História Death note 2 : Kira's War - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Agents of S.H.I.E.L.D., Death Note, Death Note Another Note
Personagens Beyond Birthday, Beyond Birthday, L Lawliet, Light Yagami, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Nate "Near" River, Nick Fury, Personagens Originais, Ryuuku, Sayu Yagami, Shuichi Aizawa, Touta Matsuda, Watari
Tags Animes, Beyond Birthday, Crossovers, Death Note, Drama, Fbi, Kira, Lawliet, Life Note, Light, Marvel, Matsuda, Mihael Keel, Nate River, Near, Nick Fury, Otiniel, Ryuuk, Sayori, Tony Stark, Treta, Watari
Visualizações 78
Palavras 960
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa aí ta gente! Eu dei uma de doida esses dias e postei um capítulo nada haver com o que eu queria! (¬////¬°) prometo que isso não vai mais acontecer, afinal vocês merecem o melhor, então darei meu máximo para que eu e vocês fiquem satisfeitos! Okay bb's? 😎❤❤❤

Boa Leitura.

Capítulo 2 - És um Prodígio - Near (editado)


Fanfic / Fanfiction Death note 2 : Kira's War - Capítulo 2 - És um Prodígio - Near (editado)

 

Paz! Essa palavrinha pequena é uma das mais preciosas que existem, não acha? Essa palavra era a que predomina o meu mundo, a terra. Depois de tantos casos incríveis e supreendentes consegui conquistar a paz mundial, Desculpe não me apresentei né? Eu sou o Near o melhor detetive do mundo, sucessor de uma lenda chamada L. Nesse momento estou em Los Angeles, já faz um mês que não tenho notícias de uma investigação em especial. Não estou reclamando de modo algum! Porém eu me sinto estranho, embora eu resolva crimes facilmente, de algum modo isso ficou... Como posso dizer? Desinteresante! Ou seja perdeu o brilho, não me sinto como se tivesse fazendo algo grande.

 

Fiquei com isso em minha mente por uns dias, eu estava em minha casa alugada, no meu quarto cheio de brinquedos, deitado na cama fitando o teto (na verdade enquanto eu me apresentava eu já estava assim) de repente eu recebo uma ligação de um conhecido.

 

PIRIRIN PIRIRIN PIRIRIN...

 

Near: mochi, mochi?

 

- alô Near?

 

Near: Asher? O que foi?

 

Asher: Desculpe se estou te encomodando, mas poderia vir até o café? O mais rápido possível!

 

Near: ok, por que essa pressa toda? - indaguei confuso

 

Asher: depois eu lhe falarei, venha logo.*desliga*

 

Asher Upton é meu amigo, nos conhecemos no meu trabalho de detetive, ele é uma das pessoas em que eu mais confio, ele é da C.I.A. e embora seja descuidado tem tipo de Q.I alto.

 

Eu me arrumei apressado, coloquei minhas roupas típicas, uma calça folgada, e uma camisa de mesma cor,  além do meu casaco jeans. Fui a pé descalço. Chegando lá, Asher estava sentado na mesa perto da janela, ele olhava para fora meio contraído, cheguei sutilmente.

 

Near: e aí, Upton?

 

Asher: an? Ah Near, você chegou, sente-se.- ele desmancha sua face de antes e dá um sorriso.

 

Near:então, qual o motivo de você ne chamar?-.me sento

 

Asher sorri novamente com os olhos fechados e diz

 

Asher: ora, não posso tomar um café com meu amigo? 

 

Olho sério pra ele.

 

Asher: hehe, só pra descontrair, você sabe que resolvemos o crime daqui de Los Angeles né? Então,  eu vou me casar, e quero que você seja meu Padrinho.

 

(Nesse exato momento eu congelei.)

 

conversei com os caras e decidi fazer uma viajem de despedida de solteiro, você quer ir?

 

Fiquei de olhos um pouco arregalados, e um pouco nervoso, nunca me pediram tal coisa, então expliquei pra ele exatamente assim.

