História Death note: rota T - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Death Note
Tags Death Note, Investigação, Kira, Mello, Near, Rem, Riuk, Shinigami
Visualizações 31
Palavras 1.698
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Uma bela bronca e uma possível aliança


~Saori

– COMO ASSIM ELA É A T? – eu gritei no comunicador cheia de raiva, você cresce com uma pessoa, cuida dela depois que seus pais morrerem, adia seu casamento para poder tomar conta dela até ela chegar na faculdade e em troca ela esconde um segredo desses!

– quando eu chegar em casa eu vou brigar tanto com ela e ela vai ficar de castigo até fazer 30 anos! – eu disse tremendo de raiva.

– Saori fica calma, ela é a T. Idai? o filho do delegado Yagami é o Kira e ninguém ta surtando.– disse Oroka segurando meu ombro.

– você não tem nenhuma evidência de que ele é o kira.– eu disse para meu irmão gêmeo.

– ele é o kira...– disse Oroka dando e ombros e dando um gole em seu café.

– detetive hamada, você não precisa ficar brava com sua irmã, ela fez o certo falando para as pessoas o quão mal é kira.– disse matsuda sorrindo para mim.

– Matsuda, ela vazou informações importantes.– Eu disse nervosa.

– Kira já sabia.– disse oroka frio como sempre.

– A população não precisava saber que kira tem envolvimento com a polícia, só gerou mais pânico.– eu disse enquanto quebrava um lápis.

– nós não deveriamos escolher o que a população sabe ou não, isso é uma forma de sensura e se nós não tivermos alguém falando por nós, a imprensa logo vai começar a endeusar kira. Sua irmã vai ser útil para manter pessoas do nosso lado senhorita Saori.– disse watari me oferecendo uma chicara de chá.

– vocês podem ir pra casa falar com sua irmã, mas eu quero que amanhã vocês a tragam aqui depois da escola, eu tenho que falar com ela.– disse L.

– Okay.– dissemos eu e Oroka em uníssono.

Tochyko~~

Não demorou para Oroka e Saori chegarem em casa, eu rapidamente me joguei em minha cama e comecei a fingir que dormia na esperança de que eles não falassem nada.

– TOCHYKO HAMADA EU VOU CONTAR ATÉ TRÊS PARA VOCÊ DESCER AQUI.– ouvi Saori gritando da sala.

Desci as escadas lentamente fingindo inocência e me sentei no sofá na frente deles.

– o que foi Onechan?– perguntei com falsa calma.

– Então quer dizer que você tem vazado informações da polícia para a população?– perguntou Oroka, seus olhos estavam tão inesprecivos como o resto do rosto.

– não sei do que você ta falando.

– Tochyko...– ele olhou para mim sério

– Oroka...– o imitei brincando– eu realmente não sei do que você está falando.

– Nós sabemos que você é a T.– disse Saori enquanto abria uma garrafa de saquê.

– Eu não sei do que você está falando– eu disse olhando para ela, que me encarou.

Então Oroka foi até o meu quarto ligando meu computador e entrando nos meus arquivos, dando de cara com vários artigos anti kira.

– O que você dizia?– disse ele olhando para mim.

– admito que fui bem descuidada.– eu disse olhando para ele.

– amanhã vamos ter que te levar pro trabalho, L quer falar com você.– disse Saori antes de dar um gole na bebida.

– O que ele quer comigo?– perguntei nervosa.

– nós não sabemos.– responderam os gêmeos respirando fundo.

(...)

Acordei no mesmo horário de sempre, logo me arrumando para a escola. Vesti meu uniforme constituido por uma saia bege, blusa social branca, gravata bege e sapato formal, prendi meus cabelos no mesmo coque bagunçado de sempre e chequei minhas lições de casa para ver se estava tudo nos conformes, logo depois descendo para a cozinha onde Saori e oroka tomavam café da manhã com Yumi.

– Por que vocês estavam gritando ontem a noite?– perguntou yumi que tomava seu achocolatado.

– porque a Tochyko fez algo que não devia.– disse oroka entre dois goles de café.

– e não esquece do que você tem depois da aula.– avisou Saori, mas eu me lembrava muito bem que teria que conhecer L hoje, e ele provavelmente ia pedir para eu largar meu site, e eu claramente ia dar um bolo nele.

– Okay.– eu disse bebendo todo meu chocolate quente de uma vez e indo para a escola, no caminho me encontrando com light.

– você ta brava comigo ainda?– perguntou ele olhando para mim.

– não, você ta livre depois da escola? Eu queria passar numa cafeteira pra estudar pro exame de semana que vem.– eu disse desfarçadamente escondendo minha verdadeira intenção de não ir para casa.

– Bom... Eu acho que tenho que... Alimentar meu peixe nesse orário, não vai dar, me desculpe.– disse Light desfarçando, ele é um excelente mentiroso para todos no mundo, menos é claro,para mim, eu sou formada e tenho phd em light Yagami.

– Você não tem um peixe light.– eu disse olhando para ele desconfiada. – tenho a impressão de que você está me evitando.

– de onde você tirou isso? Por que eu te evitaria?– ele disse revirando os olhos.– você ta meio paranóica, daqui a pouco vai achar que eu sou o Kira.

