História De sempre , pra sempre - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias The 100
Personagens Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Costia, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Indra, Jasper Jordan, Lexa, Lincoln, Marcus Kane, Octavia Blake, Personagens Originais, Raven Reyes
Tags Clexa
Visualizações 128
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo para meus bolinhos ❤️
Boa noite 🌃

Capítulo 13 - Vamos tentar de novo?


Pov Lexa 

Observo Clarke sorrir, e chamar a pequena com um um leve sacudir de cabeça, então a garotinha se aproxima e dispara. 

—Clarke, meu tablet descarregou, acabou meu estoque de balas, e você nada de sair,.. Você sabia que ficou aqui por quase três horas, —então cancelo a possibilidade de Clarke ser mãe dela, e que marra hein parece uma mini adulta resmungando.,sorrio com o pensamento e Clarke gargalha. 

—Como você é dramática Nina, —exclama pegando a menina pelas mãos —lembra daquela história do cruzeiro, que você me faz contar sempre, —diz ficando um pouco vermelha —quero que você conheça Alexandra. —a garota me olha com os olhos brilhando, e então sorrir de um jeito que faz meu coração derreter, ela é um encanto. 

Você é a Lexa! O amor perdido da Clarke —exclama sem rodeios me fazendo olhar para Clarke ruboriza —Minha irmã sempre me fala de você,.. —diz docemente, irmã? 

—então Lexa essa é Nina, minha irmãzinha, filha de kane meu padrasto,... 

—ah olá Nina, prazer em te conhecer, você é uma menina linda, —digo sinceramente e toco seu rosto —desculpe —nos por fazer você esperar tanto. —digo de forma doce, nem eu mesma estou me reconhecendo agora, talvez seja o fato dessas emoções há pouco provocadas pela conversa com Clarke. 

Sim Nina, eu acabei perdendo a noção do tempo, e bom prometo que vou compensar sua espera —diz Clarke com carinho para a pequena que faz uma cara animada. 

Tá legal, —diz satisfeita. —acho que atrapalhei algo, —diz levantando as sobrancelhas e dessa vez sou eu que fico vermelha, e dou uma leve tossida para disfarçar. Ela olha de Clarke para mim esperando algo, então resolvo falar:

—é bom, eu.. —gaguejo feito uma criança aprendendo a falar, olho para Clarke buscando ajuda, ou qualquer coisa,. 

—Nina faz o seguinte, toma meu celular —Clarke entrega pra ela —espera só mais um pouco, e prometo que vamos pra casa, ou pra onde você quiser. 

—Tá bom, mais ainda teremos nossa noite de garotas, se você quiser pode ir também Lexa, você vai adorar, Clarke sempre queima a pipoca —diz travessa e sai. Clarke a Olha incrédula, e depois me encara sorrindo, seu olhar parece me partir ao meio, como se ela tentasse ler meus pensamentos. 

—então, —diz sem jeito, e passando as mãos no cabelo num gesto que me parece nervosismo —é isso, eu.. 

—não precisa dizer mais nada clórke —falo rouca e me aproximo dela rapidamente,no momento nossas respirações se misturam, eu levo uma das minhas mãos sobre seus cabelos enquanto com a outra a puxo para perto de mim colando seu corpo no meu, ela não me interrompe nem protesta, sinto suas mãos alcançarem meu rosto e fazerem um leve carinho em minha bochecha.,fecho os olhos e aprecio seu toque, e devo admitir que sentir falta disso, senti falta dela todos os dias desde de que sair daquele cruzeiro, abro os meus olhos e percebo que ela está me observando, então ela aproxima devagar seu rosto do meu, nossos lábios estão quase se tocando. 

—Eu gostaria muito de beijar você agora —sussurra com uma voz rouca e aveludada, parece música para os meus ouvidos, tento me concentrar, mais seu hálito quente parece me embebedar, e quase num fio de voz eu respondo. 

—Tá esperando o que? —e sem perca de tempo ela esmaga meus lábios com os seus, não é um beijo calmo, não é delicado, é um beijo faminto e desesperado, um beijo que transmite toda a saudade de duas pessoas que foram afastadas pela vida e seus pesares, sinto sua língua quente e macia percorrer minha boca, seu gosto é tão bom quanto eu lembrava, é doce, é viciante a puxo pra mais perto de mim se é que isso é possível no momento, estamos praticamente uma sobre a outra, com minhas mãos sobre seus cabelos com uma certa ansiedade, sinto suas mãos percorrerem minha cintura, e espalmarem por cima da roupa minha costa, então por conta do ar que já nos falta, nos afastamos, nem tanto, colo nossas testas, e sorrio feito idiota, percebo que ela também está sorrindo e ofegante, entrelaço nossos dedos e então a abraço mais uma vez, aspiro seu cheiro, e depois que nos afastamos, resolvo falar finalmente. 

Eu também amo você Clarke, —digo me sentindo muito bem em poder dizer isso a ela, —me perdoa por ter falado com você daquela forma, por ter fugido, e por.. 

Xiii, não precisa pedir desculpas Lexa, ninguém aqui teve culpa, não tinha como prever o que aconteceria okay —diz de forma carinhosa me fazendo relaxar, e a puxar de encontro ao meu peito, —só vamos tentar seguir em frente, 

—Juntas? —pergunto de forma hesitante, e me sinto uma boba por isso, já que pareço aquelas adolescentes inseguras, e por mais que eu tente, não consigo evitar me sentir assim. 

Juntas Lexa, sempre —diz e me puxa para mais um daquele beijo.. Então decido que vou tentar, eu vou dar mais uma chance para nós, mais uma chance pra mim, e principalmente para o amor, eu posso ser fraca por amar, mais nesse momento sou a mulher mais feliz do mundo. 



Notas Finais


Desculpem os erros, e a demora, bons sonhos bolinhos ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...