História DC High - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Aquaman, Arlequina (Harley Quinn), Arqueiro Verde, Arrow, Batman, Canário Negro, Exterminador "Deathstroke/Slade", Justiça Jovem, Legends of Tomorrow, Liga da Justiça, Novos Titãs (Teen Titans), Supergirl, The Flash, Titans
Personagens Alfred Pennyworth, Amanda Waller, Arthur Curry (Aquaman), Bane Dorrance, Barbara Gordon (Batgirl), Barry Allen (Flash), Bart Allen, Batwoman (Kate Kane), Billy Batson (Capitão Marvel / Shazam), Bluebird (Harper Row), Bruce Wayne (Batman), Carter Hall (Gavião Negro), Cassandra Cain (Batgirl), Cassie Sandsmark (Moça-Maravilha), Clark Kent (Superman), Comissário James "Jim" Gordon, Damian Wayne, Deathstroke, Diana Prince (Mulher Maravilha), Dick Grayson, Dick Grayson (Asa Noturna), Dinah Drake Lance, Dinah Lance (Canário Negro), Dinah Laurel Lance, Garfield Logan (Mutano), Garth (Aqualad / Tempest), Hal Jordan (Lanterna Verde), Harleen Frances Quinzel (Harley Quinn / Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Helena Bertinelli, Jason Todd, John Smith (Tornado Vermelho), John Stewart, J'onn J'onzz "John Jones" (Caçador de Marte), Kara Zor-El (Supergirl), Kon-El (Superboy), Koriand'r (Estelar), Laurel Lance, Martha Wayne, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Roy Harper (Arsenal), Sara Lance (Canário Branco), Stephanie Brown, Tara Markov (Terra), Timothy "Tim" Drake, Victor Stone (Ciborgue), Wally West (Kid Flash), Zatanna, Zatanna Zatara
Tags Artemis Crock, Barbara Gordon, Batfamily, Bbrae, Birdflash, Bluepulse, Bruce Wayne, Chalant, Conner Kent, Damian Wayne, Dick Grayson, Jason Todd, Jaydick, Johnzee, Justice League, M'gann Moorse, Robart, Robstar, Robtanna, Spitfire, Super Choque, Superbat, Supermartian, Superwonder, Tim Drake, Traught, Wally West, Wonderbat, Young Justice
Visualizações 99
Palavras 1.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Só queria avisar para por favor lerem as notas finais desse cap
Espero que gostem

Capítulo 3 - O clichê


Fanfic / Fanfiction DC High - Capítulo 3 - O clichê

LER NOTAS INICIAS





Jason abriu a porta do quarto de Dick sem nenhum aviso. O mais velho penteava os cabelos na frente de um grande espelho. 

- Já estamos atrasados. - Jason reclamou. 

- Se acalma, Jayjay. Ainda temos a noite toda. - Richard se levantou e pegou as chaves - Só vamos avisar tudo para nossos irmãos, podemos? 

- Só vamos rápido. - Dick riu e foi até a sala da casa, onde estavam os três mais novos e um visitante.

- Onde vai? - perguntou Tim. 

- Eu e Jason vamos a uma festa na casa do Conner. - Dick respondeu sem muita enrolação. 

- O que? E por que eu e Tim não fomos convidados? - perguntou Bárbara indignada. 

- Era só para o pessoal do terceiro ano. Mas virou uma bagunça então o segundo também vai. Só acima de 17, e os dois tem 16. - Jason adentrou a sala. 

- Se a festa é na casa do Kent por que o Jon está aqui? - perguntou Damian e o Kent Júnior sorriu inocentemente. 

- Por que somos seres humanos decentes e não deixaríamos um menino de 11 anos no meio de uma festa cheia de putaria! - disse Jason - E também ele é da sala do Dami, só faltou na primeira semana de aula. 

- Hm... Obrigado? - Damian e Jon riram. 

- Babs... Posso falar com você? - Dick perguntou e a ruiva revirou os olhos. Foram para a cozinha - Preciso que me dê sua palavra que vai cuidar deles. Sei que Tim é mais velho mas você é mais responsável. Papai e Clark estão fora da cidade e Alfred foi a aquele enterro em National City, então você manda na casa, ok? Estou confiando em você. 

- Te dou minha palavra, Dick. - ela disse confiante. 

- Ótimo. Te vejo pela manhã. - Dick beijou sua bochecha - Vamos, Jason? 

Os dois saíram rapidamente e Bárbara encarou a noite escura pela janela. Seus olhos rapidamente se encheram de lágrimas. 

Já devia ter se acostumado. Dick ficava com milhares de garotas e a via como uma irmãzinha. Mas doía. Doía muito. 

Pegou o pote de sorvete na geladeira e, sentada no chão da cozinha, começou a comer. 

- Babs? - alguém a chamou. 

