1. Spirit Fanfics >
  2. De irmão e estranho para irmão. >
  3. Alguém novo ou, não.

História De irmão e estranho para irmão. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente. Sabem quem faz aniversário amanhã sim ele mesmo o Julian, espero que gostem desse flash back de seu aniversário.

Capítulo 1 - Alguém novo ou, não.


Fanfic / Fanfiction De irmão e estranho para irmão. - Capítulo 1 - Alguém novo ou, não.

P.O.V. Poseidon.

 

Era dia 20 de maio faltava apenas um dia para meu aniversário estava feliz, só que apenas a presença de um dos meus marinas era chato, já que ele foi o único que sobreviveu naquela mini guerra santa. Ninguém quis ressuscitar meus marinas,mesmo sabendo que eu não consigo fazer isso, o único que conseguiu essa honra foi o Kanon depois de muitos pedidos do seu irmão. Um dos meus irmãos também estava de volta, que era Hades, as vezes ele vinha me vistar mas isso era raro, enquanto Zeus. Ele e um caso perdido, que já pulou a cerca varias vezes, até acho bom ele ter sumido, assim ele não enche o saco de ninguém.

 

-Senhor, o café esta pronto. -Sorento como sempre me tira de meus pensamentos, olho para ele e pego a xícara. -Esta tudo bem senhor?

 

-Esta sim, Sorento. -Nesse momento e melhor mentir do que ver ele preocupado comigo, tomo um gole do meu café e escuto alguém bater na porta, abaixo a xícara, e olho para Sorento. -Pode atender para mim, por favor.

 

-E claro meu senhor. - Vejo ele se levantar e abrir a porta, quando ele abre vejo alguém que nunca tinha visto antes, quem sera?

 

-Oi muito prazer, meu nome e Loki, o Hades me contou que amanhã e seu aniversário então vim aqui, para não esquecer. -O rapaz de cabelos compridos roxos entra e senta ao meu lado.

 

-Prazer em conhece lo, meu irmão vai vim passar meu aniversário comigo? -Por algum motivo estava feliz com a presença dele aqui, já estava ficando muito solitário seria bom alguém sem ser o Sorento para me fazer companhia.

 

-Ele vai sim, só que não tão cedo, talvez de tarde, não sei. -As palavras que saiam da boca dele eram muito incertas mais eu sabia que meu irmão não perderia o meu aniversário.

 

-Muito prazer senhor Loki, me chamo Sorento, e sou um dos sete marinas de Poseidon. -Tomo mais um gole de meu café vendo Sorento se aproximar daquele homem, e por que o cosmo dele é tão familiar.

 

Ficamos um bom tempo conversando, deu para eu conhecer mais ele, pensava que era bem tarde e então olhei no relógio e eram apenas meio dia, ainda estava cedo e pelo jeito o dia vai ser longo.

 

-Poseidon se quiser eu posso ressuscitar o resto de seus marinas. -Ao ouvir aquelas palavras fiquei muito feliz, meus olhos até brilharam por causa da palavra “ressuscitar”, era o melhor presente que alguém poderia me dar. Mas por que um estranho faria isso por mim? Mau o conheço direito.

 

-Séria, ótimo! -Sorriu para ele e escuto, a capinha tocar e olho para Sorento.

 

-Deixa que eu atendo. -Vejo o Sorento se levantar e ir até a porta, esse e o tipo de pessoa que gosto, que não precisa dizer nada.

 

-Olá velho. -Olho mortalmente para meu irmão que estava na companhia do senhor do sono e o senhor da morte.

 

-Na verdade você e o mais velho de todos. -Quando termino de falar vejo ele olhar feio para mim e entrar.

 

-Oi, tudo bem? -Tinha me esquecido que os gêmeos estava com ele, aceno para os dois depois, fecho meus olhos depois abro, e me despreguiço, e levanto.

 

-Oi, sim e vocês, senhor Thanatos e senhor Hypnos? -Escuto ele falar, e sem me dar conta o Loki estava do meu lado, indo não sei? Mas sei que estava seguindo ele. Chegamos em um quarto, e ele foi até um armário e pegou um giz e começou a desenhar. Eu vou fazer você limpa isso Loki nem que tenha que ser com a sua cara!! Olho para ele com raiva e o mesmo apenas sorri para mim.

 

-Eu limpo depois que acabar. -Ele termina de desenhar um circulo cheio de desenhos dentro. E olha para mim. -Isso e um circulo de transmutação, isso pode trazer seus marinas. -Ele bate as mão deixando o chão mais sujo. Tive muita vontade de dar na cara dele.

 

Depois disso ele disse algumas palavras mas não prestei atenção,ele colocou as duas mão no circulo, e quando fugi dos meus pensamentos, vi os meus marinas ali na minha frente, fiquei emocionado não sei por que, e abracei o primeiro marina que vi em minha frente, e acabou sendo o Io.

 

-Também, e muito bom ver o senhor, senhor Poseidon. - Olho para ver quem estava falando e era o Isaak, nunca senti tanta falta daquele caolho.

 

-Considere esse meu presente de aniversário, Poseidon, vou voltar para à sala e deixar você a sós com seus marinas. -Paro de abraçar o Io, e me viro para olhar o Loki sair, e o Sorento apareceu depois dele na porta e colocou a mão na boca.

 

-Isaak, Io, Bian, Kasa e Krishna. -Olho para o marina de sirene que estava muito feliz com aquilo. Ele entra dentro do quarto, e abraça o Isaak, depois o Io.

 

-Oi Sorento, você não mudou nada, depois de tanto tempo. -Quem diria que não era nem eu que ficaria feliz de ver os marinas, mas sim o Sorento.

 

-O que deu em todo mundo hoje que estão me abraçando? -Olho para o Io e vejo todos começarem a rir e eu também começo a rir. -O que foi que eu disse?

 

-Nada. -Disse o Bian, que me seguia saindo dali.

 

Fomos até a sala, e vi o Hades rindo junto do Thanatos, Hypnos e Loki, não sei do que mas, sentei lá vendo os 6 marinas saírem. Mas também não sei para onde.

 

-O que foi que pedir? -Olho para eles que riam ainda mais.

 

-Nada, não. -Fala o meu irmão olhando para mim.

 


Notas Finais


Vejo vocês amanhã, Abraços.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...