História Dear Lady - Taeny - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Taeyeon, Tiffany
Tags Snsd, Taeny, Taeyeon, Tiffany, Yuri
Visualizações 475
Palavras 2.390
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Ecchi, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas!

Então, essa é a minha oriemira one-shot na vida! E eu escolhi para o meu "debut" fazer uma one-shot Yuri e TaeNy! Que eu sei que muitas pessoas, sones principalmente, shippam muito elas, mesmo q agora a Tiffany tenha neh... zarpado da SM, sempre será do Ot9 no nosso coração.

Espero q gostem e tenham uma boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Único


  - Princesa, acorde, já esta de manhã - sinto as mãos da governanta me balançando na cama.

- Ama, mais 5 minutos - Murmuro com o rosto afogado no enorme travesseiro. A mulher continuou me balançando.

- Nada disso! Eu já te dei 10 minutos de lambuja! Vamos levantar - Ela me vira de barriga para cima e me puxa pelos braços para ficar sentada na cama. Faço bico e passo a mão no cabelo, o tirando do meu rosto.

- Amaaaaaa - Digo manhosa e ela revira os olhos.

- Você tem 20 minutos para se arrumar Taeyeon - Ela diz se dirigindo até a porta do quarto - Daqui a pouco seus tios e primos chegam - Ela sai do quarto e fecha a porta.

Respiro fundo e me espreguiço dando um gostoso bocejo. Jogo as cobertas para o lado e saio da cama indo em direção ao banheiro do quarto, já tirando minha camisola e jogando em qualquer canto do cômodo. Abro o registro do chuveiro e fico debaixo da água quente que saia do mesmo, aproveitando para lavar meu cabelo rapidamente.

Quando termino meu banho, pego a toalha branca que ficava pendurada perto da porta e envolvo meu corpo nela, pegando outra para colocar no cabelo. Saio do banheiro e minha cama estava arrumada, a camareira sempre passa quando estou tomando banho. Vou até meu closet e fico parada na frente de um monte de vestidos decidindo qual escolher.

Depois de muito analisar, escolho um vestido com uma coloração azul com rendas pretas que vai até um pouco mais baixo que meu joelho, de alça com um colarinho avulso da roupa no pescoço com as mesmas características, azul com renda preta. Pego um salto preto e vou para minha penteadeira.

Pego a minha escova e começo a arrumar minha juba ainda húmida para baixo e acertando minha franja. Faço duas pequenas tranças nas extremidades da minha cabeça para tentar esconder a oleosidade do mesmo.

- Princesa! Já está pronta? - Pergunta Ama do lado de fora.

- Sim Ama - Me levanto e abro a porta.

- Ótimo, seus tios já chegaram com suas primas, venha depressa! - ela pega em meu pulso e vem me puxando pelo castelo. Que sorte que esse vestido não vai no chão, senão já teria caído.

Logo eu estava ao lado de minha mãe que estava ao lado de meu pai e meu irmão mais velho de frente para o portão central do castelo. Ao longe podia-se ver os cavalos trazendo a família dos lordes para cada vez mais perto do castelo, fazendo com que logo estivessem aqui, descendo dos cavalos.

- Irmão! Quanto tempo! - Diz meu tio para meu pai que se abraçam após um aperto de mãos - Jiyoon, linda como sempre - ele pega a mão dela e deposita um beijo - Esses são seus filhos? Como cresceram! - Ele vai até ChanYeol, meu irmão mais velho, e da um abraço nele. Depois se dirige a mim - Taeyeon, ficou muito bonita - ele pega minha mão e beija também.

- Essas são suas filhas? Elas também cresceram muito! - Diz meu pai com relação às garotas que estavam nos olhando. Pela primeira vez noto a presença delas, principalmente de uma morena com um coque "mal feito" com alguns fios caindo em seu rosto, usava um vestido curto, rosa com detalhes em preto. Olho ela de baixo para cima e quando chego em seus olhos, noto que me olhava de um modo estranho.

- Vamos, o café esta pronto - Diz minha mãe e todos acentem a seguindo até o salão de jantar. Percebo que minha prima andava ao meu lado.

- Sou Tiffany- Ela diz me olhando.

- TaeYeon- Sorrio simpática.

- Nome bonito - Comenta e eu agradeço.

- O seu também, é bem diferente e elegante - Comento e ela da um belo sorriso. Nossa... que sorriso...

Ao chegarmos no salão de jantar, me sento em um dos lugares da enorme mesa, Tiffany se senta em meu lado.

Não demora muito e os empregados começam a nos servir, colocando as comidas nos pratos.

Meu pai começa a conversar com meu tio sobre muitas coisas que eu não estava prestando atenção, estava preatando atenção mesmo era na minha prima, que comia que nem um passarinho.

A jarra de suco estava ao lado dela, e eu queria tomar o... suco, mas estava com vergonha de pedir para ela me passar a jarra então estendi o braço para pegá-la. Foi quando meu bracinho fraco me decepcionou e tremeu, deixando o suco cair na roupa de Tiffany.

