1. Spirit Fanfics >
  2. Decisões de uma adolescente 2 >
  3. Confusão na certa

História Decisões de uma adolescente 2 - Capítulo 121


Escrita por: ninapns

Notas do Autor


Como sempre sou péssima com títulos.
Espero que gostem s2

Capítulo 121 - Confusão na certa


O coração de Heitor estava com tanta saudades que é não aguentaria esperar até mais tarde para ver sua menina. 

O homem teve que voltar ali para resolver o problema da empresa, era coisa de um dia apenas, porém a primeira coisa que faria era dar um cheiro na sua filhota. O restante da família havia ficado lá até o seu retorno. Mas de verdade ele não via a hora dessa cama de gato acabar e eles poderem voltar para ali. 

Levi abriu a porta ainda sonolento.

- desculpe se o acordei.

- não, foi uma madrugada agitada, mas já estava acordando mesmo. 

- agitada ? Algum problema com Alice ? - Heitor logo se preocupou.

- não,não leve para esse lado- ele sorriu. - Miguel está em um salto de desenvolvimento e resolveu trocar o dia pela noite. Vou preparar um café, logo todos já estão acordando.

Mal fechou a boca e Mathias desceu bocejando e cumprimentando Heitor.  Atrás Richard esfregando os olhos com fundos levemente vermelhos e com olheiras, trazendo seu pequeno filho que parecia ter dormido uma noite completa e com as energias recarregadas.

Milena e monique também com cara de poucos amigos.

- Heitor, sinta-se em casa. Sabe onde é o quarto de Alice.

- ela não estava dormindo com a gente - Monique comunicou e parece que Mathias tinha realmente despertado.

- como não? Você buscou eles não? - direcionou a pergunta a Levi 

- sim, claro. 

- deve estar no quarto de Maria, ela sempre dá um jeito de dormir em algum lugar com alguém- Richard concluiu deixando o clima mais tranquilo.- pode subir Heitor, é o terceiro a esquerda. Depois do banheiro. 

Heitor subiu as escadas e não sabia recordar se era a direita ou a esquerda. Não importa, assim que abriu viu dois pares de pés ainda calçados jogados na cama.

O sangue do homem borbulhou dentro do peito. Como assim sua menina estava na cama com aquele muleke !?

- oooo Richard, da um pulo aqui e me explica uma coisa. - o grito ecoou pela casa fazendo os dois adolescentes acordarem assustados. 

A família inteira já estava na porta. 

- que minha filha tá fazendo na cama com esse moleque- ele pediu explicações em um tom bem rude.

- primeiramente é nossa filha Heitor.

- ele não é um muleke - Mathias defendeu. 

Heitor puxou o ar e viu que tinha exagerado na maneira de se expressar.

- desculpe se me exalte, mas que pai que gostaria de encontrar a filha dormindo com um rapaz sendo que na minha cabeça eu deixei ela em plena segurança aqui ? 

Aquele tinha sido um baita argumento.

-eu compreendo e quero explicações também- Richard cruzou os braços e Mathias se aproximou ainda mais dos dois adolescentes.

- pai, por favor, só pegamos no sono ! Só isso. - Alice respondeu 

- mas Alice, por que diabos tá enfiada nesse quarto ? Você não tem o seu ? Por que não foi pra lá depois da festa ? 

- o dindo tava brigando com minhas irmãs lá, não queria incomodar, aí vim aqui conversar sobre a festa com joey e acabou que pegamos no sono. Só isso. Precisa dessa tempestade ? - falou se levantando.

- desculpem, mas foi exatamente isso. A gente so dormiu na mesma cama, não dormimos juntos - ele falou mas recebeu um olhar fuzilador de Heitor.

- se tivessem dormido juntos eu arrancaria seu pinto. Presta atenção, não chega perto da Alice. Okay ? 

Joseph balançou a cabeça em um sim rapidamente. 

- ele sabe que não pode Heitor, é meu filho, Alice é quase linha filha, não teria lógica e eles se odeiam.

- ei, não é bem assim - Joseph falou recebendo novamente o olhar de Heitor.

- esse cara só pode ser suicída- Heitor falou indiguinado. 

- o que não é bem assim Joseph? - Richard perguntou.

- nada, eu me confundi. Desculpa - Joseph decidiu não piorar as coisas.

- aí, já começa cedo nessa confusão, desanima até de levantar - Alice falou se jogando novamente na cama.

- levanta já dai Alice, anda- Heitor a puxou levando pra fora daquele quarto.

Logicamente Mathias tinha sacado algo mas não queria acreditar, na verdade ele não tinha provas, talvez realmente não acreditasse que era possível. Franziu a sombrancelha olhando fixamente pro seu filho mais novo.

- tudo bem Mathias? - o garoto perguntou. Era engraçado como ele sabia chama-lo de pai a todos que estavam ao redor mais diretamente a ele não conseguia. Ele era seu pai, completo, mas chama-lo de Mathias era mais confortável.

- conversamos mais tarde, okay ? 

- aaahh Mathias qual foi? Ela só dormiu aqui por puro cansaço, não aconteceu nada. 

- vou garantir que não aconteça Joseph. Só vamos conversar. Relaxa, não precisa ficar nervoso





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...