História De repente tudo muda - Capítulo 60


Escrita por:

Postado
Categorias Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chávez, Demi Lovato, Dulce María, Joe Jonas, Kevin Jonas, Maite Perroni, Miley Cyrus, Nick Jonas, Selena Gomez, Simon Cowell, Wilmer Valderrama
Personagens Dallas Lovato, Demi Lovato, Dulce Maria, Nick Jonas
Visualizações 89
Palavras 688
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 60 - Dulce e Demi


2 meses e meio depois...

-Maaaaaai, você não está entendendo! 

-Dul, é claro que eu estou, por isso estou dizendo, vai conversar com ela. Poxa vida, vocês estão tão próximas depois do que aconteceu, ela já esta superando, sente falta, mas ja está seguindo em frente e você sabe disso melhor que eu! Até shows ela já voltou a fazer, já está com novo projeto, dando continuidade no cd que ela havia parado, planejando turnê e tudo. Para de ser besta! Tá esperando o que? Aparecer outra pessoa e fazer primeiro? 

-Vira essa boca pra lá Mai! Eu preciso criar coragem... 

- Enquanto você fica ai se cagando de medo, vai vir alguem e pedir ela em namoro primeiro..você viu os comentarios da Kehlani no IG dela? Dá mole pra tu ver.. 

-Ta booom! Você venceu. Ela falou pra eu ir pra lá hj a noite pra ver filme, aproveito e converso com ela. 

-Otimo. - Mai so disse isso e saiu. 

Poisé! Estou apaixonada pela Demi, nos ultimos meses tem sido dificil pra ela, mas ela está seguindo em frente, por mais que as vezes a saudade fale mais alto, até porque Nick era além de namorado, era o melhor amigo dela, a pessoa que sempre apoiava qnd o resto dava as costas. Maitê colocou na cabeça que eu deveria falar ora ela o que sinto, porque se não vai chegar alguem na minha frente e fazer e eu vou tomar no cú. E eu decidi que ela está certa. Hoje a noite vou assistir filme com a Demi e vou falar o que sinto. 

-Dul, já são 19:00 você não vai pra casa de sua namorada não? -Perguntou Annie e Mai riu. 

-Ein? Namorada? Gente! Ela não é minha namorada. Ainda!

-Aeee! Gostei da atitude... ainda! - Mai gargalhou. - mas você não vai pra lá mais não? 

-Vou sim, já estou subindo. Beeeijos e não me esperem, não faço ideia de quantos filmes ela vai querer ver hoje. Da ultima vez assistimos 6. -Gargalharam. 

-Vai lá, boa sorte Dul. -Annie se despediu

 -Obrigada Barbie! - disse e saiu. 

Casa de Demi

Terminei de tomar meu banho, aquele apartamento estava sufocante quando eu estava só. Por isso chamei a Dulce pra ficar comigo. Ela tem sido uma pessoa perfeita, ela é linda, e cuida de mim como se fosse a ultima coisa que ela fosse fazer na vida, o que é muito engraçado. Eu estou seguindo em frente, nos 3 ultimos meses tem acontecido coisas demais, a morte de Nick foi a pior coisa que aconteceu, perder meu melhor amigo e meu namorado daquela forma era ináceitável. Tudo por causa de um maluco que invadiu o meu quarto querendo me matar, e Nick me salvou. Ele vai ser pra sempre o meu herói. Gravamos uma musica juntos, Avalanche, e vou lançar ela, em homenagem a ele. Nunca vou esquecer o Nick e nem o que ele fez. Ele deu a vida pra me proteger. Vou ser eternamente grata, mas minha mãe me disse que eu não posso parar minha vida. Ele se foi, mas eu estou viva, graças a Deus e a ele, e ela disse que tem certeza que Nick ia querer que eu fosse feliz. Ele morreu feliz. Ele salvou a vida da mulher que ele amava. E eu entendi. E estou seguindo em frente. 

No inicio foi muito dificil, eu não conseguia, chorava em todos os lugares, quase não saía de casa. Passava mal, desmaiava, vomitava. E não era por causa do meu disturbio alimentar não. Eu estava e estou me alimentando super bem. E as vezes ainda desmaio e sinto enjoos. Mas não contei a ninguém, só a Dul que viu umas 2 ou 3 vezes e eu disse que eu estou assim por causa dos acontecimentos, ainda estou abalada. O que não é mentira. Mas preciso confesar, estou ficando preocupada. Será que adoeci? Acho que não. Mas se eu vomitar e desmaiar mais uma vez eu vou ao médico. Tem uns dias que estou bem, mas se acontecer vou verificar o que está acontecendo, até porque, vem turnê ai e não posso viajar doente. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...