então ele sorriu. Por que ele sorri assim pra mim? Isso é jogo baixo, não pode.

- Ah, de nada. – Sorri, acenando e entrando correndo na cozinha.

- Camis, o que houve menina? – Rose, a empregada de casa perguntou me olhando assustada. – Viu alguma assombração?

Sentei-me na mesa do café ainda meio desnorteada da vida.

- Rose, SHAWN MENDES ESTÁ NA SALA DE CASA. – Disse histérica. – Eu nem acordo direito e me deparo com aquela... beldade dos céus e você quer que eu fique como?

Rose começou a gargalhar.

- Eu havia me esquecido que você era fã dele, querida. – Ela se sentou na minha frente na mesa. – Ele é mesmo muito bonito.

- Eu sei. – Disse toda encantada enquanto dava uma mordida na maçã.

- E como foi ontem?

Rose era uma das pessoas que eu mais conversava na casa, devo confessar que eu lidava melhor com os empregados do que com os meus próprios pais. Ela trabalha na mansão desde quando meus pais se casaram, então, ela me viu nascer e crescer;

Já que a minha mãe mal fica em casa, ela é quase uma mãe pra mim.

- Foi legal, meio tedioso... – A fitei. – Até a parte em que Shawn chegou.

Ela sorriu animada.

- E o que vocês fizeram?

- A gente foi no jardim conversar, ele é bacana.

- Vocês se beijaram?

- ROSE! – Gritei histérica. – Ele nunca ficaria comigo, eu sou sua fã.

- Não fale o que você não sabe Camis. – Ela disse se levantando da mesa. – Eu duvido que ele não te ache linda.

- Ele me achou uma pirralha, isso sim. Ele disse que me imaginava uma garota mimada, você acredita?

- Garota mimada por causa do seu pai?

- Exatamente! – Bufei, dando um gole do suco. – Mas aí ele disse que eu era legal.

Rose sorriu parecendo gostar daquilo.

- E o que mais?

- Mais nada, Rose. – Revirei os olhos.

- Ele disse que eu era diferente.

Rose começou a dar pulinhos pela cozinha e eu gargalhei.

- Diferente? Ponto pra você! Duvido que ele não queira te beijar e olha, eu pegaria aquele meninão de jeito.

- ROSE! – Gritei, gargalhando mais alto em seguida. – Olha como você fala.

- O que tem menina? Você já vai fazer 18 anos, nunca namorou... Já está na hora, não é mesmo? E nada melhor que ter o Shawn como primeiro namorado.

- Shawn Mendes meu namorado? – Ri fraco. – Isso nunca vai acontecer! Você acha mesmo que ele vai querer namorar comigo? Ele pode ter todas as garotas que ele quiser, ele nunca vai perder tempo comigo. – Revirei os olhos.

- Eu não tenho tanta certeza assim...

Namorar com o Shawn Mendes? Jamais! Não que eu não queira, mas da parte dele isso nunca iria acontecer.

- Onde a mamãe está? – Perguntei.

- Ela saiu a menos de 20 minutos com a Sofia.

Rose riu baixo, ela sabia que eu estava certa.

Assim que eu terminei de comer, sai da cozinha e ainda pude ouvir as vozes do meu pai e do Scooter na parte de fora da mansão.

Assim que eu cheguei ao primeiro degrau da escada, pude avistar Shawwn de costas conversando com eles. Ele vestia uma calça jeans azul e uma camiseta cinza. E aquele cabelo, ah... aquele cabelo.

Então ele deu um abraço no meu pai, provavelmente ele estava indo embora e assim que ele se virou, seu olhar deu de encontro ao meu.

Ótimo Camila, Shawn vai achar que você é louca e fica vigiando ele.

- Tchau Camila!

- Tchau Shawn. – Acenei de volta sentindo a minha perna bamba e subi as escadas correndo, indo em direção ao meu quarto.

Eu só faço merda.

Fui até a janela do meu quarto e lá pude avista-lo entrar em um carro ao lado de Scooter e imediatamente, o carro acelerar e sumir da minha vista.

Ele havia ido embora.

Fui até o banheiro e me despi, eu precisava tomar um banho. Fui até o Box e abri o registro do chuveiro, sentindo a água morna cair no meu corpo.

Tentei ao menos não pensar que o Shawn estava em minha casa a minutos atrás, mas era impossível.

Senti vergonha de mim mesma toda vez que vinha um flash na minha cabeça na hora que ele olhou pra trás e me viu o engolindo com os olhos na escada. Grrhh!

Assim que terminei meu banho, me sequei, enrolando a tolha no meu corpo e saindo do banheiro, indo até o meu quarto. Fui até o meu closet e peguei a primeira calça e a primeira blusa que vi na frente, vestindo-o.

Ouvi duas batidas na porta do meu quarto.

- Quem é?

- Querida, sou eu. – Meu pai disse. – Preciso conversar com você.

Preciso conversar com você. Essa era o tipo de frase que nunca vinha coisas boas em seguida.

- Eu já estou descendo, só vou terminar de me arrumar.

- Ok. – Ele respondeu e após isso, não ouvi mais nenhum barulho.

- Estou aqui, Camila. – Ouvi a voz de o meu pai ecoar pela sala de jantar e o avistei sentado no sofá da sala, do lado da onde eu estava.

- Pode... Pode falar.

- Você passou em uma Universidade em Los Angeles, então você deve saber que irá morar lá, né?

- Sim, eu já havia deduzido isso. – Ri fraco.

- Mas alguns de nossos planos mudaram.

- Que planos?

- Vamos nos mudar todos juntos, eu, você, Sofia e mamãe.

Engoli seco.

- Por quê? E essa casa?

- Eu vou vender. Está tudo bem a gente ir junto? Digo vender a casa e começar uma vida em Los Angeles?

- Sim, está... – Respondi um pouco insegura. – Mas se vocês estão se mudando porque acham que eu não tenho capacidade de morar sozinha...

- Não querida. – Ele riu, me cortando no mesmo instante. – A gente vai se mudar por trabalho meu.

- Trabalho seu?

- Sim, Shawn Mendes mora lá.

- Eu vou começar a produzir seu novo disco. – Ele respondeu dando seu melhor sorriso.

Oh céus, ferrou tufo de vez.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...