1. Spirit Fanfics >
  2. Deixa eu te amar - Jin - incesto >
  3. Pedido de desculpa

História Deixa eu te amar - Jin - incesto - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️⚠️ #COMUNICADOIMPORTANTE.
essa fic vai ter temporadas então aguardemos por mais.. beijos.

- mas não sei em que capítulo vou parar... Fiquem ligadas para mais informações.

Capítulo 19 - Pedido de desculpa


Fanfic / Fanfiction Deixa eu te amar - Jin - incesto - Capítulo 19 - Pedido de desculpa

(....)

Dia seguinte....


Fiquei na cozinha tomando café e meu tio aparaceu e a Natália também estava com ele, não havia visto ela chegando ontem...

Ao me ver a mesma deu um sorriso sacastico e se sentou ao lado do meu tio, ela estava usando uma camisa social Branca e apenas isso.

- bom dia SN.- ela disse no tom de deboche.

Eu apenas olhei para ela e dei um sorriso forçado e rápido e voltei a comer.

Meu tio parecia está zangado comigo pois ele nem olhou pra minha cara e ficou apenas tomando café e escoltando os apelidos grudentos de Natália.

Eu estava quase vomitando de tanto ouvir aqueles apelidos grudentos, nem tomei meu café todo e saí da cozinha fui terminar de arrumar minhas coisas para ir pra faculdade e saí de casa.

Bambam ia vim me buscar então fiquei esperando ele na parada de ônibus.

Fiquei esperando por alguns minutos e depois o mesmo havia chegado, ele me abraçou e beijou minha bochecha.

- e aeh vadia.- ele deu um leve tapa em minhas costas 

- oi vagabunda. - respondi ele e esperamos o ônibus chegar.

Assim que ele chegou nós entramos e como de costume estava cheio de gente, nos esprememos na multidão e assim seguimos viagem.

Em fim havíamos chegado na faculdade e os alunos já estavam chegando, eu e Bambam formos para nossa sala e algumas meninas estavam me olhando e conversando entre si.

- e oque essas garotas querem em?- ele olhou feio para elas.

- ash nem ligo....

Continuei andando e me sentei na minha cadeira e Bambam sentou na dele.

Tirei meu celular da bolsa e fiquei vendo as redes sociais quando vi uma mão em minha mesa, levantei meu olhar e levantei às sobrancelhas ao ver Jungkook.

- o quê você quer? - olhei séria para ele.

- ahh... Nada não.- ele olhou para o canto da sala.

- hum... Então.. 

- ah eu quero conversar com você.- ele deu um sorriso.

- não! Depois do quê aconteceu ontem? Melhor não.- voltei a mexer no meu celular.

- bom.. é sobre ontem mesmo, e aquelas garotas não vão mais te incomodar já que...- ele foi interrompido quando o professor entrou na sala.- depois eu te falo.- ele passou a mão no meu ombro e se sentou em outro lugar.

(....)

Enquanto o professor estava escrevendo no quadro Negro Bambam chamou minha atenção, eu olhei para o mesmo e ele se aproximou de mim.

- quem é aquele? - ele apontou para Jungkook.

- ash tu não veio ontem..  ele é um garoto novo e tals.. aquele que eu te falei.

- ahhhhh é ele.- Bambam olhou fixamente para Jungkook e mordeu os lábios.

- para Bambam! - bati fraco no ombro dele. 

- olha se eu fosse você pegava.. deixava seu tio de mão e pegava esse novinho que pelo menos vocês podem assumir o namoro.- senti uma ironia na parte dele mais eu apenas sorri debochando.

- estou incomodando a conversa de vocês dois?!- o professor falou alto e voltamos a nos sentar direito. 

- não professor.- falamos juntos.

(......)

- então ele quer conversar com você? Quero até vê essa palhaçada.- Bambam disse rindo enquanto a gente andava pelo corredor da escola indo até a cantina.

- pois é... Depois que conheci esse garoto eu só me ferrei. 

- hehehe... Mais foi um mal entendido.

