1. Spirit Fanfics >
  2. De repente , você. (Imagine Hange Zoe) >
  3. Capítulo Único

História De repente , você. (Imagine Hange Zoe) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Gente desculpe a demora , eu estava com várias crises de ansiedade e tô demorando para postar o resto das histórias faltantes mas eu juro que vou terminar ainda. Desculpe pelo os erros.

Boa leitura! ❤

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction De repente , você. (Imagine Hange Zoe) - Capítulo 1 - Capítulo Único

*S/N's POV*

Dizem que encontramos o amor de forma programada , que nossa história está escrita antes de nascermos. Mas porque? Porque eu nasci em um lugar cheios de criaturas que apenas pensam em nos matar? Apenas querem comer a nossa raça! Eu odeio esse lugar!

" Me lembro de estar em um lugar meio escuro , não dava para ver bem quem era ou as pessoas que estavam ao meu redor. Apenas vi uma garotinha loira , se virando e sorrindo para mim. Logo tudo ficou escuro , apenas escutei um estrondo alto e vários titans vindo em minha direção,  e um titã feito de ossos , no meio de vários titans parado ao seu lado."

Logo eu acordei desesperada , aquele lugar não estava me fazendo nada bem. Não conseguia dormir , todas as noites eu sempre tinha pesadelos com esses titans gigantes , por isso eu estou engordando todo tempo. Se eu continuar assim eu não irei passar para a tropa de exploração , merda! Ainda tem o Levi que pega no meu pé toda hora do porque estou ganhando peso e isso dificulta o uso do equipamento 3D.

Escutei alguém bater na porta e logo falei um "entre" , vendo logo uma silhueta de uma pessoa querida , sim , 𝘏𝘢𝘯𝘨𝘦 𝘡𝘰𝘦. Eu e a Hange fizemos amizade muito rápido por gostarmos das mesma coisas ou de coisas parecidas.

— O que houve S/N? — Hange perguntou enquanto se aproximou de sua cama , sentando na ponta e te observando atentamente com uma feição de preocupação.

Já virou costume de quase todas as noites ela vir me ver de madrugada , já que sempre tinha alguma crise de ansiedade ou pânico por conta de algum pesadelo.

— Apenas um pesadelo ruim. — Respondi escondendo o rosto com ambas as mãos , suspirando.

— S/N... me diz o que te aflige. — Hange me olhou por dentro daqueles típicos óculos dela , mostrando preocupação.

— Levi... — Respondi sem ânimo , observando o tempo lá fora , sentindo a brisa da noite invadir o quarto.

Hange já sabia do pico de raiva que Levi tinha sobre mim , só porque eu o argumentei sobre sua limpeza rígida com os soldados ali do reconhecimento.

— Bem , as vezes não é bom argumentar com ele. — a mesma respondeu e sorriu levemente.

Aquele sorriso que consegue aquecer qualquer coração , um sorriso divertido mas mesmo assim , sincero.

— Eu sei Hange , mas você sabe como eu sou. — respondi e logo me levantei da cama , indo vestir meu uniforme.

— O que vai fazer? — a mesma perguntou um pouco confusa.

— Vou correr um pouco , assim me ajude com a perda de peso e finalmente poderei ser alguém nesse esquadrão. — falei após colocar a jaqueta.

A mesma foi ate a minha direção e me abraçou fortemente,  me fazendo retribuir da mesma forma.

— Eu acho você alguém incrível! Não precisa mostrar pra ninguém o quanto você é precioso(a). — Hange falou enquanto segurou meus braços levemente,  me encarando com um sorriso.

— Você acha? — perguntei já sentindo meu rosto corar levemente. Eu não sou bom(a) com elogios então eu sempre fico com vergonha.

— Acho e muito mais. — a mesma sorriu.

"𝐸𝑠𝑠𝑒 𝑠𝑜𝑟𝑟𝑖𝑠𝑜 𝑞𝑢𝑒 𝑚𝑒 𝑚𝑜𝑡𝑖𝑣𝑜𝑢 𝑎 𝑠𝑒𝑟 𝑞𝑢𝑒𝑚 𝑒𝑢 𝑠𝑜𝑢 𝘩𝑜𝑗𝑒!"

— Não sei como te agradecer mesmo Hange , você é especial pra mim. — Falei enquanto coçei a nuca envergonhado(a).

