História De repente somos dois. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fanficyaoi, Romance, Yaoi
Visualizações 3
Palavras 529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Eu gosto de você.


Fanfic / Fanfiction De repente somos dois. - Capítulo 2 - Eu gosto de você.

(Takashi) - Ren? Oi, tá aí? Você ficou vermelho do nada, tá resfriado?

(Ren) - Ahn? Eu não estou vermelho, deve ser o sol, sei lá. Enfim, tudo bem você ser gay, sem problemas.

(Takashi) - Ok, vou fingir que você não está estranho.

Ren e Takashi chegam em frente à casa de Ren. Ele se despede de Takashi e entra. Takashi vai para sua casa.

A tarde na casa de Ren.

O Takashi disse que viria aqui hoje, já são duas horas, acho que ele não vem. Bom, não sei por que estou me importando se ele vem ou não.

(Mãe de Ren) - Ren, o Takashi está aqui! Pode subir, Takashi. Ele está no quarto.

(Takashi) - Ok, tia.

Ele chegou e minha mãe já mandou ele subir. O quarto está limpo, então tudo bem. Aaaaaaaaaaaaaaaaah, por que estou tão preocupado assim? Que droga! Depois que ele disse que era gay, comecei a sentir algo estranho, só não sei o que é.

Takashi entra no quarto.

(Takashi) - Reeeeeen-chan, tá fazendo o quê?

(Ren) - Estudando.

(Takashi) - Tá estudando o quê? - fala já se sentando na cama.

(Ren) - Matemática.

(Takashi) - Ooooooh, achei que você era craque nessas matérias difíceis. Sempre tira nota boa e fica em primeiro na sala.

(Ren) - Matemática é a minha pior matéria, mas sempre consigo tirar nota boa porque estudo, coisa que você deveria fazer também.

(Takashi) - Ah, não, eu não gosto de estudar. É mais divertido te ver estudando hehe - fala dando um sorriso na direção de Ren.

Nesse momento a mãe de Ren grita lá de baixo.

- Ren vou ao mercado, não demoro.

(Ren) - Ok, mãe.

(Takashi) - Ei, Ren. Tá tão chato aqui, ainda não terminou de estudar?

(Ren) - Ainda não acabei, e você decidiu por conta própria vir aqui, não me culpe.

(Takashi) - Ok, ok, posso ver o que você está fazendo?

(Ren) - Tá.

Takashi se levanta e fica do lado de Ren.

(Takashi) - Hmm, eu não sou bom em matemática também, mas sei que isso está errado - fala apontando para uma questão.

Takashi pode não parecer, mas mesmo não gostando de estudar, ele é mais inteligente que eu, pode ser por ele ser um ano mais velho, mas não acredito que inteligência venha da idade em si.

(Takashi) - Ok, Ren, como seu senpai pode deixar que faço isso para você.

Nesse momento Takashi passa seu braço pelo ombro de Ren, quase que o abraçando por trás. Ren fica todo vermelho.

Por que o Takashi está quase me abraçando? Por que eu estou ficando vermelho? Que sentimento é esse que estou sentindo só por pensar nele me abraçando? O que está acontecendo comigo?

Ren levanta rapidamente e empurra Takashi que acaba sentado na cama.

(Takashi) - O que aconteceu, Ren?

(Ren) - Eu não sei - fala todo vermelho e com os olhos lacrimejando.

(Takashi) - Por que você está chorando?

(Ren) - Takashi... desde o momento que você me disse que era gay, comecei a sentir algo estranho, na verdade, desde que nos tornamos amigos, desde a infância, eu já sentia algo por você, mas não entendia o que era...

(Takashi) - O que você quer dizer com isso, Ren?

(Ren) - Eu... e-eu gosto de você, Takashi. Acho que estou apaixonado por você - fala em lágrimas.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...