 

Near: d-desculpe, mas eu não me dou bem nessas coisas. Não sei se...

 

Asher ficou triste derrepente, coitado.

 

Near: mas não se preocupe, aceito ser seu padrinho. - *sorriso forçado*

 

Asher: obrigado Near, isso é muito importante pra mim. ( ele olha fixamente pra a sua aliança, se levanta) então até mais cara! Espero que você um dia também encontre a felicidade!

 

Ele vai embora

 

Ainda com a face perplexa, minha boca semi aberta, minha mente só vinha a imagem de sua aliança, seu sorriso e sua ultima frase: "espero que um dia encontre a felicidade!".

 

Near: felicidade...- digo pra mim

 

Eu sai da lanchonete, meio pensativo, com a mão nos bolsos, olhando o chão. O céu estava nublado, um ton cinza razoável, no entando estranhamente eu pensava em L. Não só L! Mello e Matt também. Todos se foram e só eu fiquei, faz tempo que eu não penso nisso, embora eu seja frio e não me demontro muito minhas emoções eu sinto saudade deles.

 

Perdido em meus pensamentos não percebi que uma limosine preta me seguia, eu apressei meus passos e ingnorei ela.

 

- Então você é o garoto prodígio?

 

Ouvi uma voz e parei, olho pra traz desconfiado, Um sujeito disse de dentro do carro.

 

Near: talvez, quem quer saber?

 

- eu.

 

ele abaixa mais o vidro,  mostra seu destintivo e abre a porta do carro.

 

- vamos conversar? 

 

Eu ainda estou desconfido mas convmcordo com a cabeça. Entrei no carro e pude ver o homem direito ele é negro, possui um tapa olho no lado esquerdo de seu rosto, ele está vestindo roupas pretas. Seriamente ele me encara.

 

-hum, você não é como eu pensava.

 

Near: como assim? Quem é você?

-

eu? Me chame de Nick Fury, sou Líder da agência secreta de espionagem Americana da S.H.I.E.L.D.

 

Near: é mesmo? Nunca ouvi falar. -falo friamente. 

 

Nick Fury: é por que é secreta.- ele responde 

 

Near: o que você quer?

 

Nick Fury: recebi uma mensagem da Interpol, para lhe avisar de um assunto extraordinário, no entanto conhecido, parece que no japão a taxa de mortalidade voltou a crescer.

 

Near: um novo Kira apareceu? Depois de tanto tempo?! 

 

Nick Fury: sabemos que você Que é o sucessor de L, e já foi membro da Wammy's House, e foi o único que resolveu o caso Kira. Então pode muito bem resolver esse. 

 

Near: claro que sim, mas nem tudo vai ser rosas, preciso investigar primeiro, talvez esse Kira não seja como o antigo!

 

Nick Fury: entendo, de qualquer forma garoto, você terá a ajuda necessária. Você trabalhará com um de meus agentes.

 

Near: o quê? Não é preciso de ajuda, trabalho sozinho! Além disso eu trabalharei com a policia japonesa.

 

Nick Fury:  também, mas duas cabeças pensam mais, vocês trabalharam juntos já está decidido.

A limusine para em frente de mimha casa.

 

Near: mas ...*interronpido*

 

Tlin Tlin tililin

 

Nick Fury:  só um segundo.*atende* alô? Ah sim... Aham, hum, ok até logo Stark. *desliga*

 

Near: como eu ia dizendo...

 

Nick Fury: já está descido garoto. - ele olha pro relógio, e depois pra mim. - eu tenho que ir, até a próxima.

 

Ele foi embora, eu entrei em casa rápido, a primeira coisa que eu fiz foi investigar só, procurei tudo sobre o assunto. 

 

" Quem seria meu parceiro? "

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


então gente é isso, gostaram? Ficou bom? Estão curiosos? Gostaram da participação da Marvel nessa fic? Lembrando que o foco é Death note okay?!

Música tema do capítulo:

Pompeii -

https://youtu.be/F90Cw4l-8NY


Até o próximo capítulo! 😝😜❤❤❤❤👑☀🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...