– e você é?

– Claro, e você claramente é a T. E é por isso que colocaram câmera nas nossas casas.– ele disse sarcástico revirando os olhos, mal sabe ele que parte do que ele disse é verdade, embora eu possa ver light como Kira.

– você também notou?

– Claro, mas eles não sabem que eu sei, então bico fechado.

– já contei algum segredo seu para alguém?– perguntei erguendo uma sobrancelha.

– nunca, mas é melhor previnir do que remediar.– ele disse quando estavamos chegando na escola.

– Eu sou sua melhor amiga Light, pode contar tudo para mim, eu esconderia um cadáver por você.– eu disse querendo fazer ele me contar o que escondia, ultimamente light tem mentido muito para mim, e dado desculpas bobas para não estar comigo. Uns dias atrás eu fiquei sabendo que ele saiu com a yuri da minha sala a aproximadamente duas semanas, mas nesse mesmo dia ele tinha recusado ir comigo no cinema assistir senhor dos anéis, ele sempre vai comigo em qualquer bobagem que eu invento, mas ele anda distante, eu não me surpreenderia se ele aparecesse namorando.

– Você parece estar me escondendo algo Tochyko.

– eu digo o mesmo sobre você light.

(...)

– então, você foi ver aquele filme semana passada?– perguntou light dando um gole em seu milk shake.

– Sim, eu levei a Yumi e ela dormiu nos primeiros 30 minutos, mas eu não posso a culpar, ela só tem 5 anos.

– Sinto muito por ter te dado um bolo, é que você sabe né.. estamos no fim do ensino médio e eu não posso ficar grudado em você o tempo todo, você sabe disso não é? Eu tenho que começar a conhecer novas garotas – ele disse casualmente, oque me deixou ofendida.

– conhecer outras garotas light? Assim você me ofende, sempre achei que eu fosse sua melhor amiga hétero.– eu disse zombando de sua cara.

— Hilário Tochyko, eu pensei que eu fosse seu melhor amigo gay mas você tem me trocado pelo Haku, daqui a pouco você me aparece com um namorado aliás, você anda distante.

— eu ando distante? Você anda distante! Eu tive que ganhar de você no joquempo três vezes pra você topar vir aqui.

— é porque eu... Tenho uma namorada, e ela vai ficar morrendo de ciúmes se me ver andando com você.– ele disse nervoso.

– E quando você vai me apresentar a pobre coitada? — perguntei dando um gole no meu milk shake.

– Quando eu achar que é a hora certa, mas sério eu tenho um compromisso agora, então é melhor eu ir embora.– ele disse pagando a conta e indo embora, merda, eu tenho que arranjar algo para fazer até as seis da tarde, ai ja teria passado muito do horário combinado e eu poderia mentir que me esqueci.

Sai da lanchonete com meus materiais escolares e fui em direção a biblioteca sendo seguida por uma limosine preta.

– Senhorita Hamada é melhor você entrar.– disse um jovem dentro da limosine, ele tinha cabelos pretos rebeldes e pele bem pálida assim como a minha, e seus olhos cinzentos eram contornados por olheiras profundas de quem não dorme a dias.

– Quem é você?— perguntei já suspeitando da identidade do garoto.

— nós dois sabemos quem eu sou, e eu já sabia que você ia me dar um bolo, então que tal entrar no carro?

– Okay.– reclamei entrando na merda do carro, um senhor de idade deu partida e pela janela eu pude ver light que observava a cena curioso.

– Você deve estar se perguntando porque eu te chamei aqui hoje...– ele dizia mas eu o interrompi.

– não, eu não vou tirar o meu site do ar.– eu disse curta e grossa cruzando meus braços.

— quem te disse que eu ia te pedir para tirar o site do ar, eu quero que você continue com ele, vai ser útil uma pessoa alertando os outros da maldade de Kira e agindo como um tipo de acessora de imprensa.— ele disse olhando para mim, seus olhos eram bem profundos.

— Eu não acho que daria certo eu puxando o saco da polícia, minha função é apontar erros e cobrar acertos, é nisso que eu sou boa.

— ninguém está pedindo para você apontar o óbvio,de que eu sou incrível e não erro, eu estou pedindo para você continuar fazendo seu trabalho colocando as pessoas contra kira. Não vai ser muito difícil para você, sem contar que a sua ajuda no caso seria útil agora que sabemos que você é uma aliada.

— O que eu ganho com isso?— perguntei séria, eu não trabalharia arriscando minha vida em troca de nada.

— a honra de trabalhar comigo, não leva um processo por roubar dados da polícia e colabora na prisão de kira.

– Negócio fechado.— disse estendendo minha mão para ele, que apertou.

— E você vai ter que dar um jeito de me aproximar de Light, eu tenho fortes suspeitas de que ele seja Kira.

— Não vai ser difícil... E muito provavelmente ele é o Kira, eu conheço o light é ele é 100% o Kira, os pais dele e as outras pessoas do mundo achariam que ele não é o kira mas eu sou melhor amiga dele, e posso afirmar que ele é 200% o Kira. — eu disse fazendo ele rir levemente.


Notas Finais


Então, o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...