História Decisão - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 3
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Decisão - Capítulo 11 - Capítulo 11

Eu acordei, com uma péssima de uma dor de cabeça infernal, a minha visão estava embassada pois tinha acabado de acordar, e percebo que aquele não era meu quarto e que do meu lado estava dormindo como um anjo Yoongi e na outra cama Hoseok. Mas não foi tão calma assim minha reação...

-O QUE É ISSO?! VOCÊ ME ESTUPROU!

Yoongi acorda de uma vez e me vê completamente assustada e transtornada, se senta na cama e agarra meus braços.

Yoongi: -Calma (s/n), eu não fiz nada.

-NÃO ESPERAVA ISSO DE VOCÊ! SE APROVEITOU DE MIM ENQUANTO EU ESTAVA BÊBADA!

Yoongi: -(S/N) DEIXA EXPLICAR PORRA!

-ENTÃO EXPLICA PORRA!

Yoongi: -Você tava bêbada e não encontrei ninguém na balada que tivesse vindo com você, eu te levei pro seu apartamento mas a porta estava trancada e ninguém atendeu, a única solução era te trazer pra cá e não te colocaria em um quarto sozinha porque seu desespero seria maior que esse.

-Você tem certeza que só fez isso né?

Yoongi: -Tenho, eu nunca faria isso!

-Vou acreditar, mas aí de você se eu descobrir alguma coisa.

Yoongi: -Pode acreditar, foi só isso.

-Que horas são?

Yoongi pega o celular para verificar que horas são e depois o coloca em cima do criado mudo de onde tinha tirado.

Yoongi: -13:32

-MEU DEUS EU PRECISO IR PRA CASA AGORA! AS MENINAS DEVEM ESTAR LOUCAS, menos So Young é claro que deve estar "Uhuuuu ela morreu".

Rimos da minha imitação e Yoongi pergunta.

Yoongi: -Por que ela diria isso?

-Porque ela está com raiva de mim.

Yoongi: -Por que?

-Porque ela ama o Jungkook e no dia que a gente brincou de verdade ou desafio ao acabar ele me beijou e disse que me amava e ela viu. Eu pedi desculpas à ela mas ela não aceitou, agora o problema já não é mais meu.

Ao falar aqui o rosto de Yoongi se anuviou e pareceu sombrio, o que até então nunca tinha visto Yoongi assim.

Yoongi: -Ele te beijou?

-Sim.

Yoongi pareceu mais zangado ainda.

-Yoongi não me diga que você está com raiva, que eu saiba não estamos namorando para você ter algum poder sobre mim para dizer quem eu devo ou não beijar.

Yoongi: -Eu não estou com raiva, está tudo bem.

-Não é o que seu rosto diz.

O mesmo dá um sorriso falso, mas eu não correspondo ao sorriso.

-Você está com raiva, você está com ciúme?

Yoongi: -Não.

-Aaah está sim. Você me ama que eu sei.

Yoongi: -Para (s/n), eu não estou com ciúme e ponto final.

-Tá bom então senhor. Agora eu tenho que ir como eu havia dito.

Me levanto e percebo que ainda estou meio zonza, me impressiono com o fato de eu ter tido uma conversa com alguém mesmo estando com algum álcool ainda em meu corpo, por pouco que seja, dou uma cambaleada para trás e Yoongi parece perceber que eu ainda não estou bem por completo com isso ouço uma risada nasal dele.

Yoongi: -Você ainda não está bem, deixa eu te ajudar. - fala em um tom risonho e coloca meu braço esquerdo por cima de seu pescoço e me leva até a porta de saída/entrada. Hoseok deve ter acordado com todo aquele meu escandâlo no início mas não falou nada, espero que não tenha ouvido nada, o que é bem improvável.

-Acho que já consigo, pode me soltar. - falo tirando meu braço de cima de seu pescoço e me afastando do seu braço que estava em minha cintura.

