1. Spirit Fanfics >
  2. Death and Blood - ARROW (ArrowVerse's Fanwork) >
  3. A visita

História Death and Blood - ARROW (ArrowVerse's Fanwork) - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - A visita


E assim chegaram ao destino, a cidade de Gotham – o lar do filho de Talia e do Cavaleiro das Trevas. Já com os herdeiros do demónio na parte exterior do jato que até lá os tinha levado. E assim foram até ao local de entrega dos seus pertences, pois iriam até passar algumas noites.

Rececionista: Hotel Belle Monico, em que posso lhes ser útil senhores?

Nyssa: Reserva em nome de Nyssa Raatko, o pré-pagamento já foi efetuado.

Foi então lhe dada a chave e ela e Oliver assim subiram.

Assim que entram no quarto que apenas apresentou uma cama de casal, ambos arregalaram os olhos internamente, no entanto algo que não desse para que o parceiro ao lado pudesse decifrar tal ação. Pousaram as suas malas e saíram pela janela com seus arcos e flechas, bem como as suas armas fornecidas pela Liga. Assim que viajam pelos prédios da cidade que pouco vê o sol a nascer, pousam num edifício em específico: Wayne Enterprises – a principal torre, e onde tudo acontece.

Nyssa: Não achas que o Oliver Queen deveria sair, novamente, das sombras?

Oliver ficou estupefato ao ouvir tais palavras vindas da banca de Nyssa, ele não esperava dela uma "opinião" dessas.

Oliver: Nyssa. Uau. Mas não. Iriam achar estranho, porque: "Novo desaparecimento e retorno de 5 anos, protagonista: Oliver J. Queen." – imaginou o arqueiro mais eficiente do mundo essa notícia.

A mulher de cabelo acastanhado riu para si mas, no entanto, apenas assentiu. Logo lhe cedeu um dispositivo que disponibilizava invisibilidade, necessário para esta missão. Aceite por Oliver e assim foram acionados os dispositivos e logo entraram nas Wayne Enterprises.

Oliver: Nyssa. Ficas pelos pisos de baixo, que eu fico nos mais cimeiros... o Wayne deve estar por lá.

Nyssa: Sem problemas, também vou desativar a rede de vigilância no edifício. Cuida-te, Queen!

Oliver logo apenas assentiu e desligou a comunicação, foi diretamente para o piso mais alto e com a sua invisibilidade nenhum dos alarmes foi ativado.

Assim que desceu para o chão e viu o escritório de Wayne vazio, acedeu ao laptop e de forma bem sucedida hackeou-o. E logo descobriu onde se encontrava Damian... a grande surpresa era que o seu pai tenha colocado um rastreador no próprio filho, mas não se questionou mais, enviou essas informações para Nyssa.

Saiu do escritório e entrou logo no quarto de hotel, qual era a sua surpresa vendo-o vazio... bem, nenhuma surpresa, mas o seu coração se acelerou o bastante quando ouviu batidas na porta, mas decidiu não recuar. Apenas abriu, suspirou de alívio por quem estava do outro lado.

Oliver: Merda. Nyssa, vá lá. Eu ainda estou de Al Sah-Him, imagina se era alguém do serviço de quartos, ou até o filantropo bilionário de Gotham: Bruce Wayne.

Logo virou as costas para vestir uma outra roupa, Nyssa apenas entrou para também se mudar. Ambos estavam de costas um para o outro.

Oliver já estava mudado, Nyssa por outro lado... precisava de ajuda para retirar a vestimenta de couro que ainda usava. O companheiro cedeu ao pedido da bela filha de Ra's, ele não a conseguia sequer ignorar. Muito menos um pedido destes, assim que o fez, apenas tinha vontade de retirar algo mais, e mesmo com movimentos sugestivos da mulher ele achou melhor não subir em demasia as confianças.

De regresso às vestes de Al Sah-Him, saiu pela janela do quarto para encontrar o neto de Ra's o mais depressa possível. Deixando assim Nyssa, num grande e merecido descanso.

A Mansão Wayne. Era o local onde o homem de capuz negro tinha chegado, o seu objetivo estava próximo. Recebeu uma gravação, o quanto inesperada.

???: Oliver Jonas Queen. Antigo Arrow, antigo vigilante de Star City. Encontra-me no local dos Wayne e conversaremos...

Chocado ao ouvir, mas logo pensou consigo mesmo, um encontro de atuais ou antigos homens de grandes negócios não seria uma má ideia, não de todo. E assim substituiu as suas roupas pelas vestes de civil, logo entrou na moradia aberta por Pennyworth, Alfred Pennyworth.

Alfred: O mestre Bruce o espera na caverna, ela encontra-se aberta perto da mesa de snooker. Estarei ao vosso dispor, sr. Queen.

Assim Oliver, assentiu e segui até à localização que o mordomo lhe tinha dado, desceu para essa tal de cave e encontrou o homem por debaixo do morcego humano. Bruce Wayne, pai de Damian al Ghul.

Bruce: Oliver Queen. Tão cedo?

O arqueiro apenas o olhou de forma medonha, querendo impor algum respeito.

Oliver: Wayne, não estou para um combate. Só quero ver o neto de Ra's, pelo menos o ver.

Assim lhe pediu, de forma honesta porque a verdade era essa... não era para o levar de volta a Nanda Parbat, mas sim para conhecer o miúdo.

Bruce só quis saber mais uma coisa antes de o direcionar a um certo ponto da caverna. Perguntou-lhe por Talia. Oliver viu mágoa no olhar do homem que durante a noite era o Batman.

Oliver: Ela não te forçou, fizeste-o por boa vontade. Tu amavas a Talia.

Bruce não se mexeu nem algo disse, só assentiu. Era verdade.

Bruce: Ok, Queen. Na porta da segunda à esquerda é onde está a criança.

Assentiu o arqueiro da Liga dos Assassinos mas olhou uma última vez para Bruce como quem dizia "Arrisca-te, valerá a pena." e assim o deixou em pensamentos, dá-lhe as costas e entra na tal porta. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...