— Não precisa me agradecer docinho , 𝑒𝑢 𝑠𝑒𝑚𝑝𝑟𝑒 𝑒𝑠𝑡𝑎𝑟𝑒𝑖 𝑎𝑞𝑢𝑖 𝑝𝑜𝑟 𝑣𝑜𝑐𝑒. — a mesma sorriu suavemente logo ajeitando seus óculos enquanto se dirigia até a porta do meu dormitório.

— Certo! — Falei animado(a) já saindo do dormitorio junto com a mesma.



[...]




*4 meses depois*

Eu havia acordado cedo , estava vestindo meu uniforme e logo indo a área de treinamento , mas antes , decidi passar pelo o
Laboratório de pesquisa aonde Hange e Moblit , que era seu assistente. Bati na porta e quem veio atender foi o Moblit.

— Bom dia S/N! A senhorita Hange está ali na mesa dela. — o mesmo deu passagem , abrindo a porta.

— Bom dia Moblit , obrigado(a) por me avisar. — Sorri para o mesmo e ele logo retribui.

Moblit era um amor de pessoa , eu duvido que ele tem uma quedinha por Hange mas nada que faça mal , eles ficariam fofos juntos.

— Eai S/N! Pelo o visto as corridas deram certo mesmo! Estou orgulhosa de ti. — a mesma tira seus óculos e sorri levemente para mim , limpando a testa com a manga de sua blusa.

As vezes eu achava esses pequenos detalhes em Hange ser único dela , ela facilmente poderia seduzir alguem e consegue , dava pra ver como Moblit observava ela com um ar apaixonado.

— É , graças a você! Como forma de agradecimento eu irei preparar algo para você! — Falei sorrindo levemente.

— Sério? O que é? — a mesma perguntou já se levantando da mesma e indo ao meu encontro , me encarando animada.

— É surpresa! - falei rindo baixinho e logo escutei alguém abrir a porta e entrar no laboratório. .. 𝘚𝘢𝘴𝘩𝘢 𝘉𝘳𝘢𝘶𝘴.

— S/N tá na hora de irmos! Se não voce sabe como Levi vai ficar. — a mesma falou ainda segurando na porta , apenas mostrando seu rosto com um tom meio preocupado.

— Claro! Pode deixar , eu já estou indo. — Afirmei e logo a mesma sorriu.


"𝘈𝘲𝘶𝘦𝘭𝘦 𝘴𝘰𝘳𝘳𝘪𝘴𝘰 𝘲𝘶𝘦 𝘮𝘦 𝘧𝘦𝘻 𝘦𝘳𝘳𝘢𝘳 𝘢 𝘣𝘢𝘵𝘪𝘥𝘢."

Vi a porta ser fechada e logo estava ali que nem um(a) bobo(a) , com o rosto corado e logo senti Hange colocar sua mão em meu ombro,  me olhando um pouco cabisbaixa. Nunca havia visto Hange naquele estado , logo a mesma forçou um leve sorriso.

— Vai lá , se não o Levi vai te dar uma surra que nem a última vez. — logo ela voltou a sua mesa sem dizer mais nada.

— Depois eu venho aqui te ver ok? — falei e logo a mesma apenas fez um joinha , observando algo em seu telescópio.

Suspirei e sai do laboratório , andando apressado pelo os corredores e logo vi Sasha encostada na parede conversando com o Connie.

— Hey , Sasha! — ergui o braço acenando para a mesma e logo a mesma sorriu levemente , indo ao meu encontro para conversar.

— Ainda bem que você veio pra ajudar a gente na limpeza , o capitão Levi fica uma fera. — a mesma falou enquanto pegou uma batata cozida em seu bolso , comendo.

— Sempre comendo nas horas erradas né Sasha? — falei rindo baixinho e logo a mesma partiu pela a metade e me deu.

— Aqui , não conta pra ninguém! – ela piscou para mim de forma divertida e logo corei , rindo baixinho.

Sasha é uma pessoa querida , engraçada e que gosta de comer bastante. Toda vida quando alguém via ela levando comida escondida , eu sempre falava que eu pedia para ela não tomar esporro depois. Depois de um tempo , eu acabei sentindo algo forte por ela , mais que uma 𝘢𝘮𝘪𝘻𝘢𝘥𝘦.

— Relaxa , qualquer coisa eu digo que foi eu , não se preocupe. — ri baixinho comendo a batata oferecida pela a mesma.

Caminhávamos até o pessoal que estavam limpando os dormitorio de forma desesperada e logo terminei de comer a batata e fui ajudar o pessoal.


