História De repente amor. - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Kizashi Haruno, Kushina Uzumaki, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruhina, Sasusaku
Visualizações 60
Palavras 1.390
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores, tudo bem com vocês?

Primeiramente eu queria pedir desculpas por ter sumido, eu tive uma série de acontecimentos ruins que me bloquearam em escrita e criatividade, só agora eu consegui voltar a escrever.

Me perdoem de verdade.

Capítulo 4 - Capítulo 3


Capítulo 3

Sasuke estava preocupado, não sabia como iria contar para Sakura sobre a mentira, muito menos como iria conseguir convence-la a lhe ajudar, afinal ele sabia que ela era totalmente contra quaisquer mentiras e, queria que ele contasse a família logo que estava fazendo um tratamento psicológico e, não fingindo que nada estava acontecendo.

Assim que chegou em casa Sasuke tratou de ligar para a pequena Haruno na intenção de chamá-la para jantar, afinal a sessão deles já havia passado e ele realmente precisava conversar com ela. Eles já eram íntimos o suficiente para jantarem juntos sem acharem isso estranho, era apenas dois amigos que iriam compartilhar de alguns momentos agradáveis juntos, na cabeça deles aquilo era completamente normal, principalmente porque isto ocorria frequentemente. Naruto sempre fazia piadinhas sobre ambos, insinuava que eles iriam acabar juntos e afirmava que iria ser o padrinho deles quando casassem. O Uchiha achava um aquilo um absurdo, ele e a pequena Haruno eram apenas amigos e continuariam assim e, mesmo que o incomodasse pensar assim, ele se conformava com isso.

Sakura como sempre aceita o convite do moreno e como já o conhecia razoavelmente bem sabia que havia algo de errado, só não imaginava que o assunto era pior do que o esperado.

Chegando ao restaurante, após fazerem seus pedidos, começam uma conversa agradável, claro, o Uchiha estava visivelmente afetado, parecia que estava escondendo algo, ela sabia que estava e em determinado momento interrompeu o moreno o questionando sobre o que estava acontecendo.

– Sasuke desculpa te interromper assim, mas ta tudo bem? – Pergunta a rosada incomodada.

– Sakura, eu preciso te contar uma coisa, mas tenho certeza que você vai ficar chateada comigo. – Responde o Uchiha com o rosto tomado pela preocupação.

– Pode falar Sasuke, independente do que seja nós vamos resolver juntos, eu te prometo! – A Haruno afirma tentando tranquilizar o moreno.

– Lembra que eu te disse em umas das nossas sessões que minha mãe queria saber por que eu sumia sempre?  Então, eu me senti muito pressionado e não consegui falar a verdade, não me sinto preparado pra contar pra minha mãe o que está acontecendo comigo... E no meio de uma conversa com ela, eu acabei falando queestavanamorandocomvocê. – Disse o moreno rapidamente e completamente envergonhado, pois achava que a rosada iria ficar extremamente furiosa com ele.

- Você pode repetir o final, por favor? Você disse muito rápido e eu não consegui entender. – Pede a rosada com medo de ter entendido certo o que ele disse.

- Eu acabei falando que estava namorando com você Sakura. Por favor, não me entenda mal, eu queria ter falado a verdade, mas eu simplesmente não consegui.  – Disse o Uchiha envergonhado.

- Me deixa tentar entender, você quer que eu finja que sou sua namorada pra sua família? Você pode me explicar isso melhor pelo amor de Kami. – Responde a Haruno ainda confusa.

- Basicamente? Sim. Minha mãe está louca pra te conhecer, desde que eu acabei falando isso ela só pensa e fala em como você pode ser, e que perdeu as contas de quantas orações fez para que eu arrumasse alguém que me prendesse pra sempre em Konoha, para que seu “bebê” nunca mais fosse para longe dela. Quando eu falei pra ela que tinha arrumado uma namorada, logo pensei em falar que era mentira e contar a verdade, mas quando vi como ela ficou feliz mesmo que desconfiada, eu simplesmente não consegui desmentir isso, e como não tenho contato com mais nenhuma mulher desde que voltei da Síria, eu só pude dizer que essa namorada era você, me perdoe pela mentira Sakura, mas eu não consigo imaginar como minha mãe ficaria se soubesse a verdade agora que está tão animada com essa mentira. Eu disse que iria te levar num jantar para te apresentar formalmente a família, e seria ainda essa semana. – Disse Sasuke, abusando um pouco do drama para convencer à pequena Haruno a ajuda-lo, a verdade é que ele não queria desmentir porque no fundo ele realmente queria que ela fosse sua namorada, quem sabe até a mãe de seus filhos. Mas sabia que não podia abusar da sorte, porque mesmo Sakura sendo uma pessoa doce e bondosa, ela tinha a opção de simplesmente dizer que não e acabar com a amizade deles.

