História Dear Brother (Jikook) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 197
Palavras 614
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiir! Voltei rápido né?

Capítulo 12 - Twelve




Antes de ler o cap... Escute a música 

"Someone you loved"– Lewis Capaldi

Por favor.





Os lábios de Jimin tremiam juntamente com seu corpo, e para sua infelicidade Jungkook se encontrava da mesma forma.

— Eu não aguento mais, Jungkook...– Dizia com dificuldade se encolhendo no peito alheio.

— Eu Também não...– Confessou respirando fundo. 

O calor humano não funcionava mais, ambos os corpos estavam ensopados por conta dos flocos de neve que derretiam em suas dermes. A visão do baixinho estava ficando turva e sua cabeça parecia pesar mais do que já pesava. 

Com dificuldade, Jungkook deitou o corpo de Park juntamente com o seu sobre a neve.

— Se vamos morrer... Quero pelo menos dormir abraçado com você pela última vez.– Um sorriso fraco pairou na face de Jimin, acariciando o rosto do castanho com as s pontas de seus dedinhos gélidos. 

— Cante uma música pra mim...– Solicitou beijando o maxilar do maior. 

— Quem faz faculdade de música é você, Jimin. 

— Por favor...– Com o pedido, Jungkook fechou os olhos estudando o peito.


I'm going under and this time I fear there's no one to save me
This all or nothing really got a way of driving me crazy– A voz do castanho era calma, apesar do frio sua voz não alterava, a melodia e seu timbre surpreendia Park. 
—I need somebody to heal, somebody to know
Somebody to have, somebody to hold
It's easy to say, but it's never the same
I guess I kinda liked the way you numbed all the pain.

(Estou afundando e desta vez temo que não haja ninguém pra me salvar
Esse tudo ou nada realmente me deixa louco
Eu preciso de alguém para curar, alguém para conhecer
Alguém para ter, alguém para segurar
É fácil dizer, mas nunca é o mesmo
Acho que eu meio que gostava do jeito que você entorpecia toda a dor)

 As lágrimas desciam dos olhos de Jimin. O menor não queria que acabasse assim, se sentia de certa forma culpado. Pois nesse momento o mesmo estaria encerrando sua vida e de outra pessoa. A pessoa que julgaria estar perdidamente apaixonado. Segurou a nuca de Jungkook o abraçando forte. Com isso o maior abraçou a cintura do pequeno com ternura enquanto sua voz saia baixinho em uma perfeita melodia.


Now the day bleeds into nightfall
And you're not here to get me through it all
I let my guard down and then you pulled the rug
I was getting kinda used to being someone you loved– Acariciava os cabelos de Park deixando um selar no topo da cabeça do mesmo. Ambos se encontravam numa situação horrível, mas Jungkook faria de tudo para que aquele curto tempo rendesse.

(Agora o dia sangra no anoitecer
E você não está aqui pra me ajudar a passar por tudo isso
Eu abaixei minha guarda e então você puxou o tapete
Eu estava me acostumando a ser alguém que você amava)


—And I tend to close my eyes when it hurts sometimes

I fall into your arms
I'll be safe in your sound 'til I come back around...


(E eu costumo fechar meus olhos quando dói, às vezes
Eu caio em seus braços
Eu estarei a salvo em seu som até eu voltar...)


Jimin sentiu as carícias em seu cabelo cessarem... Não tinha coragem para levantar o rosto, sabia que Jungkook não estara mais consciente. Assim, sofridas lágrimas descerem do rosto molhando minimamente o tecido do casaco do moreno. Sentia que o corpo alheio não o correspondia mais... Seus braços estavam moles e não respondia mais os seus chamados. Naquele momento Jimin se sentia a pior pessoa do mundo enquanto o frio consumia o pequeno corpo o enfraquecendo aos poucos.

— Eu te amo Jungkook...– Sussurrou antes de suas pálpebras se fecharem.



[Continuo...?]


Notas Finais


ಥ_ಥ

Caramba...
Nada a declarar.

Eu chorey


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...