1. Spirit Fanfics >
  2. Dear Summer >
  3. Yeah.

História Dear Summer - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Oi genteeeeee..

Depois de quase cinco anos, estou de volta!!
Essa quarentena me fez ver o quanto amo escrever e o quanto sentia saudade dessa confusão que é a Summer.

Capítulo 23 - Yeah.


Fanfic / Fanfiction Dear Summer - Capítulo 23 - Yeah.

sim (name): exprime afirmação, aprovação, consentimento; reiteração de algo afirmado.

 

Dias e dias (talvez meses) se passaram e as coisas não poderiam estar melhores. Niall tem sido cada dia mais compreensivo comigo e me ajudado muito a ser mais... eu... me expressar melhor, ser mais educada, amorosa, resumindo ser como ele.

Os trabalhos da nova banda começaram a ser divulgados daqui dois dias e estou super ansiosa por eles. Nenhum dos meninos me deixou ouvir nenhuma das músicas e nem ir a nenhum dos ensaios, é uma completa surpresa para todos. 

Eles vão rodar o mundo para divulgar a banda, o que me leva a ficar sete meses longe do Niall e dos outros meninos, mas já combinamos que não vamos deixar essa distância nos separar.

O meu curso na Julliard dura dois anos, o que é muito bom, porque aí tenho mais tempo para ficar com Niall aqui em Nova York, porém ficarei dois anos visitando minha família e o Matt, que está cursando Direito em Washington (acreditem se quiser) apenas nas férias.

-Ei amor! –ele grita. –Sonhando acordada?

-Com você. –digo sorrindo. –Você é o personagem principal de todos os meus sonhos.

-Acho que essa coisa de se expressar melhor está funcionando. –ele ri. –Vou sentir falta de você.

-Só serão alguns meses e sempre que der vou te visitar. –sorrio. –Não vamos deixar isso atrapalhar, lembra?

-Não, nunca. –ele pega minha mão e beija. –O nosso amor é maior que isso, mas só quero dizer que é difícil. –ele suspira. –Você não vê o quanto está sendo difícil para o Liam, ele deixou a Sophia, porque queria vê-la feliz e não presa em uma relação na qual ele nunca podia se fazer presente.

-Niall, isso só foi um proposito para a separação deles, Liam ama muito a Sophia e tenho certeza que o que ela sente por ele é bem parecido, logo eles voltam, o amor deles é mais forte.

-Não quero que isso aconteça com a gente. –ele diz baixo.

-É só não aprontar. –digo rindo.

-Eu não sou o que apronta nessa relação. –dou risada sem graça. –Não foi o Niall que veio morar em Nova York com o ex-namorado e ainda por cima se aproximou do ex-ficante.

-Ei. –bati no seu braço. –Jake mudou muito nos últimos meses e já deixei bem claro que não quero nada com ele. –olho nos seus olhos antes de me levantar da poltrona. –E eu só dei um beijo no Harry, nada demais.

-Fico preocupado com isso. –ele diz rindo.

-É tão engraçado pensar que há alguns meses eu só era Summer rebelde, com um piercing feio no nariz, cabelo colorido, e aí chegou um irlandês idiota e me mudou por completa. –vou até a cama abraça-lo.

-Quer namorar comigo? –ele pergunta depois de alguns minutos abraçados em silêncio.

-Como assim? –pergunto confusa.

-Estava pensando. –ele suspira. –Somos um casal estranho, nunca fiz o pedido de namoro e nunca dormimos juntos. –ele me olha sem graça. Seria estranho dizer a Niall que eu nunca dormi com ninguém e esperava que com ele fosse a primeira e única pessoa que me deitaria na vida, mas ainda não estamos prontos para ter essa conversa. –Aí pensei que essa seria a hora certa.

-Não precisamos desse rotulo. –me levanto. –E, afinal, já estávamos em um namoro.

-Sem o rotulo desde que minha família perguntou o que era aquilo. – ele se ajoelha e coloca a mão no bolso, tirando uma caixinha de lá. 

-Não. 

-Não? –ele pergunta confuso.

-Não quero rotular essa relação. –vou até a porta e paro. –Não vamos fazer isso, por favor.

-É só um pedaço de metal no seu dedo, o que isso muda? –ele se levanta irritado.

-Muda tudo. –grito. Porque estou gritando? E por que disse não? Eu o amo.

-Porra Summer, você tem que complicar tudo sempre. –ele leva as mãos à cabeça.

-Eu só não entendo o porquê nos rotular em uma relação só para provar algo para alguém. –olho para ele que agora está de pé ao lado da sua cama. –Niall, as pessoas tomam como verdade aquilo que os convêm. –vou até ele e tento pegar em sua mão, mas ele afasta.

-Pensei que tudo estava bem, que não tínhamos mais motivos para discutir por coisas banais, mas estava errado. –ele vai em direção as escadas e sigo-o. –Eu preciso descansar, amanhã vai ser um longo dia, vai embora por favor. 

 

[...]

