História De repente aconteceu! Em Revisão - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Ambre, Castiel, Dakota, Debrah, Li, Melody, Personagens Originais
Tags Amor, Amor Doce, Castiel, Romance, Vingança
Visualizações 194
Palavras 549
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Depois eu vejo o capítulo que nós tá e ponho o títulos certinho

Capítulo 18 - Capitulo XII


Eu estava andando pelos corredores quando alguém puxa meu braço.

_Oi, Cassy. - digo olhando pro mesmo que estava me segurando.

_Oi. O que a Debrah falou com você?

_Só perguntou onde você tava, aliás, ela e bem simpática. É sua namorada? Se for não te merece nada, ela é tão linda e gentil, não combina com você. Mas se for sua namorada, parabéns pelo namoro. - Digo e saio.

Sei lá o que me deu, fiquei com um aperto no meu coração quando ela falou Debrah, ciúmes? Talvez 

-- Castiel narrando --

A Lívia estava com ciúmes ou foi impressão minha? Ela foi em direção ao porão, a segui e quando cheguei no porão vejo Lívia apanhando.

_VAGABUNDA, FICA LONGE DO MEU GATINHO! - Diz debrah puxando a Lívia pelos cabelos e jogando ela no chão.

_QUE? O QUE EU TE FIZ? 

_Solta ela Debrah! O que tu quer é comigo e não com ela. - Digo e ela solta a Lívia

_Eu te avisei gatinho, você declarou guerra, agora terá guerra. 

-- Lívia narrando --

Não entendi nada que eles estavam falando. Sai de lá e vi minhas amigas conversando.

_Oi Liv. - Fala íris

_Oi, vocês viram quem chegou na escola? Uma tal de Debrah. - Digo.

_Aaahh, a deb voltou? -Perguntou as meninas em uníssos.

_Sim... E pelo visto ela é uma vaca, aposto que ela é uma Ambre da vida. -Digo e todas me olham chateadas 

_Nossa Liv, a Deb é uma garota super legal, você não pode julgar os outros pela aparência! -Diz Violette e sai com todas as meninas, porém Rosalya fica.

_Pensa no que você fala Liv, todos gostamos da Debrah, quando você chegou na escola ninguém, absolutamente NINGUÉM te julgou. Se toca garota a única igual a Ambre aqui e você. -Diz Rosalya e sai.

Meus olhos começam a cair lágrimas, Rosa minha melhor amiga, falando essas coisas, a Debrah me bateu, mas se eu contar isso para alguém ninguém irá acreditar... O que eu vou fazer? Vou tentar conversar com o Castiel.

Cheguei no porão e vi Castiel e Debrah se beijando. 

Meu chão caiu, as lágrimas caíram muito mais que antes. Castiel, ele à beijou mesmo depois de ter visto eu apanhando. E não pode-se nem dizer que ela agarrou ele, o mesmo estava com as mãos na cintura dela segurando a bunda da mesma. Balancei a cabeça chorando, sai correndo e acabei derrubando uma caixa que tinha perto da entrada do porão.

Fui direto pra minha casa e me joguei na minha cama, comecei a chorar. Entrei no banheiro, abri um armário peguei uma lâmina que eu tinha, ela era bem antiga, mas tenho certeza que da pra cortar. Tirei toda minha roupa, entrei no chuveiro liguei a água no gelado e comecei a cortar minhas coxas e braços. 

Quando meu ex término comigo eu jurei que não iria chorar por nenhum homem.  Não iria me cortar por mais nenhuma homem. Mas... Olha pra mim, me cortando e chorando por causa de um tomate ambulante... 

Ele vai ver só, beijar minha irmã é uma coisa, agora a pessoa que me bateu? Ainda mais na frente dele? Ele é um escroto.

Minha visão começou a escurecer e depois de alguns segundos eu já não via ou ouvia nada.

 


Notas Finais


Meio merda, eu sei, mas foi o que deu pra fazer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...