Deixo a jarra na mesa.

- desculpa, desculpa, desculpa - Digo desesperada pegando um papel para tentar limpar.

- N-Não foi nada... - Ela diz analisando seu vestido.

- Vem comigo, posso te emprestar uma roupa - Me levanto e ela também, a puxo pelos corredores até meu quarto, empurro ela para dentro e tranco para que ninguém a visse se trocando.

- Quarto bonito - Diz ela olhando a declaração (que é bem infantil) do mesmo - Sua cara - sorri e eu sorrio também.

- E-Eu acho melhor você... tirar o vestido molhado... - Murmuro corada a olhando.

- Ah, sim - Ela diz e coloca as mãos nas costas e ouço o som de um zíper abrindo. Ela deixa o vestido cair no chão revelando suas roupas de baixo.

Me abaixo para pegar o vestido e ela também, acabo por agarra-lo primeiro e ela se levanta dando uma risadinha fofa. Quando vou me levatar, acabo tropeçando no tapete e caindo de cara com sua intimidade.

Ela solta um gemido baixo de surpresa e eu, super-hiper-mega corada, não conseguia me mover. Me atrevi a olhar para cima, encontrando os olhos castanhos de Tiffany me olhando mordendo o lábio. O que isso queria dizer? Ela havia... gastando desse acidente? Será que achou que foi de propósito? Aigo...

Vou me afastando devagar de sua intimidade e paro para olhar sua calcinha, era rendada e meio transparente.

Me levanto devagar e abaixo a cabeça.

- D-D-Desculpa, eu t-tropecei no tapete- me desculpo de modo sincero, eu realmente não queria fazer isso... não agora pelo menos... que?

- Não foi nada - Ela diz tranquila - Eu percebi que foi "só um acidente" - ela sorri de lado.

Coro e tento mudar de assunto rapidamente.

- Vamos tentar achar uma roupa minha que caiba em você? - Pergunto mudando de assunto e ela diz que sim e a guio até meu closet.

Vou vasculhando entre as roupas e acho um vestido meio longo, todo branco, rendas e bordados brancos. Estendo para ela, que abre o zíper e logo o veste.

- M-Muito apertado - Diz ela parecendo ter uma falta de ar. Ajudo ela a tirar o vestido e vou pegar outro, dessa vez todo preto, dessa vez nem entrou, por causa dos enormes seios de Tiffany. Tentamos outro, outro, outro, outro e outro, nenhum serviu nela por causa do seu tamanho.

- Não tem algo mais folgado no peito? - Pergunta pousando as mãos em cima dos seios me fazendo repaare mais neles. Cara, que vontade de aperta-los...

Me viro e volto a vasculhar meu closet em busca de um vestido mais folgado nos seios. Depois de muitas peças jogadas no chão, acho um vestido vermelho, mais curto do que o manchado, mas era bem folgado na parte do busto.

- Este tem bojo próprio, s-se quiser pode tirar o sutiã- sugiro e ela faz que com a cabeça e leva as mãos até as costas e solta seu sutiã, o tira e deixo junto com seu vestido.

Eu não sabia se aquilo era o paraíso ou um sonho, olha o tamanho daquilo, deve ser muito bom... mexer neles... neh?

O que está acontecendo comigo?

Dou o vestido para ela, mas o mesmo precisaria de mais uma pessoa para vesti-lo em Tiffany, porque ele abria e fechava na frente e às vezes prendia no tecido do bojo.

Ela veste e sobe o vestido. Começo a puxar o zíper para cima, tomando cuidado para não prender no bojo. Quando termino de subir o zíper completamente, não resisto e passo minhas mãos em seus seios devagar sob um pequeno arfar da mais velha.

Ela me olha e vai se aproximando de mim, enquanto eu ia para trás. Bato contra o espelho embutido na parede e ela me prensa na parede e aproxima seu rosto do meu.

- Eu estou me sentindo provocada - Ela murmura em meu ouvido, me arrepiado.

- Ah é?

- Sim... - Ela segura meu queixo e eu fecho os olhos - Abre os olhos - faço o que ela manda. Ela vira o meu rosto e lambe minha bochecha.

- Aigo

- Vamos brincar priminha? - Ela pergunta segurando meus braços e vai me guiando até uma cadeira acolchoada que tinha no closet. Me empurra para sentar a cadeira e passa suas mãos por baixo da saia do vestido.

- Tiffany...

Ela passa as mãos em minhas coxas e vai as subindo até minha calcinha. Ela adentra uma mão por dentro do tecido e começa a massagear a região. Solto um gemido arrastado e ela morde o lábio.

Ela levanta mais o vestido e entra dentro dele me fazendo deitar mais na cadeira e logo sinto sua língua quente dentro da minha intimidade fazendo movimentos circulares em meu clitóris. Agarro a barra do vestido e arfo alto.

