1. Spirit Fanfics >
  2. De quem é a culpa >
  3. Quatro e quinze

História De quem é a culpa - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Quatro e quinze



ah, byun baekhyun cê tem esse sorriso frouxo, os olhos fechados numa meia lua e toda vez que sorri, faz meu mundo parar. tem essa sua mania de me abraçar em qualquer lugar, de me beijar sem pedir para entrar, e toda a confusão que você trouxe assim que passou pela minha porta. mas sabe o que você tem de verdade? cê tem sorte que cê beija bem, e só me deixa livre como um passarinho selvagem porque sabe que eu vou voltar (e eu sempre volto).


eu fui bobo em lhe deixar entrar. bobo demais, idiota demais, tolo demais, mas eu provavelmente faria tudo de novo. só pra lhe ver sorrir, dizendo que havia errado de número, contando uma mentira deslavada dessas só pra me ver tremer na base. chovia fora daquele prédio, e você implorava com o olhar para que eu te deixasse entrar, e eu cedi espaço, lhe perguntei se queria água, mas você disse que a minha boca parecia muito mais saborosa do que água. foi a segunda vez que eu tremi na noite, e eu não me arrependo de ter acordado quatro e quinze da manhã para atender a campainha que soava sem parar. 


você é o problema desgraçado que eu quero ter, o cálculo que eu não quero resolver e que eu provavelmente não saberia resolver, porque cê sabe, né? eu sou de humanas, byun. porque eu gosto da sua bagunça e gosto de como eu fico bem nela. na sua cama bagunçada, no sofá da sua sala desorganizada, enquanto aquele episódio repetido de how i met your mother rolava na televisão, na zona que é a sua vida. você é difícil demais, mas eu gosto de tentar lhe solucionar, hyung. gosto de fingir que somos infinitos (não somos?), que somos euvocêevocêeeu, mesmo que sejamos muito mais que isso.


e agora, byun? a culpa é sua por ter esse sorriso, ou a culpa é minha por ter se apaixonado por ele? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...