1. Spirit Fanfics >
  2. De vuelta al pasado >
  3. Nada se esconde para sempre

História De vuelta al pasado - Capítulo 4


Escrita por: izziepetrova

Notas do Autor


ta acho que estou melhorando para minha primeira fic espero que gostem

Capítulo 4 - Nada se esconde para sempre


Fanfic / Fanfiction De vuelta al pasado - Capítulo 4 - Nada se esconde para sempre

Assim que entramos vejo uma loira muito estressada vindo em minha direção

_como você pode vir pra a cidade e não pensar em me ver sua sua....aaa eu te odeio _a loira bufou vindo me abraçar

_oi pra você também Beka _digo retribuindo o abraço 

_ai meu Deus não acredito que é você mesmo, Elijah olha

_é um prazer revê-la Rose, espero que Niklaus não tenha sido, bom insuportável como só ele sabe ser _diz o moreno ajeitando sua manga e se colocando de pé

_Olha podemos dizer que ele me surpreendeu _lhe dou um abraço 

_olha que lindo o reencontro, mas o que faço com isso _diz o hibrido se referindo ao Dylan

_que tal começar por parar de chama-lo de isso. Esse é o Dylan meu namorado, coloque ele aqui preciso dar um jeito de descobrir oque usaram nele

_como assim o que usaram nele? _pergunta Elijah

_bom a Loisi usou um objeto amaldiçoado que de acordo com ela o fará ficar louco _digo sentando ao lado de Dylan colocando sua cabeça em meu colo _eu devia ter feito ele não vir pra cá, mas pensei que se viesse ele estaria seguro _digo acariciando seus cabelos

_bom amor você já deveria saber que todos que entram em nossas vidas não estão seguros _diz o hibrido enchendo seu copo com whisky

_cale a boca Niklaus, não tem o direito de zombar de uma situação dessas

_acalmem-se, Nik Camille não teve o irmão amaldiçoado por algo assim? _perguntou a loira tentando acatar a briga

_Desculpe irmã, mas não estou afim de envolver Camille nisso

_Não foi você que disse que todos que entram em nossas vidas já estão envolvidos _digo o lembrando de sua fala segundos atras 

_e se me lembro bem irmão ela é sua psicóloga então está bem envolvida, fale com ela para tentarmos ajudar a rose

_e porque eu tenho que ajuda-la

_deixe-me refrescar sua memoria irmão precisa dela

_como assim Elijah? _digo curiosa

_explique a ela Niklaus, preciso ir ver como a Hayley esta _disse subindo as escadas

_estou esperando Klaus _digo me levantando

_bom como sinto que não vai acabar bem estou de saída também _diz a loira saindo pelos grandes portões  

_vai começar a falar ou _digo ficando em sua frente

_ainda tem o colar não tem? Aquele que eu te dei _diz bebendo um pouco do liquido em seu copo

_a então é isso, claro que é você sempre quer algo. Ai rose vamos pra minha casa pois é mais seguro, você não passa de um mentiroso EU ODEIO VOCÊ _digo jogando seu copo para longe e logo após dou vários socos em seu peito _eu odeio você queria nunca ter te conhecido, ele não estaria assim agora _digo chorando e o hibrido ficou sério e somente segurou meus pulsos me impedindo de o socar mais vezes

_vejo que se importa com ele me de o colar e eu te ajudo com o que precisar

_você é nojento claro que vai me chantagear você quer o seu colar se vire pois não darei pra você _digo me voltando ao Dylan, mas o hibrido me parou no caminho

_olhe não espero que acredite no que eu diga e que muito menos faça o que estou pedindo. Mas somente me siga por favor Rosalind

O hibrido me acompanhou até o andar de cima e percebo que está me levando até seu quarto, meu coração acelerou de lembrar de tantas coisas que passamos aqui. Assim que a porta se abriu eu vi uma garotinha na cama dormindo calmamente

_o que ela tem? _pergunto ao notar uma mulher ao seu lado dormindo em uma poltrona. Klaus se afastou da porta, mas a manteve aberta.