*Hange's POV*

Calma Hange , não precisava ter tratado a S/N daquela jeito! Idiota! Agora a mesmo(a) não quer nem mais olhar na sua cara por sentir ciúmes dele(a) com a Sasha.

— Senhorita Hange? — levei meu olhar até Moblit que segurava um buquê de flores e uma caixinha bem enfeitada.

Espera , que dia é hoje? Droga! É dia dos namorados , eu havia completamente me esquecido desse detalhe.

— Sim , Moblit? — logo o mesmo se ajoelhou enquanto me observava atentamente.

— Eu , queria lhe dizer o que sinto sobre ti... — o mesmo gaguejava enquanto estava se tremendo.

— Diga. — falei erguendo meus óculos , levando toda a minha atenção ao mesmo.

— A-Apenas aceite isso como prova do meu amor por ti! — o mesmo exclamou , erguendo seu tronco para frente , enquanto esticou a caixinha e o buquê de flores em minha direção.

Moblit era uma pessoa adorável , ele merece alguém melhor que eu. Sou uma tola por me apaixonar pelo(a) S/N , mas eu quero a felicidade da mesmo(a) , mesmo que isso me machuque.

— Obrigada,  Moblit. — peguei os presentes do mesmo enquanto o mesmo se levantou com o rosto corando e um sorriso de nervoso , indo a sua mesa.

Fico me perguntando até onde isso vai durar , queria poder sentir o gosto dos seus lábios e o seu cheiro de perto , me sinto tão apaixonada por ti S/N , mas eu posso esperar por ti.

— Com Licença Moblit , eu vou ver algumas coisas. — falei pegando minha jaqueta e vestindo,  apenas vendo Moblit assentir positivo.

Sai do laboratório e vi os corredores de forma calma , ainda era de tarde , então provavelmente a S/N deve estar terminando de limpar os dormitorios. Andei de forma calma , cumprimentando algumas pessoas que passavam por ali e logo cheguei na área de treinamento , aonde vi S/N ajeitando alguns presentes ali. Ele(a) deve ter terminado de limpar sua parte. Cheguei por trás da mesmo(a)8 e cobri seus olhos e sorri de forma divertida.

— Adivinha quem é? — perguntei em um tom de brincalhona.

— Deixa eu ver... o amor da minha vida? — a mesma riu depois que falou e logo senti meu coração palpitar com aquilo.

— Eu sou? — perguntei enquanto me sentei ao seu lado.

— Claro , porque não? Você cuidou de mim todo esse tempo e te considero demais , é como se fosse quase uma irmã mais velha para mim.

"Irmã mais velha"... Era assim que S/N me via. Eu não poderia chorar naquele momento,  eu tenho que ser forte e mostrar que tá tudo bem.

— Entendo.. — Sorri minimamente enquanto a mesma me ergueu uma caixinha pequena em minha direção.

— Pega , é pra você. — ela sorriu , o sorriso dela era a coisa mais linda do mundo , e eu nunca me cansaria de ver ele todos os dias.

— Para mim? Obrigada. — Sorri levemente e abri a caixinha , vendo um colar com um símbolo de uma rosa enquanto havia chocolates dentro da caixa.

— Eu mesma que fiz... tudo. Até os chocolates. — a mesma riu levemente enquanto coçava a nuca , mania dela mesmo.

— Eu agradeço de coração mesmo S/N , eu fico feliz em ter te conhecido.  — falei e logo deixei um selar em sua bochecha , vendo a mesma corar levemente rindo nervosa.

— Você merece muito mais Hange. — ela respondeu enquanto me encarou por um certo momento.


[...]


*S/N's POV*

Observei Hange de forma atenta , me sentia confusa sobre meus sentimentos por ela , esse beijo me deixou de forma estranha,  queria sabe até aonde aquilo iria ir , me aproximei aos poucos da mesma e já pude sentir seu halito bater em meu rosto , me fazendo arrepiar , mas sinto a mesma me empurrar levemente rindo.

— O que houve Hange? — perguntei confusa para a mesma e logo e me observou.

— Vai entregar o presente da Sasha antes que ela saia com o Connie e o Jean para algum lugar. — Ela disse e se levantou , entrando no estabelecimento e logo suspirei , coçando a nuca confusa.

Estava gostando de Hange também ou foi algo comum entre amigos? Acho que foi algo entre amigos , tira essas coisas da cabeça S/N. Me levantei e logo fui a procura de Sasha , eu estava nervosa , sentia borboletas em meu estômago enquanto acelerava o passo e logo encontrei ela no refeitório sozinha. Ótimo,  ninguém vai poder atrapalhar nosso momento a sós.

