1. Spirit Fanfics >
  2. Dear Vampire. >
  3. A união de irmãos.

História Dear Vampire. - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Muito obrigada pelos favoritos.
Espero que gostem do capítulo de hoje.
Uma boa leitura .

Capítulo 3 - A união de irmãos.


_ Está sendo uma princesa muito rebelde ,Alteza Real. Porque quer tanto saber dos humanos. Sabia que eles mataram centenas de nós ?! -  A governanta questiona a curiosidade da princesa.


 

_ Também matamos milhares deles para nos alimentamos do sangue deles?! Estou pesquisando porque tenho interesse em saber muito mais além do que sei. Isso se chama curiosidade.-  A princesa Chantelle olha feio para a senhora.



 

_ Isso realmente não me importa. Nem quero saber a sua opinião a respeito dos mortais. Ainda não acredito que se recusa a beber o sangue de humanos. Optando por sangue de animais mortos. Isso não é digno de uma princesa.- A governanta ignorou solenemente a resposta da princesa , voltando com as críticas com o modo de vida da princesa.



 

_ Também estou muito cansada que me interrompa no meio dos meus estudos a respeito dos humanos. E me dizendo o que tenho que fazer com a minha vida imortal. E ainda o que fazem com o meu irmão mais velho é muita crueldade.- Chantelle rebateu as acusações da governanta, olhando - a com muito ódio.


 

_ Mais uma vez se comporta com rebeldia. Ah, como gostaria de trabalhar para a família real Rossi. Lá teria uma vida eterna com respeito. E não precisava ficar como uma babá de uma vampira tão mal - educada.- A governanta lamentou a sua falta de sorte.


 

_ Se gosta tanto da família real Rossi. Porque não pede demissão ao meu pai?! E espera a comitiva da rainha que vai trazer aquela chata da Lila Rossi para conhecer o meu irmão. E peça emprego?! - Chantelle dá uma solução óbvia para a governanta.



 

_ É uma boa idéia. Assim serei muito respeitada no meu empenho como governanta. Não terei que ficar te vigiando sempre.- A governanta apoiou a ideia da princesa.



 

_ Agora que estamos quites. Pode devolver o meu livro sobre os humanos,por favor?! - Chantelle pede educadamente.



 

_ Aqui está o seu precioso livro. Leia mais a respeito deles.-  A governanta devolve o livro de  péssima vontade.



 

_ Obrigada. Agora saia. E me deixe em paz.- Chantelle ordena a mulher ao pegar o livro de volta.



 


 

_ Com prazer . Essa vai ser a última vez que vai me ver - A governanta aceita a ordem de bom grado , saindo de perto da princesa.


 

_ Perfeito. Você é muito chata e muito mau educada . - Chantelle aproveita a chance de falar mal da governanta , voltando a sua atenção para o seu livro.


 


 

E depois disto. Chantelle estudou por mais um bom tempo o seu livro dos humanos, conhecendo vários costumes deles . E em seguida , fechou o seu livro e resolveu aguardar em seu devido lugar . Porque queria estudar mais a respeito das bruxas .


 

Depois que colocou o livro de volta na prateleira . Chantelle escolheu o livro referente as bruxas, o pegou , se encostou na prateleira , abriu em um único movimento e começou a ler o parágrafo a respeito da rainha das bruxas .


 

(..)


 

“ De acordo com a tradição das bruxas . A rainha é escolhida ao passar por um grande teste de magia . E também ela é avaliada pelo comitê das bruxas . As anciãs da clã decidem se a nova rainha é apta para exercer o cargo da rainha. Ao ser aprovada , a rainha bruxa escolhe os guardas que vão proteger ela a todo custo .’


 

‘’ A rainha além de ser mais forte das bruxas . Ela é quem cuida de tudo no reino . Basicamente ela é mais importante do que qualquer maga do reino. Apenas perdendo para as anciãs . Acaso a rainha traia os costumes e tradições do reino . Ela é banida para a floresta sombria , onde ela se perde para sempre ‘’ .


 


 

‘’ A rainha deve ser extremamente respeitada por qualquer líder de outro clã . Isso vale para humanos, fadas , vampiros e outros. Nunca fale mal da rainha . Porque ela tem o poder de dar qualquer maldição a quem a deixa furiosa . As maldições podem ser brandas ou até mesmo muito pesadas . Dependo do humor da rainha .


 


 

[…]


 

Chantelle ficou estática ao ler todo o parágrafo a respeito da rainha das magas . As suas teorias a respeito delas era verdadeiro . Mesmo não gostando muito do seu pai . Chantelle decidiu ao fechar o seu livro com o mesmo movimento , que ia avisar o seu pai . Goste ele ou não .