- Aqui. - respondeu baixinho. 

- Ah. Também vai fazer uma pity party? - Tim perguntou também pegando uma colher e começando a comer. 

- Por que eu faria uma, Timothy? - ela perguntou, se fingindo de sonsa. 

- Por causa do Dick, é claro. - ele pegou uma grande quantidade do sorvete. 

- É tão óbvio assim? - ela abaixou a cabeça. 

- Só pra quem te conhece bem. - ele disse - Também tenho alguém que vai aproveitar a festa. Cassie tá no segundo ano, lembra? 

- Ah, é. Somos muito azarados, não? - perguntou Bárbara. 

- Não. - Tim jogou sua colher na pia - Eu gosto de sofrer sozinho. Você gosta de se rodear de amigos. Pode chamar algumas pessoas da nossa sala para cá. 

- Mas Dick pediu para... 

- Pela primeira vez na sua vida, Bárbara Gordon Wayne, pense em você mesma e não no Dick, ok? - Tim sorriu. 

Algumas ligações depois, Bart, Gar e Rachel já estavam a caminho. 

- Se precisar de mim estou no meu quarto. Jon e Damian estão na pista de skate. - ele saiu. 











- Trouxe os nachos! - Bárbara gritou fazendo Bart e Gar finalmente largarem os consoles e irem comer. 

- Cadê a Kory? - Bart perguntou com a boca cheia de nachos. 

- Megan me disse que ela vai a festa do segundo e terceiro ano. - disse Gar.  Afinal, sua irmã adotiva, Megan Morse, tinha organizado a festa. 

- Injusto. - Rachel revirou os olhos. 

Bárbara travou. Tinha visto o olhar de Dick para Kory no primeiro dia de aula. A primeira vítima de Richard estava decidida... 

- Não se preocupe. - Rachel sussurrou no ouvido da ruiva - Zatanna não vai. Megan disse que ela está de castigo. 

- Devíamos jogar alguma coisa. - disse Bart. 

- Concordo. Quem topa um verdade ou desafio? - perguntou Rachel. 

- Eu topo. - disseram Bart e Gar. 

- Isso é meio clichê, não? - Bárbara riu - Deixa só eu chamar o Tim para jogar com a gente. 


Subiu as escadas rapidamente e passou pelo quarto de Damian, vendo ele e Jon, deitados na cama e já dormindo. Depois de suspirar de tanta foforua seguiu para o quarto de Drake. 

- Tim, vem jogar verdade ou desafio com a gente! - bateu na porta. 

Ele a abriu devagar e depois perguntou: 

- É sério isso? 

- Sim. Vem! - ela o puxou escada abaixo. Sentaram-se em roda e e usando uma garrafa de Coca-Cola no meio. 

- Vamos jogar de um jeito diferente. Seguinte, alguém faz uma pergunta e todos, sem exceção, tem que responder. Totalmente honestos. Fechado? - perguntou Rachel. 

- Fechado! - todos concordaram. 

- Eu começo. - disse Gar - Já ficaram com alguém do mesmo sexo? Eu não. 

- Não. - disse Rachel. 

- Não. - disse Bárbara.  

- Tenho mesmo que responder? - Bart coçou a cabeça - Já. Foi um garoto do segundo ano... 

- Quem? - perguntou Rachel, abismada que não sabia de tal fato. 

- Jaime Reyes. - Allen sussurrou. 

- Ele é gato. - concordou Bárbara. 

- Minha vez. - disse Rachel - Quem é a pessoa da escola que mais se sentem atraídos por? 

- Jaime. - disse Bart. 

- Perdita! - Gar precisava de um babador só de pensar na sua "princesa". 

- Dick. - Bárbara corou muito. 

- Ele é um gato! - Bart concordou e riu. 

- Você não respondeu sua pergunta, Rach. - disse Gar. 

- É que não tem ninguém bom na nossa escola. - ela empinou o nariz. 
















4:01 A.M. Gar e Bart já tinham ido embora fazia tempo. Rachel tinha decido dormir na Mansão Wayne para ter a chance de conversar com a amiga que conhecera a duas semanas sem os garotos por perto. 

Um luz piscou no celular da Gordon. Tinha alguém no portão. 


Logo olhou as câmeras e viu Dick, Jason e uma garota loira inconsciente nos braços de Todd. 

- Espera... Aquela ali é a Cassie? - Bárbara se engasgou. 


















A música podia ser ouvida de fora da casa. Logo que entraram já podiam sentir o forte cheiro de álcool, e a festa mal tinha começado. 

Dick olhou em volta. Um bar?! Megan realmente não tinha medido esforços para aquela festa. Se sentou no bar e pediu uma simples cerveja. Mas o barman lhe deu um shot de vodca. 

- Desculpe, senhor eu não pedi isso... 

