História Declined - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Where it all began


Eu não era de ter muitos amigos dentro daquele colégio imundo; Onde só havia homofobia e olhos totalmente tortos pra alguém que não era "padrão", eu apenas era alguém vivendo no meio daquilo tudo; Todos tem suas diferenças e problemas; Bom o meu?? Meu pai um alcoólatra doentil e minha mãe me esqueceu na infância, minha tia me acolheu dentro de sua casa quando eu tinha apenas meus 10 anos; supostamente em uma época onde eu me " assumi" minha mãe não aceitou minhas diferenças e me discartou, como eu disse "todos tem suas diferenças"; Tinha apenas 7 anos quando perdi minha total inocência por um monstro que ainda vive no meio da familia, ele me machucou, assim como na alma e no corpo.

Havia 2 colégios perto da minha e em uma delas tinha uma garota que mexia muito comigo; não mexer de assediar, mas mexia com alguma coisa dentro de mim; Todos os dias o via indo para o posto logo do lado do meu colégio e me dava de cara com ela, quantas vezes que eu ja não me peguei [email protected] olhando para aquela beleza espontânea dela.

Indo para o colégio em uma noite escura e fria, me deparo com um gato preto, parecia perdido; Miando suavemente começou a passar o corpo na minha perna; vi algo brilhar em seu pescoço, havia uma coleira vermelha com um pingente com o número da casa e a rua; segurei o gato e logo fui atrás da casa

Atravessei várias ruas até chegar no destino; uma casa de dois andares e um portão enorme preto.

- OOOOOH DE CASA - ficando na ponta dos pés para dar impulso na voz.

A porta se abre e sai uma moça de shorts jeans e uma blusa rosa de veludo, cabelos curtos, mas com um tom feminino, me olha com um olhar feliz e aliviada

- você achou o meu gato!! Muito obrigada - me olhou levantando a sobrancelha e abraçando seu gato - você não é o garoto que estuda no colégio do lado?? -

Soltei um sorriso meio torto - Eu sou uma garota *risos* - (Tudo bem me confundir com um garoto, eu não me importo em me chamar de "ele")

Regalou os olhos, abaixou a cabeça e me pediu desculpas várias vezes, eu pedi para ela parar e expliquei a ela que não precisava se preocupar; eu me senti melhor em ela estar me chamando de "ele"; E em meio a todo aquele clima, ela me chama para entrar em sua casa e conhecer seus pais, uma mãe meiga e carinhosa e o pai,que não cheguei a ver muitas vezes pois estava fazendo seu trabalho, me atenderam com o maior carinho do mundo, ela pediu para subir e ver seu quarto.

Subindo as escadas com uma dúvida imensa, eu estava na casa de alguém que mal sei o nome 

- Ei, sei que seria tarde demais, maas, qual o seu nome?? - engoli seco logo em seguida 

- Nossa, me desculpe, te convido para entrar, Sabe até os nomes dos meus pais e não sabe o meu - em um tom irônico ela da uma risadinha - Meu nome é 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...