- séria?- levantei às sobrancelhas e olhei para Bambam.

- talvez...- ele riu.

Quando chegamos na cantina pegamos nosso almoço e nos sentamos em uma mesa de quatro lugares.

Bambam sentou em minha frente enquanto fiquei olhando para as pessoas que estavam passando e olhei Jungkook na fila da cantina, e assim que ele pegou a bandeja dele o mesmo procurou pela gente e quando achou o mesmo se aproximou da gente e se sentou ao lado de Bambam ficando em minha frente.

- oieh- ele disse dando um sorriso.

- oi sou Bambam! - ele disse comprimento o Jungkook.

- Jungkook. - ele apertou a mão do Bambam e deu um sorriso.

- o garoto problema.- ele riu e olhou para mim.

- garoto problema eu não sei.- ele riu.

- fala Jungkook o que você queria dizer pra mim.- apoiei meu cotovelo na mesa e coloquei minha cabeça sobre minha mão.

- é... - ele olhou para Bambam e depois voltou a atenção para mim.- queria pedir mil desculpas sobre ontem... E sobre as garotas elas foram banidas da faculdade e posso te jurar que elas não vão fazer mal, nem aqui e nem fora da faculdade...

Franzi o cenho e o olhei desconfiada, como pode elas não querem mais me matar? Ele fez alguma coisa para elas...

- e... Quero convidar você pra um jantar.

- jantar? - olhei para Bambam que estava de boca aberta, o mesmo ria em silêncio.

- sim, é um jantar de pedido de desculpa e também seria justo depois do que eu fiz você passar.- ele sorriu.

- hammmm... Sei não.. acho que não vai dar. 

- oxee.. por favor eu faço questão.

- é SN você não faz nada mesmo e tem bastante tempo livre - Bambam disse.

- viu.. então vamos sair SN?

- ok... - suspirei..

- legal. - Jungkook deu um sorriso lindo no rosto e depois se levantou.- vamos sair hoje.. eu te pego às 20:00.

- tá bom.

- tchau.. 

Assim que Jungkook já estava indo embora eu olhei com fogo nos olhos para Bambam que logo tirou o sorriso do rosto ao me olhar.

- o que foi.? 

- vou matar você!- joguei uma bola de guardanapo nele.

- porque?

- ash... Por ter dito pro Jungkook que ia ficar livre... Eu não queria sair com ele...

- era só dizer não! Ash mais vai menina... Hehe.

- vadia.- disse fechado um pouco meus olhos.

Bambam estava rindo da minha situação e fazendo vários comentários e imaginando eu ficando com o Jungkook....

**************************************************

Na hora do jantar.....


Eu estava no restaurante marcado, e ele era muito luxuoso e o Jungkook deve ter muitas condições para pagar a comida daqui.

Não sei se minha roupa é apropriada para esse lugar, eu estava vestida com um vestido vermelho curto com um decote.

Fiquei esperando pelo Jungkook no lado de fora do restaurante por alguns minutos e o mesmo apareceu, ele estava em um carro Porsche 718 Boxster branco, ele parou em minha frente e logo saiu do carro e deu a chave para um cara estacionar.

- vamos?- ele pegou em minha mão e me levou para dentro do restaurante.- você está linda.- ele disse em meu ouvido.

- obrigada.- sorri..

Andamos até um cara que estava parado na frente da porta para entramos no restaurante.

- Jeon Jungkook.- ele disse para o moço.- eu fiz uma reserva aqui. 

- me acompanhe.- o homem saiu na frente e foi nos levando até uma mesa que havia perto de umas janelas enorme de vidro, aquela mesa havia uma boa iluminação..

Nos sentamos e peguei o cardápio, arregalei meus olhos ao ver o preço de cada prato... Parece que tem ouro dentro deles para que o preço seja tão caro assim.

- algo de errado? - Jungkook me perguntou.

- os preços.. sabe quanto é um pinto assado? 200 conto.. porra! 