 

Ao devolver o livro de volta . A princesa além de ir avisar o pai a respeito das suas descobertas . Tinha uma outra missão. Muito mais urgente do que avisar o seu pai. A missão era em livrar o irmão mais velho, Cat Noir de um casamento arranjado com a princesa Rossi .


 

Rapidamente a princesa deixou a biblioteca real . Indo para o quarto do seu irmão para conversar com ele a respeito das suas descobertas . Torcendo para que não tenha nenhum guarda esteja vigiando as portas do quarto do seu irmão .


 


 

[… ]


 


 

Quando chegou no quarto do irmão que não demorou muito tempo. Ficou muito emburrada com o fato que tinha dois guardas nas portas do quarto do irmão, e como ela não era muito boba de desistir de uma missão muito importante e crucial . A princesa vampira sabia que tinha uma janela ao lado do quarto do irmão . E como não tinha guardas por lá . Ela poderia invadir o quarto do seu irmão . E rapidamente , a vampira executou o seu plano .


 


 

- No castelo de Hawmoth – No quarto de Cat Noir .


 


 

Depois de uma discussão bastante acalorada com o seu pai . O jovem príncipe vampiro depois que voltou para o seu quarto , ele começou a andar de lá para cá em seu dormitório , ainda muito nervoso ao se lembrar da discussão que teve anteriormente . Desejando em fugir do castelo mais do que nunca . Só que ele não tinha nenhum plano aparente .


 

_ Que droga . Não sou bom realmente em fazer planos . Gostaria que a minha irmã tivesse aqui . Ela é realmente muito boa mesmo . Faz um bom tempo que não a vejo … - disse Cat Noir muito irritado com a falta de sorte com os seus planos .


 


 

_ Olá, meu irmão. Há quanto tempo - Chantelle aparece de surpresa na janela do quarto , saltando para dentro do dormitório do seu irmão .


 


 

_ Chantelle . Que bom que veio . Soube o que vou me casar com uma princesa vampira mimada , por causa do nosso pai ?! E como entrou aqui ? - Cat Noir se esquece da sua raiva depressa , ficando feliz com a presença da irmã no quarto.


 


 

_ Entrei pela janela , meu irmão . Sei sim. Acho que o nosso pai passou dos limites realmente . Ele não pode marcar o seu casamento sem o consentimento da nossa mãe . E também ele vai se meter em uma grande encrenca se desrespeitar a rainha das bruxas . Li em um livro na biblioteca da nossa mãe . - Chantelle conta a respeito de uma descoberta dela .


 


 

_ Ah, o que acontece se desrespeitar a rainha das bruxas ? - Cat Noir pergunta pasmo para a irmã que olhou fixamente para ele .


 


 

_ Ah, coisas bem ruins . Ela pode lançar uma maldição no nosso pai . A maldição varia dependendo do humor da rainha . Podendo ser branda ou até muito perigosa. Gostaria de ser a embaixadora para falar com a rainha das bruxas. Só que ele não deixou . - Chantelle comenta para o irmão .


 

_ Ah, realmente o nosso pai passou dos limites . Gostaria de ir embora daqui . Não aguento ficar aqui . Sendo prisioneiro por algum crime que não cometi . Só que não tenho um bom plano . - Cat Noir volta a ficar enfurecido com o pai.


 


 

_ Deu sorte . Tenho um plano . Se der tudo certo . Iremos para o mundo dos mortais . Talvez levar o nosso irmão mais Plagg para lá . Juntei muito dinheiro para ficamos por um bom tempo lá . E ainda tenho a certeza que a nossa mãe está viva . Aposto que o nosso pai está mentindo a respeito do nosso pai - Chantelle se pronunciou para o irmão.


 


 

_ Estou disposto a te ajudar . Quando vamos começar ? - Cat Noir querendo executar o plano de sua irmã a todo custo.


 


 

_ Logo. Primeiro , vamos fingir que estamos aceitando as ordens do nosso pai. Assim ele vai se sentir confortável com o que está fazendo . E também conseguir me livrar daquela governanta – babá que não saia do meu pé . - Chantelle fica satisfeita com o seu livramento .


 


 

_ Ah, que bom. Ah, mais vou te conhecer a princesa Lila. Aposto que ela é uma princesa mimada e convencida . E aposto que a mãe dela ainda pior do que ela – Cat Noir lamenta a primeira parte do plano da irmã.


 


 

_ Me desculpe mesmo , irmão. Ainda o meu plano está em fase de construção . Preciso de mais tempo para elaborar . Um bom plano precisa ser bem elaborado e detalhista . Se for tudo as presas , não vai dar muito certo. Pode até falhar . - Chantelle fala honesta para o irmão.


 


 

_ Tudo bem. Confio em você, minha irmã . Te desejo muita sorte. Espero que o seu plano nos ajude - Cat Noir concorda com o argumento da irmã .


Notas Finais


me desculpe por algum erro.
uma boa leitura.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...