1. Spirit Fanfics >
  2. De quarenta com meu patrão >
  3. Prólogo

História De quarenta com meu patrão - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoinhas, vamos curtir essa quarentena com Justin Bieber?

Como toda fanfic, vamos deixar alguns avisos:

• O enredo é 100% meu e da minha irmã, então não aceitaremos nenhum tipo de plágio! Plágio é crime!

• Os personagens dessa fanfic não nos pertence, mas as suas ações aqui sim.

• Todos comentários são bem vindos, pois nos incentiva muito a continuar.

Espero que gostem.

🌸 Boa leitura. 🌸

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction De quarenta com meu patrão - Capítulo 1 - Prólogo

O covid-19 já tinha chegado na cidade de São Paulo, Brasil e todos os brasileiros estavam apavorados com o vírus que atingiu a capital paulistana. Alguns chegaram a fazer memes nas redes sociais, enquanto outros eram noticiados pela mídia sobre a gravidade do coronavírus. Sair dos meus devaneios quando o telefone tocou em cima da minha mesa.

— Mabel, compareça urgentemente na minha sala. — meu chefe gostoso me convocou e em seguida desligou o telefone na minha cara. Levantei da minha cadeira ajeitando a minha saia de executiva, justinha no corpo valorizando a minha bunda avantajada e também aproveitei para ajeitar a minha camisa social branca deixando dois botões abertos que revelavam o meu sutiã rendado. Girei a maçaneta e entrei na sala do meu patrão, o mesmo se encontrava sentado na sua cadeira confortável e com os olhos vidrados em meu corpo. 

— O que o senhor Bieber deseja? — falei firme sem transparecer na minha voz o quanto aqueles olhos castanhos caramelados me deixavam atiçada. Eu sempre tive um feitice pelo meu chefe cretino, mas nunca tinha coragem de seduzi-ló. Pois, temia perder o meu emprego e levar um fora, mas às vezes me iludia com os olhares que a gente trocava pelos corredores. 

— Eu quero lhe fazer uma proposta indecente? — aquela voz rouca sussurrou justamente as palavras que meu coração mais sonhava em escutar. Agradeci mentalmente por já está sentada na cadeira a sua frente. 

— E qual seria essa proposta? — indaguei ansiosa pela sua resposta, seus lábios se curvaram num sorriso malicioso.

— Você toparia ficar de quarentena com o seu patrão? — questionou com o olhar fixo no meu rosto. 

— Claro! — aceitei.

— Mas tem um porém, o seu trabalho será me satisfazer por 14 dias. E aí, você topa? — ele arqueou uma de suas sobrancelhas. Oh my good! Se isso era um sonho, eu não queria acordar tão cedo, já me imaginava galopando na sua piroca e provocando do gosto dos seus lábios.  

 — Será uma honra realizar todos os seus desejos. — sorri maliciosa, passando a língua nos meus lábios carnudos. 

— Perfeito! — ele mordeu o seu lábio inferior de um jeito sexy, dobrando as mangas da sua camisa social branca até os cotovelos e revelando as suas tatuagens. Levantei da cadeira dando o assunto por encerrado, virei-me de costas caminhando em direção à porta. Quando de repente fui surpreendida por um tapa estalado na minha bunda e um gemido baixo escapuliu da minha boca. Que homem!  

A partir de amanhã você será só minha por 14 dias.


Notas Finais


Opa, me digam o que acharam?

Essa quarentena irá prometer hein.

Beijos da Lari e da Ray. Até logo! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...