1. Spirit Fanfics >
  2. Deep Feelings >
  3. Quebra de monotonia

História Deep Feelings - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Quebra de monotonia


Fanfic / Fanfiction Deep Feelings - Capítulo 1 - Quebra de monotonia

Era uma manhã fria e o tempo estava bem agitado, levanto de minha cama e suspiro com um tom sonolento em minha voz, tudo o que eu queria era poder ficar em minha cama mas tinha que ir até a faculdade, afinal de contas é meu último ano e deveria me dedicar. Ao me levantar vou até o banheiro pra tomar um banho rápido, escovo meus dentes e sigo em direção ao meu guarda roupa, onde pego uma muda de roupa bem quentinha pra ficar confortável nesse terrível frio, "eu até gostaria mais do frio se eu tivesse alguém que pudesse me esquentar" ( penso ficando envergonhado).


Após me vestir vou até a cozinha e pego uma maçã que estava em uma das prateleiras onde coloco minhas frutas, ainda comendo a maçã recebo uma notificação e vejo ser uma mensagem de um colega de classe.

07:35: ( Matako ) Bom dia pequeno hiro tenho novidades, sabe a Jie minha namorada? Então, hoje é aniversário dela e eu preparei uma festa surpresa, e você está definitivamente convidado.

07:36: ( Hiro ) Bom dia Matako acabei de acordar, hum eu não tenho certeza se deveria ir a essa festa, eu acabaria deixando meus pais sozinhos e além disso eu precisava estudar.

07:38: ( Matako ) poxa hiro mas vai ser só uma noite, você não vai morrer por isso, se quiser eu posso te ajudar a estudar depois, eu queria mesmo que você viesse, e que ultimamente você anda estudando muito e você merece se divertir um pouco.

07:38: ( Hiro ) Tudo bem tudo bem... mas não tenho intenção de voltar tarde, que horas a festa começa?

07:39: ( Matako ) A festa começa às 23 horas e vai ser na minha casa, você ainda se lembra onde é né?

07:39: ( Matako ) Ah e não se preocupe em levar presentes ainda mais porque estou te convidando de última hora.

07:40: ( Hiro ) Eu me lembro onde é sua casa, mas 23 horas é muito tarde, eu posso até ir mas não posso ficar por muito tempo Matako.

Após algumas mensagens com Matako vejo que já são 07:42 e eu presisava chegar na faculdade às 8 horas. Então termino de comer minha maçã e vou indo em direção à estação de metrô para chegar até a faculdade.
Por sorte minha faculdade ficava bem próxima da minha casa.

Chegando na entrada da faculdade sigo em direção ao corredor de armários para pegar alguns livros e ir a minha primeira aula, após fechar meu armário ouço passos atrás de mim, me viro rapidamente para ver quem é, quando sou surpreendido com um forte abraço vindo de um completo desconhecido, me pergunto se eu conhecia esse garoto de algum lugar mas não conseguia encontrar memórias do mesmo, o completo estranho em minha frente tinha uma pele clara com olhos azuis e também aparentava ser da minha altura. O garoto estava carregando consigo um livro que eu poderia reconhecer de longe, era um de meus livros favoritos chamado "Mundos Diferentes"

~~foi um livro que me ajudou muito na minha aceitação em ser homossexual.

Desde criança eu não tinha muitas amizades, eu sempre gostei mais de ler e interpretar histórias, as minhas histórias favoritas eram as de romances de contos de fadas. Meus pais sempre me questionaram do porque desse meu gosto, mas desde cedo eles sempre souberam que eu era diferente dos outros garotos da minha idade, mas mesmo assim eles sempre me aceitaram do jeito que eu sou, eu os amo demais por isso.~~

Olho rapidamente para o livro nas mãos do garoto e em seguida sigo meu olhar aos seus pequenos olhos azuis que demonstravam um ar de felicidade em contato com os meus, logo começo a ficar envergonhado então resolvo dizer algo.

