1. Spirit Fanfics >
  2. Dear Cupid (imagine Myoui Mina) >
  3. A Penguin Whit Jealous

História Dear Cupid (imagine Myoui Mina) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


opa meus nenéns <3

Capítulo 10 - A Penguin Whit Jealous


Fanfic / Fanfiction Dear Cupid (imagine Myoui Mina) - Capítulo 10 - A Penguin Whit Jealous

Kim S'n P.O.V.



Depois de algumas horas conversando, a eletricidade voltou e o elevador subiu, finalmente, para o andar onde Mina morava. Assim que ela abriu a porta, nós demos de cara com uma mulher muito bonita assistindo televisão enquanto estava esparramada pelo sofá

  — Hyo? Eu não sabia que voltava hoje, essa é a S'n, ela está ficando aqui por um tempo

  — O que que essa coisinha fofa estava fazendo na chuva? — A menor veio até mim e apertou minhas bochechas — Qual é o seu nome?

  — Meu nome é S'n! — Dei um sorriso e ouvimos a tal da Hyo dar um gritinho

  — Que coisinha mais fofa... você agora se chama Fofinha e eu vou cuidar muito bem de você!!

Olhei para Mina esperando que ela fizesse alguma coisa, e realmente ela fez

  — Jihyo, solta ela, não tá' vendo que a S'a está toda encharcada? — Senti sua mão segurando o meu pulso e me arrastando para o andar de cima

  — Eu dou um banho nela — Abaixei o rosto envergonhada

  — Jihyo, vai caçar o que fazer, vai. EU vou dar um banho nela — Olhei para a Myoui assustada

Não tive tempo de dizer uma palavra sequer pois a japonesa me puxou para o andar de cima, mais especificamente para o seu banheiro

  — M-Mina, v-você disse aquilo por brincadeira, não disse?

  — Por quê você achou que seria verdade? Eu vou escolher um pijama para você, bobinha! — Deu um sorriso e foi procurar uma roupa para que eu pudesse usar

  — Amanhã iremos comprar roupas novas para você; não pode ficar usando as minhas para sempre

  — Okay — Entrei dentro do banheiro e encostei a porta



Myoui Mina P.O.V.



Depois que S'n entrou para o banho, a porta do meu quarto foi aberta (lê-se arrombada) por Jihyo

  — O que foi dessa vez? — Perguntei sem ânimo me sentando na cama e cruzando as pernas

  — Você está gostando dela, não é? 

Senti meu rosto esquentar e eu rapidamente abaixei a cabeça tentando disfarçar que havia ficado com vergonha

  — Você gosta, não é? — Hyo se sentou ao meu lado

  — Não Thomas, eu não gosto dela 

  — Você tem certeza? — Me olhou com um olhar de "tem certeza sua idiota?"

Suspirei e bagunçei meus cabelos

  — Ah Unnie, é que... eu acho que não gosto mais da Chaeyoung

  — Hm, então você está confusa sobre se o que você sente pela Chaeyoung realmente é amor? — Assenti fazendo um bico

  — Eu tenho medo da possibilidade de estar tendo sentimentos pela S'n, Hyo. Nós não podemos nos envolver

  — Uai, e por quê não? — Cruzou os braços

Droga! Como eu iria contar para ela que a S'a na verdade é a minha Cupido e veio me ajudar a conquistar Chaeyoung, porém eu posso estar apaixonada por S'n e não por Chaeyoung, no qual ERA para eu estar apaixonada?

  — É porque... ela... — Procurei pela desculpa mais esfarrapada que pudésse enganar Jihyo — Ela é panssexual não assumida e a sua família é muito homofóbica

E não é que ela caiu?!

  — Oh, entendo... deve ser difícil para ela — Concordei fingindo estar triste

Ouvi o barulho do chuveiro sendo desligado e logo pensei que meu plano sairía fora do controle por S'n sempre falar a verdade

  — Hyo, é melhor você sair do quarto, ela não gosta de muita gente a olhando enquanto troca de roupa — Dei um sorriso para a mais velha 

  — Tudo bem, estarei esperando vocês lá em baixo para jantar — Falou e saiu do quarto

Soltei um suspiro de alívio e vi S'n saindo do banheiro já vestida e os cabelos levemente desgrenhados

  — Como eu estou? — A Kim deu uma voltinha com os braços abertos e eu me segurei para não a morder

  — Você ficou tão fofa. Jihyo está nos chamando para jantar, depois eu venho aqui e penteio o seu cabelo, ok? — A mais nova assentiu e segurou minha mão


Quando ela fez isso, um choque percorreu minha espinha e, quando eu olhei em seus olhos, vi uma galáxia roxa perfeita, como se cada pedacinho do céu estivesse dentro dela. Fiquei ali por um bom tempo admirando aquela imensidão em seus olhos até que ela percebeu e riu. Acredite se quiser, mas agora a risada dela é o meu som preferido

  — Eu sei que meus olhos são lindos, porém não podemos ficar aqui para sempre

  — O-oh... é verdade, v-vamos — A puxei para fora do quarto ainda segurando em sua mão


Assim que Jihyo avistou S'n no pijama dos Ursinhos Carinhosos que a emprestei, veio correndo e pulou nos braços da maior, que a segurou e riu. Se eu disesse que eu não fiquei com ciúmes eu estaria mentindo, então eu apenas fui até a mesa e me sentei 

  — Hyo, pode me largar agora? Eu preciso comer — Deu um sorriso sincero e se sentou ao meu lado

  — Claro que posso, é que você ficou tão fofa nesse pijama amarelo dos Ursinhos Carinhosos que eu não resisti

  — Eu entendo...

O jantar foi um completo silêncio, pois Jihyo estava no celular, eu estava tentando evitar falar com todas ali e S'n estava comendo quietinha

  — Minari, você está bem? — Ouvi a voz da Kim sussurrar no meu ouvido

  — Sim S'a, eu estou bem — Revirei os olhos internamente 

  — Você está com ciúmes? Quer que eu pare de falar com a Hyo? — Falou e senti seu olhar queimar em mim

  — Jihyo, eu e S'n já acabamos aqui. Vamos subir ok? — Me levantei da mesa e agarrei o braço da mais nova

  — Oh, ok, até amanhã S'a!! — A Park jogou um beijo para a maior, que retribuiu acenando













Notas Finais


eu tenho tanto imagine e short fic q eu qro fazer q vcs nn tem noção, só nn posto tudo agr pq ia ficar muita coisa para att :)))))))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...