História Dear Teacher - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Vhope
Visualizações 64
Palavras 2.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Perdoem a demora, eu não estava muito bem e por isso não consegui postar rápido. Não desistam de mim!!!

Capítulo 26 - Crystal Snow


Fanfic / Fanfiction Dear Teacher - Capítulo 26 - Crystal Snow


Jungkook estava animado com o baile de inverno. Ultimamente, o garoto se engajava cada vez mais com os projetos e eventos do colégio. Como agora participava do comitê de eventos, precisava ajudar a organizar tudo.

– Olá. – ele disse
– Oi, Jungkook. – Namjoon e Seokjin responderam
– Ei, você não viu o professor Park por aí? – Seokjin perguntou
– Não, mas posso procura-lo.
– Obrigado. – ele sorriu fraco

Jeon saiu caminhando entre os corredores do colégio, até que seus olhos encontraram o mais velho.

– Kook, oi. – Jimin sorriu
– Bom dia. – Jeon sorriu – o Seokjin está te procurando
– Eu estava indo para lá agora.
– Eu queria tanto que você fosse o meu acompanhante nesse baile. – Jungkook fez uma cara triste
– Eu também, meu amor. Eu queria te abraçar aqui mesmo, e entrar de mãos dadas com você nesse baile, e te beijar, para que todos pudessem ver que você é o meu amor.
– Pelo menos eu posso ouvir as pessoas comentando sobre sua beleza e ficar feliz por namorar o homem mais lindo do mundo.
– Olha quem fala, não é? O popular Jeon Jungkook, que atrai a atenção de todos ao redor, o meu namorado, o meu amor.
– Eu te amo tanto, Jiminie.
– Eu também te amo, Kook. – Jimin sorriu

Os dois caminharam de volta à quadra, onde seria o baile. Juntos, organizaram tudo. Dessa vez, realmente capricharam e fizeram uma decoração incrível. Até mesmo se surpreenderam com o bom resultado, havia mesmo ficado incrível.
Ambos aproveitaram que poderiam ir para casa, e resolveram ir até a casa de Taehyung, onde Jungkook estava morando. Ainda não havia se acostumado a dizer que era sua casa também, mesmo se sentindo confortável.

– Jimin? Oh, como é bom te ver! – Taehyung sorriu
– Oi, Taehyung. – Jimin sorriu
– Meninos, quanta alegria – Sra. Kim apareceu – olá.
– Oi, eu sou Park Jimin.
– Ele é o meu professor. – Taehyung disse
– Professor Park, seja bem vindo. – Kim sorriu
– Ele é o meu namorado, Sra. Kim. Espero que não se importe.
– Está tudo bem, Jungkook. – ela sorriu

O clima estava agradável. Pela primeira vez, Jungkook teve a sensação de família reunida, e aquilo o agradava. Ele estava com o seu melhor amigo, que já era praticamente seu irmão, o seu namorado, e a Sra. Kim, que era a mãe que o garoto não havia tido. E tudo estava indo perfeitamente bem.

– Então, como foram os preparativos do baile? O Taehyung me contou que você é parte do comitê de eventos. – a Sra. Kim perguntou
– A decoração está linda demais... Todo o comitê é muito criativo e dedicado. Esse baile vai ser incrível.
– Vocês irão... Juntos?
– Infelizmente não. Desde quando começamos a namorar, decidimos esconder isso das pessoas do colégio, isso poderia prejudicar eu e o Kook.
– Sim, eu entendo.
– Sra. Kim, o que a senhora pensa disso?
– Olha meu anjo... Nós não escolhemos por quem nos apaixonamos. É uma coisa que acontece, e quando acontece, nada é capaz de impedir. Se o professor não der privilégios especiais, e nenhum for prejudicado, eu não vejo porque tentar impedir.
– Eu te disse que ela era a melhor pessoa do mundo. – Taehyung riu
– A senhora é muito sensata, Sra. Kim.
– O meu filho tem uma mente aberta, eu tive que aprender a ser assim. – ela riu
– Bom, eu preciso ir. – Jimin levantou-se
– Já?
– Eu preciso resolver algumas coisas.
– É algo sério?
– Não, amor. Não se preocupe, ok?
– Tudo bem, vá com cuidado.
– Te amo.
– Te amo.

Jimin saiu para resolver as suas pendências.

[...]

Jungkook estava terminando de se arrumar. Usava um terno branco, diferente das roupas que estava acostumado a vestir. Além do cabelo bem penteado e um perfume impecável. Estava ainda mais lindo do que era.