— Sasha? — chamei atenção da mesma que estava olhando algo em suas mãos e logo guardou.

— Sim? O que houve S/N? — a mesma perguntou com um sorriso doce nos lábios.

Me aproximei e me sentei ao seu lado , lhe entregando uma caixinha com chocolates dentro.

— Eu queria te dizer o que sinto por ti. – começei observando a mesma de forma nervosa. — desde o dia que te vi , eu senti algo muito forte por ti,  mas que uma amizade entende? — falei vendo a mesma que me olhava de forma surpresa. — Eu te amo Sasha e quero poder te proteger de tudo!

Falei sentindo meu coração palpitar cada vez mais,  logo vendo a mesma suspirar e me encarar de forma meia triste.

— Eu... Não posso aceitar. — Ela falou e logo senti meu mundo desabar. — Eu já gosto de outra pessoa , eu sinto muito S/N...

Me levantei enquanto andei para trás,  me segurando para não chorar. Porque eu não consegui notar isso antes , isso é a pior sensação possível...

— Ta tudo bem , não se preocupe eu vou ficar bem.. — falei logo saindo correndo e escutando a mesma me chamar mas não me importei.


Eu preciso ver a Hange , preciso urgentemente dela agora! Droga! Eu sou uma idiota! Eu sempre me precipito nas coisas. Cheguei em frente ao seu laboratório e logo ela estava ali , com uma garrafa de algum tipo de bebida forte.

— H-Hange?... — Me aproximei da mesma que estava debruçada sobre a mesa e logo a mesma sorriu de forma boba. Ela estava bêbada.

— Oh S/A , o que houve minha querida? Conseguiu se declarar para a Sasha? — Ela perguntou já enchendo o copo com a bebida e logo tomou.

— Sim eu me declarei. — Falei já sentindo meus olhos marejados.

— E ai? Ela aceitou? — Ela me olhou e logo ela ficou neutra. — S/N?... Eu sinto muito por isso.. — A mesma largou o copo na mesa e me puxou para me abraça , me fazendo sentar em seu colo.

Chorei , chorei como se eu tivesse perdido alguém e sim eu perdi , meu amor não foi correspondido e isso dói , machuca tanto que só quero esquecer.

— Eu me sinto horrível! Eu me sinto como se eu não tivesse mais motivo pra continuar! Eu perdi a única chance de ficar com alguém , de poder cuidar. — falei enquanto chorava fortemente.

— Eu te entendo.. — A mesma falou , acariciando minhas costas.

Me afastei um pouco e logo vi a bebida ali em cima , peguei a bebida e logo tomei vários goles , sentindo aquele líquido queimar minha garganta.

— Porra! Essa merda arde pra caralho! — Falei , ainda segurando a bebida e a outra em minha testa , ainda sentada no colo de Hange.

— Ei bebê , me dê essa garrafa.. — a mesma tentou pegar a garrafa da minha mão mas eu recusei.

— Não! Eu quero esquecer ela Hange , quero esquecer a Sasha e fingir que nada aconteceu! — exclamei , tomando mais da bebida , me sentindo já um pouco mais alterada.

— S/N Pare com isso e me isso! — Hange pegou a bebida de minha mão , tomando o resto do líquido que tinha na garrafa.

Observei Hange tomar aquele líquido , era de forma hipinotizante , vi um pouco da bebida escorrer de seu queixo até seu tórax , que estava coberto apenas por uma regata preta. A mesma respirava de forma ofegante,  já que a bebida era quente e causava isso nas pessoas , me sentia como se eu pudesse fazer qualquer coisa. Sem pensar duas vezes , eu levei minha boca até o líquido líquido estava escorrendo em seu tórax e lambi , até seu queixo , causando um leve gemido em Hange.

— S/N! Que caralho foi isso menino(a)? — a mesma perguntou ofegante após me afastar de seu tórax.

— tinha escorrido a bebida e não queria desperdiçar.. — Falei sorrindo de forma um pouco maliciosa.

Porque eu estava agindo daquele jeito? Eu me sentia excitada demais sentada no colo de Hange , enquanto a mesma estava com a cabeça encostada na parede e de olhos fechados. Merda , Hange Zoe é simplesmente gostosa. Inconscientemente , levei minhas mãos ate os braços de hange enquanto acariciei levemente , mordendo o labio infeiror por conta da excitação.

