1. Spirit Fanfics >
  2. Dear sister - Imagine Kim Taehyung (incesto) >
  3. Você é muito mau...

História Dear sister - Imagine Kim Taehyung (incesto) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oioi demoninhos do meu coração
Perdoem os erros ortográficos

Boa leitura e ilusão <3

Capítulo 2 - Você é muito mau...


Fanfic / Fanfiction Dear sister - Imagine Kim Taehyung (incesto) - Capítulo 2 - Você é muito mau...

Já eram quase 20:00 da noite e Kim Taehyung ainda de encontrava em seu quarto conversando com seus amigos por call. 


Eles falavam vários nadas e discutiam a vida enquanto (s/n), sua irmã, estava em seu quarto vendo séries na Netflix.


- tem um cara em cima de mim! - gritou o mais velho, Jin, enquanto tentava escapar no jogo.


- em cima? - com um tom malicioso, falou o outro, que respondia por Namjoon. 


Os outros dois garotos que estavam na call, Yoongi e Taehyung riram; esses eram amigos há muito tempo, desde que o Kim mais novo se encontrava no Ensino Fundamental.


Kim Taehyung sempre foi bem solitário quando jovem, então sua única saída foi se tornar amigo desses babacas vulgo: Min Yoongi, Kim SeokJin e Kim Namjoon, que apesar de otários, eram na opinião do rapaz, os melhores amigos possíveis a se desejar.


Por conta da proximidade que teve com o Kim, os outros garotos acabaram de tornando também muito amigos de (s/n), eles tinham uma quedinha por ela, mas era algo apenas entre eles, ninguém sabia e também não possuíam coragem suficiente para se declarar a mais nova. O que da parte de Taehyung, era ótimo, ele não precisava que sua irmã encontrasse um parceiro agora, não antes de seu plano pervertido contra a garota se realizasse.


- AaAaAaAAAA! - um grito agudo do SeokJin fez com que todos se assustassem.


Taehyung colocou a mão no coração depois de dar um pulo de seu acento.


- Aish! Precisa disso? - Yoongi se pronunciou depois de muito tempo em silêncio.


- eu quase tive parada cardíaca. - falou o de cabelos pretos; vulgo Kim Taehyung.


- Jin sempre levou os jogos muito a sério. - Namjoon disse simplista.


- eu avisei que o cara tava em cima! - se defendeu. 


Taehyung só ria silenciosamente com a situação, já lhe faltava ar de tanto rir, quando umas batidas fortes ecoaram por todo seu quarto.


- entra! - disse dando permissão para que (s/n) adentrasse o cômodo, pois obviamente seria a menor ali. 


A garota abriu a porta e se aproximou do rapaz com um semblante sério, parou de frente ao mesmo cruzando os braços. 


- vocês está fazendo muito barulho! com quem está falando? - falou a garota.


- com os garotos. - disse simplista, logo percebendo um enorme sorriso se abrir no rosto da garota. 


Ela tirou os headphones que o rapaz usava e os colocou. 


- olá meninos. - disse com uma voz entusiasmada, logo recebendo a resposta animada dos mesmos.


Ela sentou no colo do seu irmão ainda distraida na conversa com os rapazes.


- vocês estão fazendo muito barulho, me acordaram... - disse com uma voz manhosa.


- eu posso ir aí te ajudar a dormir de novo. - Namjoon disse com malícia na voz.


- Aish... Esse... - Taehyung falou quase que num sussurro, depois soltou uma risada nasalada.


- como está (s/n)? - Yoongi falou com uma voz arrastada.


- sem sono. - disse debochada. 


- garotos me perdoem, mas vou pegar meu irmão um pouquinho. - sorriu encerrando a call. 


Ela tirou os fones e os deixou sob a mesa do computador de seu irmão, logo se virando para ele.


- estou com fome, vamos pedir pizza? - fez bico.


- aish... Com essa carinha manipuladora, sabe que vai conseguir o que quer. - falou sério encarando a menor.


- você que é muito iludido na minha fofura, eu não tô manipulando ninguém. - sorriu convencida. 


Taehyung sorriu olhando os traços hipnotizantes da garota menor.


- pizza de...? - perguntou o garoto, - MUSSARELA! - gritou animada.


(S/n) deixou o quarto em passos ligeiros, quase que dançando, dificilmente seu irmão fazia algo por ela sem lhe pedir também em troca um favor. 


