História Dear Diary - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Humanidade, Insanidade
Visualizações 13
Palavras 371
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Buenas!

:3

Comentários no final!

Boa leitura!

Capítulo 1 - Único


 

Olá meu querido,

 

Nos últimos anos meu senso comum perdeu o significado da palavra humanidade. Sabe quando fazem referência a palavra desumano para determinar atos hediondos cometidos por alguém? Eu vejo nitidamente o erro em usar tal adjetivo para classificar atos grotescos. Não há nada de “desumano” em queimar florestas e desabrigar animais silvestres.

Não há nada de “desumano” em vender mulheres para transforma – las em escravas sexuais. Não há nada de “desumano” assassinar pessoas por conta de uma mera discussão de trânsito. Não há nada de “desumano” em abandonar bebês recém nascidos em lixeiras. Não há nada de “desumano” em bombardear pessoas em nome de uma causa ou de uma ideologia religiosa só porque o resto do mundo não concorda com tal causa, tal ideologia. Não há nada de “desumano” em governar de forma ditatorial.

Efêmera é a vida, meu querido! Esta é a epifania divina dos observadores que estão a admirar não apenas a própria vida, mas toda a vida em torno de si. Todo ato horrendo não é desumano. É de fato humano, cometido por nossas mãos.

Diário, o mundo está acabando! A cada dia que passa, cientistas e pesquisadores estimam datas e mais datas para um grande evento cataclísmico, para o fim da água potável, para o derretimento das calotas polares que levaram eras para se formar, para a extinção de espécimes raros, para o fim dos recursos renováveis e não renováveis. Estimam o fim da vida na Terra e nós, já pensamos em viagens interplanetárias e desenvolvemos tecnologias incríveis para tais feitos ao invés de simplesmente levarmos uma vida corretamente sustentável. Somos hipócritas?

Filmes com temáticas de futuros pós apocalípticos estão cada mais populares e assistimos a vida real e a fictícia na tela com muito entusiasmo. Criamos teorias de conspiração (que de fato são reais) e o sistema nos influencia. E o que de fato é esse sistema? Estou apenas reproduzindo o que tenho ouvido de conspiradores? Já não sei dizer.

 

Querido diário, estamos próximos ao fim realmente? A essência da humanidade é ser justificada com aquele adjetivo? Sabe, certa vez eu ouvi que podemos ser rudes, violentos e maus, mas só um ser humano pode ajudar outro ser humano. O que estamos fazendo afinal?

 


Notas Finais


Boa tarde!

Talvez não faça o menor sentido, mas de vez em quando, me sinto sentado em uma poltrona confortável vendo a tudo o que se passa. Não sei se essa sensação é familiar a vocês, mas quantas vezes já parou para pensar na vida?

Escrevi isso há algum tempo e sendo sincero, nem eu sei dizer o motivo. Me pareceu necessário escrever sobre o quão pequeno somos na vasta imensidão do universo. Somos uma pequena parte de um grande todo.

Desde já, agradeço aos que vierem ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...