História Death girl (menina da morte) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Assassina, Máscara, Sangue
Visualizações 11
Palavras 573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


boa leitura espero que gostem \(*-*)/

Capítulo 1 - Sangue sem suspeito


Fanfic / Fanfiction Death girl (menina da morte) - Capítulo 1 - Sangue sem suspeito

numa noite duas garotas foram cercadas por 10 homens com metralhadoras apontadas para baixo ,

uma das meninas tinha cabelo loiro e olhos pretos o nome dela era nany 

já a outra tinha celos ruivos e olhos verdes o nome dela era gi

um dos homens perguntou pegando no cabelo da gi

-oque duas lindas garotas como vocês estão fazendo aqui a essa hora? não sabem que pode ser perigoso?

-não se preocupem nos estamos indo embora .nany.

o homem me olhou deu uma risada maligna e disse 

-não,  vocês não vão embora

então todos os homens levantaram suas armas apontando-as para nany e gi eles estavam prestes a atirar quando de repente uma menina com cabelos soltos castanhos e cacheados usando uma calça preta e uma blusa branca usando um cinto com uma espada e algumas facas pequenas usando uma máscara que cobria do seu olho esquerdo até um pouco em baixo do olho direito pegou sua espada decapitando um dos homens 

quando os outros veem a cena todos os homens foram pra cima da menina e com um chute ela decapita trés homens então um homem a ataca por trás ela da um mortal para trás e enfia sua espada no coração dele e o empurra então um dos homens a derruba no chão e ela da um soco muito forte na barriga dele perfurando seu coração os outros homens atiram nela com as metralhadoras pelo menos tentam pois ela desvia de todos os tiros então ela joga suas facas na cabeça dos outros 4 homens fazendo com que eles sejam mortos o local estava coberto por sangue e aquela menina estava completamente cheia de sangue gi e nany olham para o rosto da menina mas como só dava para ver um dos olhos do rosto dela olharam para o olho dela com medo que ela fizesse algo para ferilas mas quando olharam no olho dela firam escuridão mas ao mesmo tempo viram luz viram bondade 

-você vai fazer algo com agente? .nany.

a menina não respondeu apenas olhou para elas com um olhar assustador 

-você matou todos sozinha .gi.

a menina continua sem responder nada mas um dos homens não avia morrido ele levantou muito ferido e tentou atacar a menina mas ela colocou sua espada para frente e quando ela correu em sua direção para ataca-la a espada entrou em seu peito a menina não demonstrava nem uma aflição não demonstrava medo não demonstrava tristeza não demonstrava alegria e principalmente não demontrava fraquezas o homem vendo que a menina não demonstrava nada falou suas últimas palavras

-você é um monstro

as meninas apavoradas por verem aquela cena aquele local completamente cheio de sangue olharam para a menina e disseram

-quem é você? .gi e nany ao mesmo tempo.

a menina olha para elas vira as costas faz parkour até chegar no telhado e vai embora as mennas imediatamente ligam para a pulicia e vão embora dali obviamente as meninas não esqueceram aquele momento

quando os policiais chegaram lá eles ficaram apavorados eles já estavam acostumados com sangue mas não com aquela cena os policiais ficaram muito tempo na cena do crime tentando descobrir como aquilo aconteceu mas a menina era tão cuidadosa que não deixava pistas dela e obvia mente ninguém iria acreditar em uma menina que consegue desviar de balas de uma arma indo em sua direção ninguém iria acreditar que alguém teria essa abilidade de luta 

 

                                                                                                      continua

 

 


Notas Finais


gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...