História De Ninja à noiva de sacrifício - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers, Naruto
Tags Diabolic Lovers, Drama, Romance
Visualizações 77
Palavras 596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, Misticismo, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou reescrevendo como eu disse. Dessa vez eu incluí o Naruto nessa bagaça, ele é gay e fará par com um dos Sakamakis. Então mandem seus ship's me digam com quem vocês querem ele.
Narueiji (Naruto e Reiji)
Shunaru (Shu e Naruto)
Laruto (Laito e Naruto)
Ayaru (Ayato e Naruto)
Kannaru(Kanato e Naruto)
Narusuba (Subaru e Naruto)

Capítulo 1 - O Trato!


Karl Heinz— Então temos um acordo?

Perguntava-me ele, mas no fundo já sabendo a resposta. Levanto a cabeça para o alto para encará-lo, minha vontade é de tacar o foda-se para toda essa situação mas sei que não estou em condições de fazer isso.— com firmeza, seguro em sua mão estedida para mim, selando assim, o contrato.

Agora vocês devem estar se perguntando quem é a pobre infeliz que ousou selar um acordo com o rei dos vampiros?!

E então eu te respondo. Sou Uchiha Saory, talvez vocês já tenham ouvido falar de mim, a garota cujo demonio reside em seu corpo, cuja a ação do pai foi escolher Konoha ao invés da própria filha. 

Objetivos pro futuro? Muitos! Destruir os Kages e criar um novo mundo, por exemplo.

Mas por hora eu serei apenas uma noiva de sacrifício para os irmãos Sakamakis esse  era o acordo que eu estava selando agora pouco. 

Flashback on:

Dez anos atrás...

Saory— Não! Não! Estão errados não sou um monstro. Me tirem daqui!!! Vcs sabem quem sou! Nunca machuquei ninguém, por favor... Apenas me tirem daqui...

A essa altura suas palavras eram apenas tentativas nulas de não enlouquecer ou perder a esperança.

???—você diz não ter ferido ninguém, mas é o que mais tem feito desde que nasceu. Sua mãe morreu por sua causa! Seu irmão foi ferido gravemente só por tentar ajudar em seu nascimento. Tenho tentado te manter no caminho certo, mas vc corre em direção ao que é errado teimando ser o certo e ainda age como se esse “poder" dentro de você fosse algo bom. Todos se apavoram pela mera lembrança desse monstro que há dentro de você, e agora vc quer liberta-lo!— Fugaku fez uma pausa antes de continuar —Faço isso para salvar toda a aldeia. Você, apesar de tudo é uma ninja também! Entenda!!! Há certos sacrifícios que precisam ser feitos, isso faz parte de ser um ninja.

Fugaku andou em direção a menina que chorava, mas ele não estava diferente— Fugaku, o chefe do clã Huchirra chorava pela primeira vez —suas mãos tremiam enquanto segurava a espada mas em seus olhos a pequena enxergava determinação, e naquele momento sabia que iria morrer cedo ou tarde.

“Se eu machuquei mesmo tantas pessoas assim... Eu acho, que mereço a morte. Me desculpem! Não foi minha intensão..." 

Foram seus últimos pensamentos antes de ver a espada de seu pai cair no chão e ver o mesmo se ajoelhando à sua frente.

Flashback off:

??—Amanhã você irá embora desse orfanato, não é oneesan?— olho para o garoto que desde que cheguei nesse orfanato me intitulou como sendo sua irmã mais velha, ele era loiro de olhos azuis que dependendo da luz ficava verdes, um garoto animado que chegou aqui quando tinha apenas um ano de idade, seus pais haviam morrido em um acidente de carro. Mesmo crescendo nesse lugar ele está sempre muito alegre, chega a ser irritante.

—Oneesan?— chama-me mais uma vez — Vou sentir muito sua falta.

Saory—E porque você irá sentir minha falta? Acaso foi perda de tempo exigir que você viesse comigo? Prefere ficar aqui?— meu tom de vocês demonstrava irritação, mas Naruto e eu passamos por vezes suficientes para saber quando estamos de fato chateados.

Naruto —Então eu vou embora com você?

Saory —Sim.— no momento em que disse isso Naruto, um adolescente idiota de quinze anos se joga em cima de mim e ambos caímos no chão.

Naruto—Haaa eu tô tão feliz.

Saory —Tá já chega me larga!—falo empurrando seu rosto que estava grudado no meu.—Ai me solta, me solta!

E assim passamos a noite. Naruto me abraçando de felicidade e eu tentando afastá-lo sem de fato querê-lo longe.



Notas Finais


Então vocês escolheram seus ship's?
Me contem, e até o próximo capitulo.
Tchau!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...