História Defendendo um Assassino 2 Temporada - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Cameron Dallas, Mike Tyson, Park Ji-min (Jamie Park), Ronda Rousey
Personagens Cameron Dallas, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mike Tyson, Personagens Originais, Rap Monster, Ronda Rousey, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Casamento!au, Chim Chim, Comedia Romantica, Imagine Jeon Jungkook, Imagine Jimin, Imagine Jungkook, Imagine Park Jimin, Jeon Jungkook, Jimin, Jiminie, Jin, Jungkook, Kook, Kookie, Min Yoongi, Namjoon, Park Jimin, Romance, Sexo, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 834
Palavras 957
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Será mesmo que passa?


Fanfic / Fanfiction Defendendo um Assassino 2 Temporada - Capítulo 14 - Será mesmo que passa?

Narrado por Park Jimin

Hoje decidi que iria procurar (S/n), acho que duas semanas foram o suficiente.

Consegui descobrir o número do quarto de (S/n), cheguei no hotel aluguei um quarto no mesmo andar que o dela e vi a camareira saindo do quarto e deixando sem querer aberto, aproveitei e entrei em seguida Fechei a porta.

🕛

(S/n) entrou tristonha, ela estava mais magra, com olheiras, nariz vermelho, olhos vermelhos e mancando mas tentou disfarçar quando me viu.

 Oi. — Ela disse fechando a porta atrás de sí.

 Oi. Podemos conversar? — Me levantei

 Não. — Respondeu — Não vai dar. — Nesse momento ela começou a chorar, mas por que ela está chorando? Fiquei sem entender sua reação. — Sai daqui, por favor. — Pediu em lágrimas e eu fiquei sem entender nada.

 O que aconteceu? — A fitei preocupado.

 Jimin — Se aproximou chorando e tocou em meu rosto deslizou seus dedos pelas minhas têmporas, maçã do meu rosto, maxilar, até segurar meu rosto e olhar em meus olhos. — Eu quero o divórcio.

 O-o que? — Perguntei com a voz trêmula e ela me abraçou com muita força, algo tinha acontecido e eu não sabia o que era. — O que aconteceu? — Perguntei e ela continuou chorando.

 M-me desculpa — Soluçou e eu franzi o cenho e me soltei do abraço pra olhar em seus olhos mas ela abaixou o olhar.

 Vem, senta aqui. — Segurei sua mão e fiz ela se sentar na cama, em seguida fui até o frigobar e peguei uma garrafa de água e dei pra ela beber e se acalmar. — Conta o que aconteceu. — Me sentei ao seu lado e seus braços me cercaram e me trouxeram pra mais perto, ainda confuso eu retribui com a mesma força mas eu não estava entendendo o que estava acontecendo.

❌❤❌

 Pronto, está mais calma? — Perguntei.

 Estou. — Respondeu e me soltou.

 Me conta o que aconteceu.

 Eu sou uma pessoa horrível! — Escondeu o rosto com as mãos

 Por que? — Tirei suas mãos de seu rosto.

 Eu... Me desculpa Jimin.

 Você está me deixando preocupado. Fala logo.

 Eu...

 Você?

 Eu não consigo. — Fechou os olhos com força e deixou as lágrimas saírem quentes de seus olhos.

 (S/n) — Segurei seu rosto — Sou eu, esqueceu? Você tem que confiar em mim. Não importa o que seja, pode confiar em mim. — Falei e ela abriu os olhos lentamente.

 Eu trai você. — Aquelas três palavras foram como três facadas no peito — Eu e o Jungkook nos beijamos. — Arregalei meus olhos encarando ela incrédulo.

 Não estou acreditando que você teve a coragem de fazer isso comigo. — Dei uma risada fraca de escárnio e sem humor nenhum — E eu aqui todo preocupado, eu sou um otário mesmo. Por isso que você quis um tempo né?

 Não! — Limpou seu rosto — Eu nem estava pensando no Jungkook quando eu pedi um tempo contigo.

 Na boa, eu já estava com a cabeça quente com um monte de coisa — involuntariamente desceu uma maldita lágrima que eu tentei fazer de tudo pra segurar — Eu não merecia mais essa. — Fechei os olhos com força e deixei que as lágrimas caíssem e aproveitei pra limpá-las todas de uma vez do meu rosto.

 Não estava nos meus planos beijar ele... — A interrompi

 Para... — Murmurei — Eu não quero ouvir mais...

 Jimin, me escu... — A interrompi novamente

 CHEGA! Eu não quero ouvir mais! Não quero saber! NÃO ME INTERESSA SABER PORQUE VOCÊ ME TRAIU, COMO VOCÊ ME TRAIU, COMO VOCÊ SE SENTIA QUANDO ME TRAIU! EU NÃO QUERO SABER! ISSO NÃO TEM JUSTIFICATIVA! — Gritei. — Eu não quero mais olhar na sua cara. — Me levantei e sai dalí.

❌❌❌❌❌❌❌

Entrei no carro e lá dentro eu me permiti chorar, peguei meu celular, eu precisava conversar com alguém.

 Hoseok?

 Oi Jimin, está tudo bem?

 Eu estou precisando conversar, pode ser?

 Claro... Vem aqui em casa

❌❌❌❌❌❌❌

 O que aconteceu? — Perguntou sentado ao meu lado no sofá de sua casa

 A-a (S/n)...

 O que ela fez?

 O que ela fez... — Dei uma risada sem humor algum — Andou por aí aos beijos com aquele Jungkook!

 Meu pai do céu! — Hoseok ficou boquiaberto. — Quem te contou isso, Jimin?

 Foi ela!! — Esbravejei — Agora vai me dizer o que?! Que foi uma vez só? E que só foi um simples beijo? Ah me poupe!

 Dia ruim né, meu amigo?

 Dia péssimo! Um daqueles dias onde tudo acontece... Você é traído, perde o caso, não tem uma porra de vaga pra colocar a porra do carro... Acontece tudo de ruim.

 Que atire a primeira pedra quem nunca Passou por isso — Hope sorriu.

 Pior que não da nem pra lembrar nem das coisas boas, porque fica aquela sensação passando na cabeça. Será que naquele momento eu já estava sendo traído?

 Puts, cara. Eu não sei nem o que dizer, nem que conselho dar, eu estou surpreso só por saber que a (S/n) te traiu, eu realmente não esperava isso...

 Ela não tem nada ver comigo, da pra entender? Ela é uma pessoa simples nascida no Brasil, eu na Coréia, ela é esquentada, eu sou uma pessoa "calma", ela não tem nada ver comigo.

 E ao mesmo tempo tem tudo a ver contigo. — Ele disse como se entendesse.

 Dá pra entender? Que loucura!

 Você ainda ama ela... — Ele disse.

 Mas passa. — Falei firme.

 Quando a gente realmente quer, sim

 Eu quero.

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...