Sinto sua mão começar a fazer movimentos circulares em meu "sininho" e penetrar a língua na minha vagina ao mesmo tempo em ritmo acelerado. Solto um gemido alto e arrastado para ela, tento me controlar mesmo que seja difícil.

Ela intensifica os movimentos e sinto algo vindo de dentro de mim até minha entrada, sinto um líquido ser esguichado de minha vagina ao som de altos gemidos meus.

- Aah TaeYeon... gostosa - ouço Tiffany dizer.

Ela abaixa o vestido saindo de lá e parando os movimentos me deixando sedenta por mais. Ela procura o zíper do meu vestido, acha e o abre, logo o arrancando de mim me deixando apenas de sutiã que logo é jogado em algum lugar.

Ela fica com um joelho entre minhas pernas e começa a chupar o bico de um dos meus seios já rígidos e duros feito pedra. Desce sua mão até minha intimidade novamente e começa a me masturbar em um bom ritmo. Começo a gemer baixinho em seu ouvido para apenas ela ouvir.

Ela deixa meus seios e sobe para meu pescoço e começa a beija-lo de forma violenta e começa a me penetrar com seu dedo médio me fazendo gemer meio alto conforme as estocadas de seu dedo.

Em um movimento desesperando, levo minha mão até a saia de seu vestido e subo adentrando minha mão em sua calcinha e começando a massagear sua intimidade também.

Consigo ficar por cima dela e tiro meu dedo de sua intimidade e tiro o vestido dela e jogo por aí. Com minhas duas mãos, começam a massagear violentamente seus seios, fazendo ela gemer em meu ouvido de forma excitante pra caramba. Ela leva uma mão a minha vagina e me penetra, novamente, mas dessa fez com dois dedos, fazendo um misto de dor e prazer que estou adorando sentir.

Começo a chupar seus seios, mordo o biquinho de leve e puxo, fazendo ela arfar.

Ela retoma sua posição por cima e me pega no colo (sim, sou tão leve que até alguém que aparentemente tem o mesmo peso que eu consegue me pegar ) e me encosta na porta de entrada do quarto me penetrando com os dois dedos dela.

Até que alguém bate na porta. Tiffany me olha mordendo o lábio.

- Princesa? Você está aí? - Pergunta a Ama

- S-Sim Ama

- Por que não voltou ao salão com a Lady Tiffany?

- Aaaah... a L-Lady Tiffany está experiiiimentando umas roooupas mi-minhas - Digo meio gaguejando com o ritmo intenso que Tiffany fazia com os dedos junto com sua boca em meus seios.

- As senhoritas vão voltar pro café?

- N-Não

- Okay - Ouço o som dos saltinhos de Ama se distanciando.

Tiffany me disprende da porta e me leva até a a cama, fica do por cima de mim. Ela deita e vem com suas pernas entre as minhas até que nossas intimidades de tocam e eu arfo.

Ela segura em minha perna e começa a roçar nossas intimidade devagar e vai aumentando o ritmo ao som de baixos gemidos. Ajudo ela a ir mais rápido movendo o quadril junto.

Logo sinto um filete de um líquido caindo de sua intimidade juntando com o meu. Ela desenrola suas pernas das minhas e caímos na cama.

- Isso foi demais - Ela murmura.

- Sim

- Você é muito gostosa - Comenta

- Você é mais, ó o tamanho dos seus peitos e da sua bunda - Olho para ela

- Você tem um peito bonito e uma bunda grande - ela sorri e eu também.

Ela pega minha mão e sorri, entrelaço as duas.

Alguém bate na porta novamente.

- TaeYeon? Morreu aí é? - Ouço a voz de ChanYeol e eu gelo.

- Se troca, ele tem a chave do meu quarto- Sussuro para Tiffany que da um pulo da cama e vai atrás de seu vestido - Não ChanYeol, eu só estou ajudando a Tiffany com o vestido.

- A quase 2 horas? - Tiffany joga o meu vestido para mim e eu o visto depressa.

- Ela é maior que eu - Choramingo e ele abre a porta. Rapidamente me sento direito na cama e ele me olha.

- Sei, onde esta ela?

- Se trocando no closet- Ele cruza os braços e Tiffany sai do closet vestida.

- Acho que finalmente achamos um bom vestido - Ela diz colocando as mãos na cintura e olha ChanYeol - Olá primo.

- Prima - Ele a cumprimenta e me olha - desça com ela daqui a pouco para o jantar - ele sai do quarto fechando a porta e eu me jogo na cama.

Tiffany sobe na cama e fica por cima de mim, sorrio e ela me dá um selinho tímido.

- Acho que agora as coisas vão ser diferentes entre nós... prima - ela sussurra sensualmente a última palavra levantando a barra de meu vestido novamente.

E mais uma vez, fui aos céus com minha prima.


Notas Finais


Espero que tenham gostado da one-shot! Se quiserem posso fazer mais neste estilo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...