História Decisões (In)controláveis - Poliana. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags As Aventuras De Poliana, Poliana X Luísa, Poluisa
Visualizações 85
Palavras 608
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Yee! Estamos aqui com o capítulo dois! Enfim, Queria dizer que quem deu a ideia da Fanfic foi a @LinnykerBonnie!
Sério, sem ela nem teria conhecido essa novela <3
Sigam ela para mais capítulos! —

Capítulo 2 - Capítulo dois


Fanfic / Fanfiction Decisões (In)controláveis - Poliana. - Capítulo 2 - Capítulo dois


T-Tia? — Murmurou a garota ainda com receio de não ser atendida ou até ser expulsa. Olhando fixamente para à porta olhou para trás e logo viu que o Jardineiro já havia partido e assim pensou consigo;

Eu acho que ela não vai me atender. — Suspirou ela perdendo as esperanças. Afinal, Sua tia, A pessoa mais fria da casa iria se importar com a opinião da pequena? Isso já era quase um milagre de se pensar.

Logo em seguida quase se virar, Ouviu um suspiro e um "Snif" vindo do quarto. A mesma gelou e resolveu à chamar novamente.

Tia por favor me conta o que houve! Eu te fiz algo? — Ela falou tentando abrir à porta até que a mesma se abre com facilidade. Estranhando à porta se abrir bateu de cara com a tia que estava com olhos e nariz vermelho.

Tia?! — Ela falou abraçando.

Poliana.. . Você.. . Se importa de entrar? — Ela falou ainda abraçando à garota que olhou um pouco confusa e assustada. Concordou com a cabeça e apenas sentou ao lado da mesma que se abriu em lágrimas

Me desculpe por agir daquele jeito, Eu perdi a cabeça. Mas eu irei fazer algo para recompensar e a gente v- — Luísa fazia gestos com as mãos e olhava aos lados como se estivesse tímida.

Tia. Não precisa se desculpar, de qualquer modo eu sei que você não gosta de ser muito carinhosa e eu sem querer forcei isso em você. — Ela segurou as mãos da tia olhando como se uma bigorna estivesse caindo em suas costas.

N-Não, de jeito algum. Eu agi assim por infantilidade. — Completou Luísa com seus olhos quase se fechando.

Mas tia Luísa e-eu! — A garota mal-falou e logo em seguida viu a mesma à abraçar. — Me desculpe. — Exclamou a tia.

Olha, Venha aqui mais tarde e eu lhe trarei uma surpresa. — A sobrinha ouviu e logo sorriu assim beijando a cabeça da mesma que sorriu e a abraçou mais forte.

Então tchau tia Luísa! — Levantou ela caminhando alegremente balançando as mãos assim deixando a de olhos azuis pensativa sobre o que sentia.

Correndo para a cozinha encontrou os dois funcionários rindo como o de costume.

Oh, Poliana.. . O que deu sobre sua tia? — O Jardineiro perguntou olhando à pequena que abriu um sorrisão. 

Ela tá bem.. . — A garota disse e levou olhares de eespanto.

Tem certeza? Pelo o que o Antônio me contou ela não está bem. — A cozinheira disse olhando preocupada e inquieta.

Mas.. . Eu confesso que eu senti alguma estranha dentro de mim enquanto abraçava minha tia Luísa. — Ela olhou confuso sentindo um sorriso aparecer em sua face. Os dois se encararam com um certo 'medo'.

O que exatamente? — Perguntou Nancy. 

Eu senti.. . A Panela! — Ela olhou assustada.

Oque? Que sentimento estranho em Poliana! — Riu a funcionária que sem querer olhou ao fogão e viu a água da panela ferver à ponto de transbordar.

Ai meu deus! Vai lá chamar a sua tia! Diga que o jantar está pronto! — Ela disse preocupada desligando a panela.

Mas e a panela? — a pequena perguntou assustada.

Deixa isso comigo! — Sorriu ela com um tom preocupado. A mesma ignorou e correu à o escritório. 

Tia o jantar está pronto! — Disse a garota sorrindo. A tia veio e apenas segurou a mão da mesma e foram jantar. Após minutos as duas acabaram e Poliana enquanto iria levantar ouviu a outra dizer;

Poliana, Fique aqui. Irei lhe dar sua surpresa. — Ela encarou sorrindo.1





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...