História Dear Wade - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Deadpool, Homem-Aranha
Personagens Peter Parker (Homem-Aranha), Wade Willson (Deadpool)
Tags Cartas, Spideypool
Visualizações 61
Palavras 419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Dear Peter


Wade olhava para a carta paralisado. Era isso mesmo? Peter lhe enviara uma carta? Ele queria uma carta sua? 

Ele estava feliz em saber que Peter seguira em frente, mas a verdade é que Wade não. Peter estava completamente enganado a seu respeito. 

Wade se lembrava claramente dos tempos que passaram juntos. E como lembrava! Afinal, como esquecer?

Ele ainda se recordava. Às vezes, ainda chorava por conta do término deles, mesmo tendo ocorrido há anos atrás.

A verdade, é que nem ele mesmo sabia o porquê de terem terminado. Mas se lembrava da dor do término. 

Dilacerante. 

Não houve gritos, portas se chocando violentamente contra o batente ou vozes implorando por mais uma chance. Foi apenas um adeus. Um adeus vinda de ambas as partes, apesar de nenhum dos dois saber o motivo. 

No momento em que disseram adeus, a ficha ainda não tinha caído para Wade. Mas quando caiu, foi como se uma estaca perfurasse seu peito. 

Lembrava-se de ter chorado dias a fio. De ter se perguntado do porquê. 

Mas pelo visto, nenhum dos dois sabia. 

Mas como colocaria aquilo em forma de carta? Como poderia algumas palavras, uma folha de papel e uma caneta expressar tantos desejos e sentimentos reprimidos? Wade se perguntava se Peter realmente se sentiu satisfeito, se realmente havia conseguido colocar tudo o que sentia e pensava naquela carta.

Em meio a devaneios e sentimentos conflituosos, ele pegou um papel e uma caneta, começando a escrever.

"Querido Peter, 

fiquei surpreso com sua carta. Nunca pensei que depois de tanto tempo entraria em contato comigo novamente.

Fico feliz que tenha seguido em frente... mas eu não segui.

Quanto a isso sua carta está errada, eu não superei nossa relação ou nosso término, -que infelizmente também não sei como ocorreu- não, eu não superei você.

Ainda me sinto completamente preso ao passado, preso a nós.

Sempre me pego pensando no seu cheiro, nas carícias que trocávamos, em como me acordava com  um cafuné e me abraçava logo de manhã.

Também me pergunto quando nossos planos de sermos uma família acabou.

Fico feliz que esteja bem, mas não posso dizer o mesmo.

Fico feliz que tenha seguido em frente, mesmo que eu não faça parte do seu futuro.

Não sei se já está com outro alguém, mas se estiver, espero que seja feliz com ele ou ela. Mesmo que eu não seja parte dessa felicidade.

Fiquei realmente feliz que tenha me mandado aquela carta, pensei que era você quem não se lembraria que já houve um 'nós', afinal eu nunca seria capaz de esquecer.

Aguardo sua resposta,

Com amor,

Wade wilson"











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...