_essa é a Hope minha filha, tem 6 anos e está doente _disse olhando para a criança com um olhar triste e preocupado _mas

_mas a doença não é medicinal e sim magica _digo completando _sinto muito

_sei que sente _disse se aproximando da porta a fechando

_e o colar pode ajuda-la? _pergunto me encaminhando para as escadas

_lembra quando eu te disse que era de uma rainha e que diziam que o colar a protegia. Tem algo deixando minha filha doente e eu não sei o que é ninguém sabe, mas Freya acha q o colar pode ajudar a amenizar os sintomas até achamos a solução. Sei que me odeia por ter sumido de sua vida não estou pedindo para me ajudar e sim ajudar minha filha Rose.

_Não precisa falar mais vou te devolver o colar e você irá me ajudar com o Dylan e assim que tudo acabar irei embora, chega de assuntos do passado.

_como você quiser só me ajude e assim esquecemos de uma vez tudo que aconteceu entre nós _disse se aproximando

_eu já esqueci, você fez sua escolha resolveu virar as costas para quem tanto te apoiou e ir embora sem se importar com nada

_não diga isso se não sabe a verdade Rose _disse impaciente

_a eu não sei então me diga Niklaus, diga que você teve um motivo para acordar do nada em um dia e desaparecer, diga que você não foi um babaca que se aproveitou da garota apaixonada e quando se cansou simplesmente resolveu ir embora _digo descontando toda a minha raiva acumulada de anos _você é um covarde não consegue nem me olhar nos olhos. O colar está em Londres pegamos o voo amanha para ir busca-lo, fale com a Camille e veja o que consegue _digo pegando meu celular para taxi _e a partir de hoje só dirija a palavra a mim se for caso de vida ou morte

PV-Klaus

Rose já foi embora levando o humano, ver ela depois de tanto tempo me doeu pois tudo que consigo lembrar foi dela me pedindo para não ir, mas eu não tive escolha

 

_por favor Nik vamos conversar _disse Rose chorando e se levantando da cama para me impedir de sair pela porta

_não temos oque conversar mandei ir embora a casa é minha _digo não reconhecendo a forma como estou a tratando

_me diga o que aconteceu _disse pegando em meu braço

_quer saber oque aconteceu, eu cansei de você foi divertido, mas eu só usei você e agora me cansei então vá embora _digo soltando meu braço de sua mão com força e a mesma simplesmente secou suas lagrimas

_eu não vou a casa não é só sua e enquanto não me dizer o porque de estar agindo feito idiota e mentindo eu não vou embora, eu te conheço o suficiente pra saber quando mente

_ótimo fique então eu vou embora _digo por fim sumindo de sua frente me arrependendo de cada palavra proferida por mim

 

Ela estava certa sempre esteve eu estava mentindo e eu realmente fui um covarde tive medo de a perder então preferi a afastar

 

_até hoje somente a Rosalind faz isso _disse Elijah

_Não sei doque está falando irmão

_a você sabe, ela grita com você te dá ordens e você somente abaixa a cabeça, achei que nunca mais veria essa cena novamente, mas pelo o que vemos nada mudou. Porque não conta a verdade a ela, ela merece saber que você não a abandonou

_porque está melhor assim irmão _digo por fim, mas no fundo me incomoda saber que ela me odeia porem é melhor que odeie 

Pego minhas chaves me dirigindo a casa de Camille assim que chego vejo a loira sentada mexendo em vários papeis

_olá Klaus _disse com um sorriso

_preciso da sua ajuda

_você sempre precisa então sente-se _disse me apontando a cadeira

_sei que não gosta do assunto, mas como seu irmão morreu? _digo sem enrolação

_delicado você não. Foram as bruxas, lâmina encantada, massacre de muitos, suicídio. Você sabe coisas normais dessa cidade  

_ta bom agora me conte que lâmina encantada

_está com meu tio, ele guarda todos os objetos para assegurar que não sejam mais usados em inocentes. Porque a curiosidade

_não importa, onde seu tio guarda tudo?

_provavelmente na igreja

_ótimo obrigado Camille _digo me levantando e indo atras do padre 


Notas Finais


oque será que houve para klaus abandonar a cidade e a Rose ??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...