-Só não te dou um beijo porque eu devo ainda estar exalando álcool pelo meu corpo todo, mas eu fico te devendo.

O mesmo sorri e acena se despedindo e eu aceno em resposta.

  Ao chegar em casa, bom...

Myung Hee: -ONDE VOCÊ ESTAVA SUA VADIA BARATA DESAPARECEU DURANTE TODO ESSE TEMPO!

Won Hee: -ELA DEVE TER PASSADO A NOITE COM ALGUÉM TRANSANDO E A GENTE AQUI PREOCUPADA COM ELA, OLHA A CARA DE DESPREOCUPADA DELA!

Youra: -AINDA DEVE ESTAR BÊBADA, DEPOIS QUE PERDI ELA DE VISTA ONTEM DEVE TER BEBIDO ATÉ A ÁGUA DA PRIVADA DOS BANHEIROS!

Jin Kyong: -VOCÊ NÃO TEM IDÉIA DE QUANTO TEMPO FICAMOS ACORDADAS TE ESPERANDO DEPOIS QUE YOURA CHEGOU!

-CALEM A BOCA! Eu estou bem, estava bem, não aconteceu nada! Yoongi me levou para lá porque aqui estava trancado e ninguém atendeu, eu estava desacordada vocês queriam que eu ligasse como?!

Youra: Ele deveria ter mandado uma mensagem pelo menos!

-Isso você resolvem com ele agora eu vou tomar um banho, escovar meus dentes e comer alguma coisa e dormir, e ninguém mais me perturbe!

 E foi o que eu fiz, subi para o quarto tomei um banho escovei os dentes, vesti um vestido, (uma raridade) desci, fiz uma lasanha congelada, comi, voltei para o quarto e dormi. Acordei no dia seguinte nem mesmo sabia qual dia do mês era e tive que me informar pelo celular. Já era dia 22 de dezembro, ou seja, minha viagem ao Brasil seria amanhã e nem passagem eu havia comprado. Liguei para a minha mãe desesperada e a mesma estava calma como sempre.

                              ~Ligação on~

-OMMA!

Omma: -Oi filha.

-EU AINDA NÃO COMPREI PASSAGEM!

Ouço do outro lado da linha uma risada nasal e ela responde calmamente.

Omma: -Seu pai tem um jatinho particular aí, o piloto pode te levar, mas se você quiser ir de avião mesmo...

-Aah, ufa, obrigada mãe. Mas onde se encontra isso?

Omma: -Pegue um papel e uma caneta e anote o emdereço.

-Vou anotar no bloco de notas do meu celular mesmo...pode falar.

                              ~Ligação off~

  Ela disse o endereço, salvei nas notas e me despedi. Eu tinha que arrumar as malas e avisar as meninas, e aos meninos. Arrumei minhas malas, que resultaram em 4 malas, eu não sou patricinha nem alguma coisa do tipo mas uso muitas coisas sempre, e tinha que tê-las onde quer que eu fosse.

 

  Desci as escadas e lá só estavam So Young, Myung He e Youra.

-Onde estão Jin Kyong e Won Hee?

Youra: -No quarto delas arrumando as malas.

-Para quê?

Youra: -Vão passar o natal no Brasil.

-Eu também.

Youra: -Aah não (s/n), você também, aí fica sem graça!

Ri de seu comentário e afirmo:

-Também te amo!

E formo um coração com o indicador e o polegar, a mesma ri e retribui o coração. Vou atéo quarto das duas irmãs da casa entro sem mesmo e as duas tiram a atenção das coisas que arrumavam e voltam a atenção para mim.

-Já compraram suas passagens? - vou direto ao assunto.

Jin Kyong: -Ainda não.

-Boas notícias, não precisa mais, você vão comigo.

Won Hee: -Vai pagar pra gente? Porque se for não precisa por... - a interrompo.

-Vão em um jatinho particular do meu pai, é uma ótima idéia, não queria ir sozinha.


Notas Finais


Desculpa qualquer erro💙
Bj♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...