- Sasuke, eu realmente estou em choque, de onde você tirou toda essa história? Você sabe que se eu aceitar e sua família descobrir sua mentira, todos ficaram muito chateados com você, não sabe? Não posso dizer que te entendo, mas também não posso julgar você. Sei que ainda não se sente preparado para contar a sua família tudo que sentiu e sofreu enquanto ainda fazia parte do exercito, mas isso realmente não me parece uma boa ideia, o que faremos se eles desconfiarem de alguma coisa? E não pense que com essa pergunta eu aceitei essa ideia maluca, eu só quero saber como faríamos isso dar certo antes de aceitar ou recusar qualquer coisa. – Responde a Haruno nervosa e impaciente. No fundo a pequena Sakura havia adorado a ideia de se passar por namorada do moreno, em sua cabeça um plano estava se formando para quem sabe transformar esse namoro de mentira em um romance de verdade. Nunca daria o braço a torcer, mas estava completamente apaixonada pelo dono do sorriso mais lindo e perfeito que conhecia.

- Podemos dizer que nos conhecemos pelo Naruto, o que não seria mentira, e que sentimos uma conexão imediata, o que também não seria mentira, podemos contar dos nossos jantares e passeios, que realmente existiram, só acrescentaríamos talvez um pouco mais de romantismo. Tenho certeza que eles vão acreditar na gente, porque se nada os convencer, eu posso fazer uma bela declaração de amor para a minha linda namorada, dizendo como eu a amo apesar do pouco tempo que nos conhecemos e estamos juntos. E de como sou grato a ela por tudo que ela fez e continua fazendo por mim. – Responde Sasuke com um sorriso debochado e encantador, ele sabia que aquela pequena declaração tinha mexido com ela, pois ele já tinha decorado suas expressões, as únicas que ele não sabia e estava doido pra conhecer eram as dela embebida de prazer e luxuria, e a que ele mais tinha curiosidade de ver era a dela enquanto gozava. Em sua cabeça durante boa parte do dia e da noite só havia fantasias dele com ela. Em como ele iria reivindicar cada pedacinho do corpo dela e a fazer gritar que o pertencia. Ele nunca iria admitir, mas tinha inventado aquela mentira apenas para se aproximar mais ainda de Sakura e transformar tudo aquilo em um relacionamento de verdade.

- Hahahaahah Sasuke você pensou em tudo mesmo! Sendo assim, eu aceito ser sua namorada, pode confirmar o jantar com sua mãe, o que você acha de ser amanhã mesmo? Não acho que tenhamos que esperar por mais nada. – Disse a Haruno com certa malicia, pois havia afirmado que aceitava ser sua namorada, não sua falsa namorada. Ela certamente iria abusar daquele homem maravilhosamente gostoso. Ela adorou ouvir a declaração do moreno e sabia que ele estava sendo sincero, pois enquanto ele falava, ela o analisava, e só o que ela conseguia ver em seus olhos era a mais pura sinceridade e malicia, e um pouco de desejo também. Isso acendeu seu desejo, e a fez roçar suas pernas para aliviar um pouco de seu desejo. Por Kami, como desejava aquele homem, já não se importava mais por ele ser seu paciente, ele era o homem que ela desejava e faria de tudo para ter em sua cama.

Sasuke sabia que tinha afetado a pequena Haruno, tanto que quando fez sua pequena declaração, percebeu a mudança de cor nos olhos dela, de um olhar meigo e atendo, ele a viu se transformar em alguém que só tinha fogo nos olhos, e isso o deixou maluco, mesmo sabendo que deveria se controlar até o momento certo. Mas ver Sakura daquela forma o deixou muito satisfeito, nunca poderia negar.

Continuaram combinando como iriam agir quando vissem a família do moreno, e ao fim do jantar, Sasuke resolve levar a rosada para casa, brincando que era um bom namorado. Mesmo depois de tudo o clima entre eles continuava leve e agradável, e ouso dizer que a tensão sexual entre eles havia aumentado drasticamente.  


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo, nosso casal estão adorando a ideia de namorarem hahaha

Um pequeno spoiler, no próximo capítulo teremos o primeiro beijo deles ahahahhaha

Até mais meus queridos :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...