— Hm? O que houve S/N? – Ela olhou diretamente para mim , com um leve sorriso malicioso.

— Apenas estou olhando pra você. — Respondi enquanto a observava , sentindo meu corpo cada vez mais quente.

— S/N , você tá quente. Venha eu te levo até a cama pra você descansar um pouco. — a mesma me pegou em seus braços indo até a cama.

Ela me agarrou enquanto ia em direção a cama , me deitando ali mas logo a puxei para ficar por cima , observando seus olhos enquanto permanecia meia ofegante.

— Hange , o que sente por mim? — perguntei enquanto levei minha mão até seu rosto , acariciando sua bochecha levemente.

— Eu queria poder cuidar de você como nunca cuidei de alguém,  você me faz sentir coisas que nunca senti e isso me deixa feliz. Admito que fiquei triste quando você foi se declarar com a Sasha , achei que iria perder você pra sempre.. — a mesma falou enquanto sorriu levemente e logo se levantou.

Peguei em sua mão e logo a puxei , a fazendo ficar em cima de mim novamente,  sorrindo de forma boba.

"A sensação das borboletas,  é uma coisa boa e única."

— e o que isso significa , Hange? — perguntei enquanto a mesma não tirava o olho de mim por um segundo.

Sem aviso prévio , a mesma puxou minha nuca e logo beijou meus lábios de forma suave. Me arrepiei com o beijo de primeira mas logo eu retribuo na mesma forma.
Hange pegou em minha cintura , enquanto abracei seu pescoço , sentindo nossos corpos se unirem aos poucos. Senti suas mãos acariciar todo o meu corpo , me fazendo arrepiar por completo.


"Seus lábios é que nem droga , acaba viciando."

Hange cessou o beijo com selinhos e logo me encarou , com um leve sorriso de canto.

— Preciso dizer ainda? — Ela perguntou enquanto levou seus lábios até meu pescoço.

Me arrepiei ao sentir sua respiração bater contra a minha pele , me fazendo arranhar levemente seus ombros e costas.

— Hange... — arfei.

A mesma apenas se afastou e tirou sua camiseta preta , enquanto me olhou de forma séria mas sexy , erguendo seus óculos e esboçando um sorriso de canto.

— O que houve S/N? — a mesma perguntou rindo baixinho,  enquanto corei bufando e tentando sair dos braços dela , era inútil já que ela era mais forte que eu.

— Me deixa sair! — Exclamei.

— So quando você gozar para mim.. — a mesma falou rente ao meu ouvido , me fazendo ficar umida.

Paralise ao escutar aquilo e logo senti Hange atacar meus lábios , levantando minha camisa enquanto arranhou meu abdômen,  me fazendo gemer. Hange não perdeu tempo em desbotoar minha camisa , me observando de forma séria e sedenta.

Por um momento , segurei sua mão,  parando o que ela estava fazendo e logo a mesma olhou para mim de forma neutra.

— Hange... por favor... — suspirei enquanto a observei de forma triste. — Você merece alguém melhor do que eu...

— Cala a boca S/N! Eu não quero mais ninguém além de você! — a mesma falou enquanto voltou a tirar minha camisa.

— Hange.. — a observei de forma surpresa.

"Novamente , meu coração errou a batida."

Não queria admitir que estava começando a me apaixonar pela a Hange, como eu nunca percebi isso nela? Céus , eu queria enfiar minha cabeça no primeiro buraco que encontrasse.

— S/N , eu quero que saiba que não importa com quem você vai ficar , eu sempre vou estar aqui para você. — ela falou levando um de suas mãos até meu rosto.

— Hange , eu... — tentei falar algo mas apenas fui calada com um beijo.

Senti seu beijo diferente agora , ele transmitia paz , carinho e amor. Isso eram as coisas que eu realmente queria sentir em algo e , agora eu posso... graças a Hange.

Abracei seu pescoço enquanto retribuo o beijo , logo sentindo a mesma passas ambas as mãos sobre meu abdômen , braços e seios , me causando um arrepio gostoso.

"Eu queria lhe dizer de coração o que sinto por ti Hange...*

O beijo foi cessado e ela desceu seus lábios até meu pescoço , beijando e chupando o local , me fazendo gemer.

— Espera Hange...— Falei com certa dificuldade enquanto me arrepiava cada vez mais

— Hm? O que houve S/N? Me diz o que você quer. — a mesma falou enquanto me observava sem os óculos.

Puta que pariu , essa mulher vai me deixar sem sanidade.