 

"Você não entende, Summer. Eu não posso te perder. Sei que não somos um casal perfeito. Nem casal nós somos. Mas eu te amo, Summer. E não suportaria ver você indo embora. Porque… se eu te perder, eu me perco."

 

Por que as coisas sempre têm que ser mais complicadas comigo? Porque eu apenas não respondi um misero "SIM". Isso sempre foi o que eu mais quis na minha vida e agora eu joguei esse enorme rotulo de ser a namorada do Niall Horan fora, para sempre. 

Espero que ele me desculpe, que entenda o que quis dizer. Afinal, o que eu quis dizer?

Será que a nossa relação vai por água abaixo antes mesmo de começar? Será que vamos terminar como o Liam e a Sophia? Tenho que fazer alguma coisa para consertar isso.

Peguei meu celular e disquei o número da única pessoa que me atenderia àquela hora.

 

-Summer, tudo bem? –ele perguntou.

-Matt! –suspirei aliviada. –Fiz besteira.

-Que tipo de besteira? –ele perguntou confuso.

-Eu discuti com o Niall por um motivo tão tosco, e agora nossa relação corre risco... de novo... –ficamos em silêncio por algum tempo até eu continuar. –Ele me pediu em namoro oficialmente e eu falei que não queria aquele rotulo para nós e aí tudo começou e acabou também.

-Sun, você sempre foi muito dramática e as coisas ao seu redor transbordam drama. –ele respira fundo. –Ele não vai acabar com tudo só porque você não quer rotular a relação, ele sabe o que você sente e ele te ama fofa.

-Mas Matt... –suspirei. –Ele me mandou ir para casa, isso não quer dizer algo?

-Claro idiota, que ele precisava pensar em tudo antes de agir. –meu coração congelou. Ele deve estar pensando em como dizer que acabou o que não deixei começar. –Você é tonta Summer, sei o que está pensando agora, e graças a Deus, o Niall é bem sensato, ele vai fazer a coisa certa, tenho certeza.

-E se a coisa certa a ser feita para ele não seja a certa para mim? 

-Summer... –interrompi-o.

-Matthew, vai voltar tudo, não quero, não, não, não. –gritei.

-Jumenta, se acalme. –ri. 

-Só você para me fazer isso em uma hora dessas. 

-Olha querida, respira fundo, conta até mil, e volta. –sorri ao me lembrar das diversas vezes que ele me falou aquilo, eu e o Matt sempre fomos muito agitados e só nós mesmos conseguíamos nos acalmar. –Preciso ir agora. Fica bem irmãzinha, e lembre-se sempre que eu te amo.

-Eu te amo Matt.

 

&

 

O dia dos meninos começarem a tal tour chegou e eu ainda não consegui conversar com Niall. Liguei para ele algumas vezes, mas ele não me atendeu, então liguei para o Zayn e ele me falou que era para eu ligar depois porque eles estavam todos no quarto de hotel dele jogando. O que me fez perceber o grande papel de trouxa que estava fazendo.

-Vim me despedir. –disse entrando no grande hall da casa do Simon Cowell que estava lotada de pessoas. 

-Ei, meu amor. –Harry me abraçou. –Vou sentir tanto a sua falta. 

-Eu também. –disse abraçando-o de volta.

-Ela é namorada do Harry? –escutei alguém sussurrar.

-Não quero que fuja da gente, vai ligar sempre e ir nos visitar. –Liam diz se aproximando e Harry me soltou. –Somos família, Sun.

-Promete que vai continuar sendo linda? –Harry diz. 

-Isso não é difícil para ela. –Louis diz e se aproxima de nós. –É ótimo que esteja aqui agora. –ele me abraçou forte. 

-Cuida dele para mim. –sussurrei para que só ele ouvisse.

-Claro, mas vai me prometer uma coisa... –olho em seus olhos. –Vai se resolver com ele antes de irmos. –afirmo com a cabeça.

-Zayn Malik. –gritei e logo ele me abraçou. –Não vai embora, quero você aqui comigo.

-Desculpe, mas agora não posso fazer suas vontades. –todos riram. –Obrigada Sun, por tudo. –ele me abraça de lado. –Você que nos trouxe até aqui, e vamos ser sempre gratos a você.

-Ei não me deem todos os créditos. –abaixo a cabeça envergonhada. –Simon gostou de vocês, não de mim.

-Falta você. –digo indo em sua direção. –Eu só quero dizer...

-Eu te amo. –ele diz. 

-Quero que se divirta. –sorrio sem mostrar os dentes. –E volte.

-Se você estiver à minha espera, eu volto. –dou risada.

-Sim... –ele me olha confuso. –Eu aceito ser sua namorada.

 


Notas Finais


Vamos ter uma passagem de tempo, uns anos depois que a banda deu uma pausa... Summer e Niall estarão juntos ou não? E como será a primeira vez deles?

digam o que estão achando... e alterei a história, então se quiserem reler, será bom para se inteirar..
beijos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...