História De repente, Hoseok - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, J-hope
Visualizações 13
Palavras 739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee, entom, faz um seculo eu nao atualizo essa fic, perdaaaoo, eu fiquei desanimada com ela n sei pq, e exclui, mas esses dias estava relembrando dela e decidi continuar, e, inspirada em uma amiga, Vulgo: Flavia, estou criando um imagine no youtube, deixei o link no fim do cap, espero que gostem^^

Capítulo 12 - Pedido de socorro part 1.1


Fanfic / Fanfiction De repente, Hoseok - Capítulo 12 - Pedido de socorro part 1.1

Não acredito que vivi todo esse tempo sendo enganada.


JN: Pequena..vc precisa comer. -escute-o bater em minha porta, já fazem dois dias desde que descobri que estava sendo enganada nessa casa.


S/n: Me deixa.


JN: Eu entendo que esteja chateada mas precisa se cuidar, trate de comer, não vai conseguir seguir seu sonho se adoecer- Apesar de tudo eu pude sentir o tão de preocupação em sua voz.


S/n: Não finja que se importa agora. Apenas gritei e por um tempo não ouvi nada.


JN:...Mas...Eu me importo- Pude ouvir baixinho.- Deixarei aqui. 


Ouvi passos no corredor, eu os odeio, não acredito que mentiram para mim.


S/n: Como se eu fosse comer isso. Apenas me joguei para o lado, ah, que saco, essa maldita camisa.
Na cama estava a camisa que Hobi havia lhe dado para dormir.


S/n: Por que justo eles?...Por que justo ele?..


° Toc toc°


S/n:.......


JH: Se estiver nua se cubra, estamos entrando- Ele praticamente escancarou a porta, mesmo se estivesse nua não teria tempo para me cobrir.


S/n: O que querem?- Os encarei.- Não tem nada melhor para fazer?  demarcar algum território ou espancar alguém na rua?


V: Espancar alguém na rua?- Ele arqueou uma das sobrancelhas.


JM: Essa parte é com o Jungkook. Ele entrou atrás dos outros.


V:  Não, Jungkook é quem cuida das armas. Ele corrigiu.


Sg: Será que podem calar a boca?- Ele entrou logo após os outros e se jogou na minha cama, quando notei todos estavam no meu quarto. 


S/n: O que quer? Pedir que eu não os entregue? Desculpe mais pela manhã eu vou direto a delegacia. Disse no tom mais indiferente que consegui.


JN: Se é  da sua escolha sinta-se a vontade.


RM: Estamos aqui pq vc ainda nos deixou explicar. 


S/n: Não quero saber, não enchão o saco. Bufei e levantei, passei por cada um e sai.


JH: Onde vai?


JM: Está tarde..


S/n: Não se preocupem, o perigo de fora não preocupa, afinal, quem eu devia confiar consegue ser meu pior inimigo, então acho que o perigo de fora não me afeta!


SG: S/n!!!- Ele veio atrás de mim então corri, bati a porta e sai correndo pela rua, não sei exatamente para onde corri mais não queria que ele me alcançasse.


S/n: Certo....Onde eu tô? -Olhei para os lados e não reconheci mais o bairro, corri tanto assim, parabéns S/n, prêmio de trouxa do ano já te destinatário.


???: Está perdida meu anjo?


S/n: Perdão? -Virei para a direção da voz, ótimo,  um mendigo, era só o que faltava.


???: Precisa de ajuda?- Ele se aproximou. 


S/n: Não,  Obrigada pela atenção mas estou bem. Sorri então caminhei para o outro lado da rua.

???: Hey!!- Ouvi passos na minha direção então e sem olhar para trás corri novamente, virei em algumas ruas e acabei num beco sem saída. 


"Está escuro, espero que ele não consiga me ver"


S/n se escondeu atrás de uma lata de lixo enquanto via uma sombra se aproximar; logo o homem passará reto pelo beco.


S/n: Graças a deus- Respirei fundo e me levantei, um rato passou por mim e acabei tombando a lata no chão, rezei em silêncio mas nada aconteceu, ele deve ter ido embora, peguei meu celular para ligar e- Mas ligar para quem?  ...posso resolver isso sozinha. 


Ela caminhou lentamente para a rua, sem nenhum sinal de outra pessoa ela resolve sair dali, enquanto caminhava apenas sentiu ser puxada de volta ao beco e lançada ao chão, ao mesmo tempo em que ele subiu por cima da mesma lhe dando um soco no rosto, puxou sua blusa e passou a beijar seu pescoço enquanto segurava suas mãos.


???: Quietinha- Ele sorriu- um ratinho me contou que havia uma garota precisando de ajuda aqui. Ele continuou a passar a língua pelo corpo da mesma, segurando seus pulsos com uma das mãos, com a outra,  passou a brincar com um de seus seios.


S/n: A-arg....Me solta seu imbecil!!


???: Quieta!- Ele lhe deu um tapa e em seguida a beijou.- Vc vai gostar meu amor,  nunca mais vai me esquecer.


S/n: Seu panaca, meu irmão vai- O que eu tô falando?, ele tá pouco se lixando.


???: Já mande vc calar a boca!- Ele desferiu vários socos contra a mesma até a mesma cuspir sangue, ele então continuou a brincar com seus seios.


S/n já estava pouco consciente, seus olhos mal paravam abertos, assim que fechará os olhos.


Notas Finais


Perdoem os erros, estou sem editora e vou ter de tirar um dia para corrigir toda a fic pq tem erros que eu deixo passar e tbm algumas vezes o app da uma comida nas palavras e buga tudo.


Trailler

https://youtu.be/NmZh4J9rQuA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...