1. Spirit Fanfics >
  2. Dear johnny, i love you. >
  3. Introdução- 1

História Dear johnny, i love you. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


gente KKKKK decidi fazer uma fic do jonnhy porq ele é o amor da minha vida mesmo rsrsrs.
venho pensando nessa fic faz já umas 2 semanas e eu decidi fazer antes q me esqueça de tudo o q montei em pensamentos até hoje. vai ser uma shortfic e vai ser softizinha kkkkkk não sei quantos capitulos vou fazer mas não vai ser muita coisa. eu sou dessas q é mto louca(sou otaria é isso) então talvez eu coloque nas notas finais, gifs e fotos do pinterest q tenham a ver cm o capitulo caso queiram ver. sou meio ruim em descrever as coisas e fico sem motivação mto fácil ent não deixem floppar por favorkkkkkkk :) comentem o q acharam e no que eu posso melhorar! isso me incentiva a continuar e evoluir na minha escrita :)
esse daqui foi a introdução onde eu falo sobre o ponto de vista da sn.

Capítulo 1 - Introdução- 1


Fanfic / Fanfiction Dear johnny, i love you. - Capítulo 1 - Introdução- 1

3 meses. 3 messes e estava ficando louca. 

Era uma corrida contra o tempo, esse que só me atrasava. Tratar de 3 units ao mesmo tempo não era fácil. De longe. Estava a dar comigo em doida e para piorar, meu coreano era zero. Jurei para mim mesma que nas minhas pausas e folgas  iria estudar coreano e seria realmente fácil porque aprendo rápido. O único problema é que não tenho quaisquer pausas e minhas folgas estão longe de aparecer uma vez que as coisas pela empresa estão mexidas. 

O primeiro mês foi uma maravilha! Estava à experiência, era apenas uma estagiária. Tentei memorizar o máximo possível das rotinas e tudo que tinha que ser feito diariamente, semanalmente e mensalmente. O segundo mês era para colocar em prática aquilo que tinha aprendido com a ajuda dos demais staff´s e não sei se felizmente ou infelizmente eu passei no contrato. O terceiro mês? Aish, é puxado demais. Eles estão divididos por grupos. O 127, o Dream e o Wayv. Nos dormitórios tem cozinha e sala de estar e os devidos quartos que eles dividiam em duplas ou quartetos dependendo da unit. Meu quarto ficava no ultimo andar da empresa que eu dividia com outras staff´s. Quando era dispensada pelo manager e subia no meu quarto algum,dos meninos me chamava e eu voltava a descer tudo de novo até eles. Sem pausas. Ensaios diretos e eu tinha que estar presente em todos. Refeições eu tinha que as fazer se eles não pedissem delivery ou algum deles decidisse cozinhar algo. Para não falar que eu me comunicava com todo mundo em inglês e metade dos meninos não me entendia. Resolução: andava de google tradutor na mão toda hora. Eu estava mais para empregada pessoal que outra coisa.

Acreditava que alguns deles me achavam estranha. Bem, sou estrangeira. Tudo se resume a toques, não em um mau sentido como é óbvio. No meu primeiro dia oficial de trabalho, fiquei com a unit dos dreams e antes de me deixarem entrar no dormitório deles um dos staffs me disse para eu me apresentar e me curvar como sinal de respeito e para NÃO abraçar e beijar a cara de ninguém uma vez que eu fazia isso com os staffs todos. Poxa eu gosto de dar abraços. Bla bla bla. O que eu fiz? Entrei já matando. Abracei todo mundo como se fossemos amigos de longa data. Até hoje a cara do Jisung não me saí da cabeça, o garoto ficou apavorado. Óbviamente depois de reparar na borrada que fiz pedi um milhão de desculpas e me curvei tantas vezes que minha coluna doeu no dia seguinte. No resto das units foi de boas. Me apresentei no WayV e quase todos eles me compreenderam. No dormitório do 127 me sentia em casa. Todo mundo dançava e cantava ao mesmo tempo e fui super em recebida por eles (pelos outros também claro) e surpreendentemente eles quem me deram abraços. 

E no final são só detalhes que importam, não posso negar que sou observadora e que guardo tudo para mim. Muitas pessoas diziam que Taeyong parece frio por fora, mas ele é um amor de pessoa.