- Eu pedi. - falou alguém atrás de si. Se virou e quase infartou. 

- Kory! Não esperava te ver por aqui. - Dick sorriu tomando o shot de vodca. 

- Tenho muitos talentos que você não conhece, Grayson. - ela sorriu. 

- Eu gostaria de conhecer alguns desses talentos. - ele falou mais para si mesmo do que para Anders. 

O sorriso de Kory aumentou e ela o puxou para a pista de dança. Com o tempo e com a ajuda da música "Part of Me" da Katy Perry ajudaram a Dick rapidamente se soltar. Algumas várias músicas depois o casal foi para um canto: 

- Ótimo talento escondido. - Richard ofegou. 

- Tenho mais um talento escondido que eu gostaria de te mostrar hoje a noite. 

Dick sorriu e logo a levou para o quarto de hóspedes, rapidamente trancando a porta. 















- Jay! Você por aqui! - aquela voz... Não podia ser. 

- Kara. - ele se virou, já usando seu ar de deboche - O que faz aqui? 

- Esqueceu que eu moro aqui? Conner é meu primo! Tenho passe livre, mesmo sendo do primeiro ano! - ela sorriu. A aura animada de Danvers sempre irritava Jason. 

- Que ótima coincidência. - ele voltou para seu copo de cerveja. 

- Deixa de ser chato! Vamos dançar! - ela começou a puxar seu braço, sem nem deixá-lo acabar o copo. 

Kara Danvers, nos 16 anos de sua vida, nunca pensou que veria Jason Todd Wayne dançando como viu aquela noite. Mas, como sempre,  alegria durou pouco. 

Mesmo o local estando barulhento e fedorento, alguém dançava loucamente em cima da mesa. 

- Olha! A Cassie! - Kara apontou para Sandsmark, que era a pessoa que dançava. 

- Oh não. - Jason suspirou - Eu tenho que ir, vou levar Cassie para casa. Agradeça a festa para o Conner e a Megan por mim e pelo Dick, por favor. 

Foi até a mesa, pegando Cassie no colo. 

- Tim? - ela sussurrou. 

- Quase. Vou te levar pra minha casa, ok? - ela não respondeu. Caiu inconsciente. 

Agora, onde estaria Richard? Não precisou de pensar muito para adivinhar que ele estaria em um dos quartos da casa. Bateu de porta em porta (passando muito vergonha, por acaso) e finalmente bateu na certa. 

- Dick? Precisamos ir! Cassie não está nada bem? - gritou Jason. 

- Posso pelo menos colocar a roupa ou você quer nadar em um rio de baba das garotas da festa? - Dick riu de dentro do quarto. Jason ouviu alguém sussurros indecifráveis e o irmão saiu do quarto. 

- Quem era? - Jason perguntou enquanto iam para o carro. 

- Alguém. - Dick sorriu e Jason bufou. 









Após ter uma briga com Tim por causa de Cassie, ajudar Bárbara arrumar o quarto para poder hospedar a Sandsmark, ouvir os reclamos de Rachel que ele cheirava mulher, tomar um banho e se deitar na sua cama, sentiu sua cabeça girar. 

As garotas iam acabar enlouquecendo-o! 

LER NOTAS FINAIS













Notas Finais


LEIAM TUDO QUE É IMPORTANTE!
Oi amores! Tudo bem? Então, decidi que que eu vou segurar o volante da história mas vocês me falam para onde ir. Portanto no fim de cada capítulo vou colocar uma votação para decidir os casais dessa história. As pessoas para serem votadas serão Dick, Jason e Garfield, entretanto, Jason e Gar vai encontrar seus pares ao desenvolver da fic e suas votações fecharão. Dick vai ficar com a votação aberta até o final, ele pode flertar com umas, ficar com outras e até namorar com alguém mas o amor da sua vida só será revelado no último capítulo que eu irei contar todos os votos para cada casal. A votação será assim:

1 Dick
A) Zatanna
B) Kory
C) Bárbara

2 Jason
A) Kara
B) Donna
C) Roy

3 Garfield
A) Rachel
B) Perdita


Por favor respondem tipo assim (exemplo)
1 Zatanna, 2 Kara, 3 Rachel

Tem pessoas que não vai estar abertas a votações por dois motivos, ou não são muito importantes (Como Virgil, Will, Eduardo, Raquel, Victor, Lagoon Boy, Tara, Billy, Fred) ou já tem alguém (Como Damian e Jon, Tim e Cassie, Megan e Conner, Ártemis e Wally, Kaldur e Wyynde, Brion e Violet, Bart e Jaime
Hank e Dawn)

Enfim, gostaram? Tem mais alguém que gostariam que ficasse aberto para votação?
Não se esqueçam de votar, comentar e deixar seu coração!
Amo vocês e até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...