O mais velho fez como combinado, ligou para a pizzaria que os dois costumavam frequentar e pediu a pizza metade mussarela e metade chocolate, era uma das favoritas da pequena.


(...)

POINT ON VIEW KIM (S/N)


Nós estávamos quase terminando a pizza, enquanto comiamos também estávamos a ver meu desenho favorito; Rick And Morty.


Eu estava deitada no colo de Taehyung no sofá, tudo que me vinha a cabeça era: "se continuarmos assim, teremos 70kg em menos de duas semanas..." 


- que horas são? - Taehyung perguntou sem tirar os olhos da tv.


Eu que estava quase dormindo ali mesmo, tirei o celular do bolso e levei até meu rosto, em seguida, olhei o horário e eram 22:43. 


- alguns minutos para as 23:00. - bocejei.


- já é tarde, você tem aula amanhã. - ele sorriu e se levantou me pegando em seu colo. Sinceramente, não sei como pode aguentar meu peso.


- Oppa... Posso dormir com você? - disse com uma voz arrastada.


Ele olhou para o lado pensativo e mordeu o lábio inferior.


- tudo bem. - soltou um suspiro rápido depois de ceder.


- obrigado. - sorri saindo de seu colo. 


Eu sempre dormia com ele quando estava assustada, e hoje era o caso, amanhã seria meu primeiro dia de aula do último ano em uma escola nova, assustador! 


Eu segui até seu quarto e me deitei em sua cama, além de confortador era luxuoso dormir naquele quarto. Eu senti Taehyung se aproximar de mim pelas costas e colocar um de seus braços em volta da minha cintura, o outro ficava na minha cabeça, onde eu a apoiei. 


Taehyung soltou um longo suspiro e aproximou seu rosto a mim, deixando-o na curvatura de meu pescoço, depositando um selinho no mesmo.


Pude sentir sua respiração quente bem no meu pescoço, era confortador, por conta da frequência pude deduzir que ele já havia dormido.


Sempre na hora de dormir eu podia repensar tudo que aconteceu no meu dia, e o que eu podia mudar para que futuramente me trouxesse mais benefícios, esses pensamentos começaram a ocorrer desde que meus pais morreram, ou seja: há quase duas décadas.


Comecei sentir meu peito doer, eu não conseguia evitar pensar em todas as merdas que me aconteceram... 


Eu estava tendo mais uma daquelas crises de ansiedades, pode sentir uma adrenalina, meu coração acelerado, pés e mãos gelados e não conseguia parar de pensar que amanhã voltariam as aulas! Mesmo que fosse imperceptível, eu estava compulsivamente estralando os dedos das mãos, era meu novo vício, já que os tinha substituído pelos de roer as unhas.


Lembrar que futuramente eu teria que encontrar meu emprego e seguir minha vida sozinha era pertubador, eu dependia de Taehyung literalmente para tudo, aliás, ele era minha única família.


Aos poucos senti lágrimas percorrerem meu rosto, eu sou mesmo tão perturbada? 


(...)


Já era de manhã, eu estava tomando meu banho e nem sabia se Taehyung já havia acordado.


Eu vesti o uniforme da escola que era composto por uma saia cinza xadrez curta, uma blusa de gravata e um casaco preto opcional que eu optei por usá-lo, coloquei minhas meias puxadas até os joelhos e fiz dois rabos de cavalos meio soltos. (Foto na capa)


Eu fui até a cozinha e me encontrei com Taehyung que estava fazendo o café. 


- bom dia. - ele falou sorrindo.


- é. - disse seco e me virei, antes que eu pudesse andar senti a mão exageradamente grande do meu irmão segurar meu pulso, ele me puxou me deixando numa proximidade consideravelmente inapropriada.


- quero que me diga bom dia. - sorriu fraco.


Eu tentei me afastar mais falhei miseravelmente, já que o maior era bem mais forte. 


Ele aproximou seu rosto do meu e mordeu o lábio inferior.


- é só dizer bom dia. - falou franzindo a testa.


- bom dia. - falei vencida. 


O garoto então deixou um sorriso convencido destruir toda sua seriedade, ele pareceu realmente alegre...


- obrigado. - me abraçou forte, eu não retribui.


Depois que se separou de mim me deu um leve empurrão no peito. 


- você é muito mau (s/n)... - ele foi até o balcão novamente onde estava, e continuou a preparar o café da manhã.














Notas Finais


ai eu não sei

shippo?????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...