– Se você fosse solteiro, e não fosse o meu melhor amigo, provavelmente eu te pegava. – Taehyung riu
– Acho que posso dizer o mesmo. – Jungkook riu – Está bonito.
– Você também.
– Obrigado por me deixar ir com você e o Hoseok, é sério.
– Não há de quê. Eu sei que você não poderia ir com o Jimin e muito menos com qualquer outra pessoa que lhe convidou.
– Ser popular é meio estranho às vezes.
– Estranho é as garotas daquela escola acharem que você é hétero. Por favor, né.

Os dois riram.

– Eu não vou atrapalhar vocês dois, de qualquer maneira. – Jungkook disse
– Não tem problema, Jk. Até que vai ser divertido... Imagina se o pessoal pensar que faremos um ménage.
– Ew! Não, obrigado.
– Eu concordo. Mas é legal se divertir com a opinião alheia. – Taehyung sorriu – Vamos?

Jungkook assentiu.

Os dois saíram de casa e entraram no carro. Logo, pararam na casa de Hoseok, que logo saiu.

– Se eu não tenho os melhores acompanhantes do mundo. – Hoseok riu
– Isso é com certeza. – Taehyung deu um selinho no namorado
– Obrigado pelo favor, Hobi. – Jungkook sorriu
– Estamos aí pra isso.

Taehyung arrancou o carro. Os três conversaram durante todo o caminho, até chegarem. Por sorte, havia uma vaga bem perto para estacionar o carro.
Logo que entraram, atraíram os olhares de algumas pessoas. Muitos se perguntavam o motivo de Jungkook recusar ser o par para ir com Taeseok, outros só estavam admirando o visual dos três, e haviam os que sonhavam com uma interação. O trio ainda era muito popular, e muitos ainda ficavam receosos em se aproximar para conversar.

– Eu vou pegar uma bebida. – Jungkook disse

Pegou uma dose de soju e bebeu. Era o mais perto de álcool que chegaria, já que estava mais responsável em relação à bebida.
Enquanto esperava o líquido descer, admirava a decoração. Luzes roxas iluminando todo o ambiente, com outras luzes por cima que imitavam a neve. Havia mesmo ficado lindo.

– Atrapalho? – Jimin apareceu

Jungkook não conseguia encontrar as palavras. Jimin também vestia um terno branco, os seus cabelos estavam comportados e não estava com os seus óculos.

– Amor? – ele sussurrou
– Desculpe... Eu... É que... Você tá ainda mais lindo do que de costume. – Jungkook sorriu
– Você também. – os dois se encararam
– Eu vou dançar um pouco. Aproveitar que as músicas ainda são animadas. – ele riu
– Você foi uma das pessoas que deu vida a esse baile. Deve aproveitar.

Jungkook sorriu fraco e foi até Taehyung e Hoseok, que estavam na pista de dança. Os três começaram a dançar, e fazia um bom tempo desde que Jungkook não se divertia dessa forma. Apesar de estar lidando com as mudanças de uma forma positiva, Jeon ainda sentia. E estava vendo uma maneira de não descontar nas bebidas.

Jimin POV

Jungkook sempre teve uma beleza impecável. Mas hoje, estava ainda mais lindo. Ele parecia estar se divertindo, e isso não tem preço para mim. Havíamos feito um bom trabalho nesse baile, e eu estava orgulhoso da pessoa que o meu namorado estava se tornando.
Fiquei o encarando enquanto dançava com os amigos. Aquele sorriso era tudo o que eu precisava para ficar tranquilo. Jungkook é a minha calma, é tudo o que eu sempre precisei.
Conversei com alguns professores que passavam pelo local. Até mesmo trabalhei um pouco, já que havia combinado de revezar com um colega de trabalho. Ser professor também é fazer sacrifícios.
Mas o maior sacrifício era ficar longe de Jungkook em público. Era horrível.

.

Estava na hora de cumprir com o meu objetivo daquela noite. A surpresa que eu havia preparado para o amor da minha vida.

– Jeon? – eu me aproximei
– Professor Park? – ele respondeu
– Se não for pedir muito, poderia ir ali me ajudar com uma coisa?
– Claro. – ele sorriu fraco

Fomos até o lado de fora.

– Você confia em mim? – perguntei
– Sempre. – ele sorriu
– Quer sair daqui?
– Você vai estar lá?
– Sempre. – sorri
– Então eu quero. Deixa só eu ir avisar o Tae.

Não demorou para que ele voltasse. E logo estávamos indo.

– Seu apartamento? – ele sorriu
– Entre.

Deixei-o entrar na frente.

– No meu quarto.
– Jimin, o que você está fazendo? Eu...

Jungkook ficou quieto quando viu o que eu havia feito. Não consegui fazer uma decoração elaborada, mas lá estavam algumas lâmpadas azuis de led e uma neve falsa caindo do teto.

