História Dear Daddy - Imagine JungKook [+18] - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga
Tags Daddy Kink, Imagine Jungkook, Jungkook
Visualizações 274
Palavras 873
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ANJOS, estou de voltaaaaa! Eu tô cansada de pedir desculpas pela minha ausência maaaaaaas, eu tive que ficar esse tempãããão fora porquê eu estava em semana de prova e como eu disse no capítulo passado, o celular no qual eu escrevo os capítulos ficou ruim e o meu celular atual trava algumas vezes quando vou escrever e apaga tudo. Então, pra não deixar vocês sem um capítulo eu vim atualizar aaaaa e pelo pc, meus anjos.
CHEGAMOS A 793 FAVORITOS AAAAAAAA, nem tô acreditando nisso. Vocês são incríveis mesmo, eu me lembro de quando eu postei o primeiro capítulo e achei que fosse terminar rápido porque ninguém fosse gostar. mas vejo hoje, com vocês, QUE EU ESTAVA ENGANADA! Agradeço a cada um de vocês por tudo, tudo mesmo. <3
~ignorem os erros ç.ç~

Capítulo 34 - Capítulo 19 - 2a temporada


Fanfic / Fanfiction Dear Daddy - Imagine JungKook [+18] - Capítulo 34 - Capítulo 19 - 2a temporada

POV. JUNGKOOK

Estava sentado no sofá vendo TV quando a campainha toca, hesitei em atender pois um milhão de pensamentos vieram na minha cabeça de que poderia ser minha mãe, mas fui lá mesmo assim. Abri lentamente a porta com um nó na garganta e num instante Jin Woo pula no meu colo e me abraça forte, eu queria vomitar.

- Como tem passado Jeon? - Segurou a gola de minha camisa e ajeitou. 

- Tenho passado bem, e você? - Falei gaguejando um pouco. 

- Filho, é bom te ver novamente. Onde está a menina que você está namorando? - Minha mãe perguntou em um tom curioso.

- Estou aqui. - Disse S/N aparecendo atrás de mim.

O clima ficou bem estranho depois disse, assumo. Jin Woo me odiava por dentro pelo passado e agora odeia S/N, fora isso,minha mãe me encheu de perguntas e falou que vai comprar bastante coisas pra mim (como se eu fosse um garoto de doze anos, aigoo). Enquanto minha mãe arrumava as coisas dela no seu antigo quarto, eu fui para o meu junto com S/N.

- Acho que vou pra casa, primeiro que essas mini férias de trabalho me fizeram esquecer completamente da minha tia e segundo que, seus anjos precisam de atenção. - Falou em um tom irônico.

- Aish, que isso baby? Vai ficar brava com seu daddy agora? - Fiz bico.

- Não estou brava Jeon JungKook, só achei aquela menina muito próxima de você. - Revirou os olhos.

- Aigoo, não fique assim, huh? Podemos ter mais uma daquelas nossas noites fantásticas, hein? - Me aproximei da mesma.

- Aish, deixa eu passar em casa primeiro. - Me empurrou, e aliás, eu sei que ela não vai voltar se ela for pra lá.

- Você não vai voltar se for..Eu te conheço bem. 

- Claro que vou! Afinal, preciso estar bem arrumada para o Daddy, não? - Fez uma linda cara maliciosa.

Eu não aguento com essa menina, enquanto ela murmurava algumas coisas eu segurei um sua nuca e lhe dei um beijo calmo, que com um toque de desejo se tornou mais apetitoso e dava uma sensação tão boa. Nossas línguas estavam no espaço, bem dizendo, estavam se entrelaçando de forma gostosa. Parei o beijo de provocação.

- Se não voltar, eu vou até lá. - Pisquei pra mesma que saiu do quarto com sua mochila.

Me joguei na cama satisfeito mas logo quando começo a relaxar, ouço gritos vindo da cozinha. Desci correndo mas era só Jin Woo dizendo que a comida estava pronta.

- Não almoço em casa, então comam. Eu vou dar uma saída. - Minha mãe se levantou vindo até mim.

- JungKook, tome. - Se aproximou de mim e me deu dinheiro.

- Pra quê isso? - Perguntei pegando as chaves do carro na bancada da cozinha.

- Compre camisinhas. - Piscou pra mim logo em seguida.

Sem entender nada, entrei no carro e dei partida até uma lanchonete qualquer. Por pura coincidência, encontrei os meninos sentados em uma das mesas. Tentei disfarçar porque Park estava lá mas foi em vão.

- JungKook! - Hoseok me gritou fazendo todos olharem pra mim.

- Oi...- Acenei tentando disfarçar.

- Senta aqui com a gente. - Tentei negar mas sabe como Hoseok é.

Sentei recebendo leves tapas de todos menos de Park, ele sorriu amigavelmente pra mim. Ignorei o mesmo e fiquei zoando com os meninos até a hora de irmos embora.

- Foi bom te ver novamente, criança. - Disse Jin Hyung antes de entrar no carro do Hoseok.

- Volte mais vezes JungKook. - Disse Yoongi mandando beijinho pela janela do banco de trás, sem graça.

Jimin ficou do lado de fora e antes de eu entrar no carro ele me chamou. 

- Jeon. Espere.. - Revirei os olhos ao ouvir ele me chamar.

- O que foi? - Encarei o mesmo.

- Eu reconheço que errei muito com você e com a S/N, eu realmente fiz coisas absurdas. Mas os meninos falaram muito sobre você e eu cai na real mesmo de que não quero mais fazer mal a você e nem a ela, e antes que me questione sobre, não, eu não gosto dela mais. - Respirou fundo. - Podemos ser amigos, huh? - Estendeu a mão pra mim.

- Park, não deveria brincar com alguém que pode colocar você no seu lugar. Vá pra casa, vá descansar, e vê se...me esquece. - Entrei no carro e voltei pra casa.

POV. JIMIN

Entrei no carro de Hoseok, vendo todos olharem pra mim esperando uma resposta, mas não falei nada. Respirei fundo e esperei Hoseok ligar o carro.

- Então, o que ele disse, Jimin? - Perguntou TaeHyung.

- Disse que era pra mim esquecer ele, e não brincar com quem pode me colocar no meu lugar. - Falei curto.

- Então vamos ter que tentar de outro jeito. Com aquela menina. - Falou Hoseok fazendo todos olharem pra ele.

- Quem? A S/N? - Engoli seco. - Não vou mexer com ela outra vez.

- Não, a outra. - Hoseok murmurava alguns nomes.

- Jin Woo? - Perguntei confuso.

- Ela mesmo, ela vai ajudar a gente. - Deu um sorriso de lado.

 

 

 


Notas Finais


pra surpresinha de vocês, se até sexta chegarmos a 800 favoritos...vai ter um especial top. bjinhos. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...