Antes que eu pudesse dizer alguma coisa sou interrompido pelo sinal que indicava para irmos para nossas aulas.

O garoto ao ouvir o sinal faz um sinal de despedida e segue pelo corredor em direção a sala dele, com medo de me atrasar, faço o mesmo.

Chego em frente à porta da minha sala e sigo em direção a umas das mesas no fundo, onde eu pudesse me esconder atrás de alguém para ler algum livro. Aulas se passaram até que enfim chegou o intervalo, saio de minha sala e vou em direção a biblioteca renovar alguns livros.

~~Bibliotecas sempre foram meus lugares favoritos, eu me sinto tão confortável e acolhido dentro delas, me sinto em paz, onde posso desfrutar de incríveis histórias românticas, e até mesmo me imaginar dentro delas.

Sempre quis encontrar alguém pra namorar mas acho que por eu ser tão na minha nunca tive tantas oportunidades, mesmo assim não acho que possa aparecer uma pessoa tão especial quanto os protagonistas dos livros que eu leio.

Não é que eu não acredite em pessoas boas e sinceras, mas as chances são tão baixas que tenho medo até de arriscar, eu daria de tudo pra me jogar de cabeça em um relacionamento, mas não acho que agora seja meu momento.~~

Sigo em direção às estantes na categoria de romance na procura por algum livro novo, aparentemente não chegaram livros novos, me dirijo até uma das mesas no fundo para me sentar e ficar o mais focado possível na leitura, abro um livro e começo a lê-lo, não muito tempo após eu começar a ler uma figura misteriosa o fecha sob minhas mãos.



Já irritado com o ocorrido me viro já sabendo que era matako, o vejo com um sorriso maligno em seu rosto.

- O que foi dessa vez Matako...? Agora não posso nem mais ler em paz?

-Bom, ler você pode mas você só sabe fazer isso Hiro, deixa eu te perguntar, você comeu algo?

- ( Digo com um olhar furioso) Sim, eu comi uma maçã de manhã, satisfeito? Pode devolver meu livro agora? O intervalo já vai acabar e preciso me sentir produtivo de alguma forma.

-Hiro você precisa comer algo além de maçãs poxa, eu te trouxe um salgado, parece que você só vive de ler, isso não é muito produtivo se quer saber..

Além do mais... hoje temos uma festa pra ir e você não pode beber de estômago vazio.

-O quê?? Eu não disse em momento algum que ia beber, você deve estar ficando louco.

Matako me olha com um olhar de desgosto.

-E desde quando alguém vai pra uma festa e não bebe Hiro?

-Eu sei lá, mas se eu chegar tarde ou bêbado meus pais me matam e se isso acontecer eu mesmo volto pra levar você comigo.

-Ta tudo bem você vai estar comigo não vou te deixar perder o controle, caso aconteça alguma coisa eu te levo pra casa.

-Se der alguma merda você vai se responsabilizar, afinal de contas foi você quem me convidou.

O sinal toca.

-Legal Matako o sinal tocou e eu não li meu livro e nem comi o salgado, MUITO obrigado...

-eeeeh... Foi mal.

Levanto da mesa pego o livro das mãos de Matako e sigo em direção à minha sala. Algum tempo depois as aulas já haviam acabado. Já estava exausto e, ironicamente, com bastante fome.

Saindo da entrada da faculdade abro minha mochila e começo a comer o salgado que havia ganhado de Matako. Pego meu celular para ouvir uma música enquanto aguardava, ansioso para chegar em casa, um tempo depois percebo que já eram 20:49 e me lembro da festa da Jie.

~~Eu definitivamente não queria ir a essa festa mas vai ser só essa vez, aaah fico cansado só de pensar.~~

Após alguns minutos desço do trem e sigo em direção à minha casa, meus pais provavelmente já devem estar lá, minha mãe provavelmente está fazendo a janta enquanto meu pai deve estar vendo Tv.

Abro a porta da minha casa, tiro os meus sapatos e vou em direção ao meu quarto para me arrumar pra essa festa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...