– Eu não consegui fazer algo muito elaborado, mas você disse que queria curtir o baile comigo. E eu...
– Isso é lindo. – ele sorriu – meu amor, isso é lindo demais.

Jeon pulou nos meus braços e me beijou. Estávamos esperando por esse beijo durante o dia todo.

– É muito melhor do que o baile do colégio.
– É?
– Sim, porque eu estou com você. Só com você. Aqui, nós não precisamos nos esconder. Somos Jimin do Jungkook, Jungkook do Jimin.
– Você é tudo que importa pra mim, Jungkook-ssi.
– Você é mesmo o amor da minha vida. – Jungkook sorriu

Nos beijamos novamente.

– Jeon Jungkook, poderia me dar à honra de uma dança? – estendi a mão
– Até duas. – Jeon correspondeu

Ele colou os nossos corpos. Coloquei para tocar a música Gravity, do Leo Stannard. Ele colocou as mãos em volta do meu pescoço, e eu coloquei em sua cintura. Começamos a acompanhar o ritmo da música, enquanto podia sentir a respiração de Jungkook perto de mim. E o cheirinho de bebê.

Life goes flashing by
A vida passa a piscar por
Lifts me off my feet
Me tira do chão
Broken wings don’t fly
Asas quebradas não voam
I can’t breathe
Não consigo respirar
You know that I need you
Você sabe que eu preciso de você
You smile and it pulls me through
Você sorri e me puxa
Spinning out of time
Girando fora do tempo
Falling far too deep
Caindo longe demais
You’re my perfect sky, sets me free
Você é meu céu perfeito, me liberta
You know that I need you
Você sabe que eu preciso de você
You smile and it pulls me through
Você sorri e me puxa
Whenever I feel far from home
Sempre que me sinto longe de casa
Facing the world on my on
Enfrentando o mundo sozinho
You are the calm in my storm
Você é a calma na minha tempestade
You’re the light
Você é a luz
You are the light that’s guiding me
Você é a luz que está me guiando
The only one I see
O único que vejo
The only one I need
O único que eu preciso
You’re my Gravity
Você é minha gravidade

.

– Eu poderia ficar assim com você pelo resto da minha vida. – Jungkook disse
– Nós vamos. – Jimin sorriu – um dia você será todo meu.
– Eu já sou, meu amor. Eu te pertenço desde o dia em que nós nos conhecemos, mesmo sem saber.

Os dois deitaram-se na cama, enquanto olhavam para o teto, que caía a neve falsa. Jungkook estava com a cabeça encostada no peito de Jimin, e suas mãos estavam entrelaçadas.

– Dorme comigo hoje? Sem malícia, nem nada. Eu só quero sentir o seu cheiro, o seu toque, eu só quero sentir você, Kook. – Jimin pediu
– Você acha que eu perderia a oportunidade de dormir e acordar ao seu lado? Jamais.
– Um dia isso vai ser rotina.
– É tudo o que eu mais quero. Jimin-ssi, você é tudo para mim. Olha, o que você fez hoje, foi especial demais. Na verdade, tudo o que você faz por mim é especial demais. Desde o primeiro momento, você sempre fez tudo por mim. Eu te amo por isso e por muitas outras razões. Eu te amo pela pessoa que você é, pela forma com que você age com os outros e comigo, eu te amo porque você é o ser humano mais cheio de luz que eu conheço, o seu coração é lindo.
– Ele é ainda mais lindo porque você está nele. Eu te amo Kook, demais. Olha só, quem diria que um dia estaríamos aqui... Você é tudo para mim, e eu sou a pessoa mais sortuda por ter te encontrado.

Jimin e Jungkook estavam cada dia mais apaixonados, e isso não era uma novidade. Aos poucos, se tornavam mais públicos – claro que tudo dependia do lugar e das pessoas que estariam ao redor – era divertido esconder, pois momentos como esse fazia todo o esforço valer a pena. Jeon sentia-se nas nuvens, e com razão. Jimin havia o dado forças. Havia enxergado luz nele.

O que é uma alma gêmea?

É como um melhor amigo, porém mais. É a única pessoa no mundo que te conhece melhor do que qualquer outro. Aquela pessoa que te torna uma pessoa melhor. Não, na verdade, não te faz uma pessoa melhor. Você se torna uma pessoa melhor por você, porque ela te inspira. Uma alma gêmea é uma pessoa que você carrega para sempre. É a pessoa que te conheceu, te aceitou e acreditou em você antes de qualquer outro ou quando ninguém acreditou. E não importa o que aconteça, você sempre irá o amar, e nada poderá mudar isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...