Moon Taeil, o único homem que até aos dias de hoje me fez corar na primeira vez que o vi. A forma como ele encara os olhos de uma pessoa é intrigante. Parece que vai sugar minha alma. Nem Jonnhy que encara as pessoas de propósito me deixa assim.

Por falar nele, esse cara consegue ser mais desastrado que eu. Vai contra tudo e de cinco em cinco minutos tropeça em algo. Ele é minha maior salvação (e outros membros). Quando estou nervosa com algo e começo a falar muito rápido Jonnhy faz a tradução para os colegas, isso me ajuda demais.  

Nakamoto Yuta ama usar brincos e eu tenho uns quinhentos! Mesmo que a gente não se entenda, passamos a tarde a falar pelo tradutor e a partilhar acessórios.

Doyoung odeia pepino e só descobri isso depois de fazer salada e o mesmo ficar chocado por eu não saber de tal fato. Ele é também o mais confiável no grupo todo eu poderia dizer.

Ten toca lindamente no piano e é um mente poluída que chega até a dar músculos na barriga de tanto rir com o que ele diz.

Jaehyun e a sua dualidade incrível. É sensível algumas vezes mas é o vírus da felicidade no dormitório do 127.

Sicheng quase me matou de susto uma vez que entrei no dormitório do WayV e ele estava deitado no sofá todo torto de olhos abertos a olhar para cima. Depois de ter pensado que o menino tinha infartado descobri que o mesmo estava dormindo e quase infartou por me ver quase infartar. Ele fala muito sobre os seus cachorros e eu acho isso adorável.

Qian Kun. Amo ver ele fazendo truques de magia por mais básicos que sejam e ele cozinha muito bem também.

Jungwoo come horrores e passa a maioria do tempo a imitar os colegas e até mesmo os staff´s. É um garoto amável.

O Lucas. Ele é sim uma criança de 183cm! Ele passa maior parte do tempo livre no ginásio e na outra maior parte ele joga alguma coisa aleatória no computador.

Mark Lee. Nunca vi ninguém fazer rap enquanto dorme, mas aí aparece o Mark e tudo muda. Ele escuta muita música também.

Xiao Jun é um bom compositor! Uma vez adormeci na sala de ensaios escutando ele ler um livro em voz alta. Ele tem esse costume. 

Hendery tem cactos nas prateleiras do quarto, ele tem também o hábito de começar a dançar enquanto anda.

Renjun é super fofo e o sorriso dele é contagiante, segundo ele, o manager quer que ele seja assim. Ele tem também uma pequena marca de nascença nas costas da mão.

Jeno daria um ótimo ator se não fosse idol. Sempre que vamos a algum lugar ele procura por óculos.

Haechan faz muito skinship, não que isso seja mau claro. Particularmente, se precisar de saber onde eles estão ou se está tudo bem, tenho 40% de chances de ser atendida por outro membro e 99% de ser atendida por ele.

Na Jaemin gosta de assistir filmes de terror e beber café. Coisas que temos em comum.

YangYang me deu uma rosa uma vez, dizendo ser a sua planta favorita. Ele tem também costume de mexer no cabelo quando está pensativo ou destraído. 

Chenle também toca piano, e deus, eu amo ouvir ele tocar. Me fez aparecer no dormitório do dream uma vez em plenas duas da manhã dizendo que tinha uma aranha no quarto dele e que nenhum dos colegas se quis levantar para tirar de lá a mesma.

Jisung dorme a maior parte das noites no sofá do dormitório e tem também muito medo de baratas.

Em tão pouco tempo registrei tanta coisa que ás vezes acho que minha cabeça vai explodir. Entre outras coisas, os meninos têm muitas qualidades e é bastante confortável estar e falar com eles. Mesmo a maioria não entendendo o que falo eles se esforçam para puxar assunto para não me deixarem constrangida e eu acho isso bastante simpático.

 

 

 

 


Notas Finais


o final é muito nada a ver, não quis deixar algo q desses espectativas para o próximo cap. porq estou indecisa com dois começos. bem, espero que tenham gostado! aa e desculpem qualquer erro de caligrafia, eu revisei que nem flash, deve te escapado alguma coisa talvez, me perdoem :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...