— Eu quero te fazer feliz... — falei enquanto respirava de forma ofegante a observando.

A mesma apenas sorriu e logo se aproximou e beijou meus lábios de forma carinhosa. Por algum motivo eu sorri entre o beijo , abraçando o pescoço da mesma. Depois do beijo , a mesma me observou e sorriu levemente.

— S/N , você já me faz feliz. Me sinto honrada em te ter ao meu lado todos os dias , até quando durarmos. Quero poder ver seu rosto todos os dias quando acorda , poder te dar carinho e prazer , do jeito que você merece...— a mesma falou acariciando meu rosto.

Sem perder tempo , a puxei para um selar um pouco mais apressado , tirando a minha camisa,  logo em seguida o sutiã. Hange não perdeu tempo e levou seus lábios até os mamilo rígido,  chupando e lambendo ,  causando um tesão gostoso. Delicadamente,  puxei os fios de cabelo de Hange em aprovação,  gemendo e me remexendo na cama enquanto a mesma apenas aproveitava de meus seios como quisesse.

— Você é gostosa demais... — escutei Hange sussurrar em meu ouvido.

— Você acha?... — Perguntei enquanto a observei,  respirando ofegante.

— Eu tenho certeza. — a mesma desceu os beijos para minha barriga , chegando a barra da calça.

Hange começou a tirar o cinto de minha calça,  logo descendo junto com a peça íntima que vestia , me fazendo corar com a atitude apressada da mesma. Sem aviso prévio,  senti a boca quente de Hange em meu intimo,  me fazendo gemer de forma arrastada ao sentir o calor da boca dela me causar sensações boas.

— Porra Hange.. — arfei ao sentir a mesma chupar meu clitoris.

Ela lambia , chupava e mordia com delicadeza o meu intimo , me fazendo dar alguns puxões em seus fios de cabelo,  tremendo de prazer. Enquanto Hange me proporciona prazer , ela levou seus dígitos em minha entrada , ameaçando de introduzir 2 dedos em mim.

— Vai logo... não aguento mais.. — falei enquanto gemia.

Eu estava enlouquecendo com aquilo , Hange me provocava de uma maneira única , logo apenas vi um sorriso em seus lábios e seus dedos me invadirem , me fazendo gemer com a invasão repetina.

— Apenas gema para mim S/N , quero que todos escutem que você é minha. — Hange falou de forma rouca , observando meus olhos profundamente.

Enquanto isso , senti a mesma mover seus dedos em meu intimo , me fazendo gemer cada vez mais alto , apertando os lençóis da cama , meu corpo suava cada vez mais enquanto era acompanhado com as estocadas da mesma.

A cada estocada , eu sentia Hange acertar meu ponto G , me causando um choque de prazer em meu corpo , me fazendo praticamente gritar de prazer.

—  Isso S/N grite para mim como uma cadelinha no cio. — Hange falou em um sussurro.

Não aguentei,  aquilo foi a gota d'água e logo , cheguei ao meu limite de forma intensa , fazendo meu corpo ter espasmos. Hange não perdeu tempo em tomar tudo , sem deixar uma gota sequer cair no colchão e logo a mesma suspirou rindo baixinho ao me observar naquele estado.

— Você foi muito bem S/N , e seu gosto é maravilhoso. ‐ Hange sorriu enquanto se deitou ao meu lado enquanto respirava ofegante.

— Porra Hange , não sinto minhas pernas... — resmunguei enquanto tentava me sentar sobre o colchão.

— Não se preocupe querida , isso é só o começo de mais e mais que está por vir. — a mesma sorriu de forma doce,  enquanto me observava.

— Hange... — chamei a mesma enquanto me deitei de lado.

— Diga meu amor. — a mesma sorriu enquanto me observava.

Me aproximei da mesma e beijei seus lábios de forma suave , acariciando sua bochecha e sorri entre o ato novamente.

"As borboletas no estômago..."

Me afastei do beijo e logo a observei sorrindo suavemente.

— Eu te amo... — falei enquanto fechei os olhos para descansar.

— Também te amo S/N... — escutei a mesma sussurrar enquanto beijou minha testa , me deixando descansar.

"Agora eu entendo o porque que você acha titans incríveis , porque você faz eles parecerem incríveis.."

Fim.





















Notas Finais


Espero que tenham gostado , eu tentei escrever algo longo para chamar mais atenção do público. Mas é isso , vou escrever um imagine com a Mikasa se vocês quiserem. Deixem nós comentários.

Até a próxima! 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...