- "risos" esse é o melhor prato que tem e não é pinto, é frango a passarinho.

- pra mim é pinto porquê não tem nem tamanho pra ser frango.. 

- não se preocupe com o preço eu pago.

- hum.. mais eu não quero que você page muito.. 

- é adorável seu jeito. - ele riu.

Fiquei séria olhando para ele enquanto sorria me olhando.

- escolhe logo. 

- tá bom...- peguei o cardápio e escolhi o prato.

- já?

- sim..

- garçom! - Jungkook chamou o garçom e o mesmo veio rápido atender a gente.

- sim?

- eu quero uma garrava de vinho e um frango a passarinho e você SN oque vai querer?

- eu quero Bulgogi.

- e um prato de Bulgogi.

- sim.. só isso?

- sim.. 

- ok.- ele saiu.

Assim que o garçom havia saído Jungkook começou a me encarar, olhei para o mesmo fazendo cara feia e fiz ele rir.

- eu acho você diferente das outras garotas, mais eu ainda não sei oque... - ele passou a mão pelos meus cabelos e o mesmo tocou minha pele com sua mão fria.

- que bom que me acha diferente, mas espero que seja bom..- tirei a mão dele de perto de mim.

- não se preocupa e bem... - ele deu um sorriso.

- que bom..

Não demorou muito e nosso pedido chegou, começamos a comer mais ainda estávamos conversando sobre coisas aleatórias, até que ele é engraçado e bem interessante, achei que conversar com ele seria um tédio e bem chato mas vejo que eu estava muito enganada

- e.. Jungkook.. o que aconteceu com aquelas garotas? - o olhei enquanto colocava um pouco de Bulgogi na boca..

- bom.. eu falei tudo para o diretor da faculdade que tomou a decisão de expulsar elas da faculdade..

- mas elas eram novas lá pois eu não havia visto elas ou eu não reparei ainda.

- acho que você não fez foi reparar nelas... Mas elas não vão incomodar você... - ele colocou um pedaço de frango na boca.

Eu ainda estou tentando entender essa história direito.

- mas uma coisa que não sai da minha cabeça é o que você fez para elas...- quando acabei de falar o mesmo ficou parado e por alguns minutos ficou em silêncio.

- é um assunto particular... 

- mas ela me meteu nele... - o encarei.

- você não devia ligar pelo quê ela disse, melhor você esquecer aquilo.

- hum... E se ela vim atrás de mim na rua?

- não vai! - ele exclamou.- ela não vai.. pode ter certeza disso.- ele disse sem olhar para mim. 

- e oque você fez para elas? Pra quê elas não viessem atrás de mim?

- bom... Nada.. só disse que se elas tentassem chegar perto de mim e de você eu ia na delegacia fazer um B.O 

- sei...

- vamos mudar de assunto... 

- ok vamos...

- você mora com quem?

- apenas com meu tio.

- e seus pais?

- bom.. minha mãe me abandonou quando eu era de menor e meu pai... Ele morreu a pouco tempo..

- ahm.. sinto muito. - Jungkook segurou minha mão, olhei para ele que deu um pequeno sorriso no rosto.

- tá... - tirei minha mão da dele e as coloquei debaixo da mesa.

******

Terminamos nosso jantar e saímos do restaurante.

- vem.. eu te levo para casa.- ele disse ligando o carro dele.

- tá bom.- entrei e me sentei no banco do passageiro.

(...)

Eu já havia chegado na casa do meu tio e me despedi do Jungkook mais o mesmo saiu do Carro e segurou em minha mão antes que eu abrisse a porta .

- eu..  - ele disse me olhando.. 

- boa noite jungkook.- me virei mais o mesmo me puxou para perto dele fazendo nossos corpos se chocarem.

- não vai ainda.. não antes disso.- ele me beijou sem mais nem menos... Eu pensei em parar o beijo mais acabei me rendendo a ele.

Jungkook apertou minha bunda e devagar levantou o vestido, me afastei antes que pudéssemos transar alí mesmo.

Abri logo a porta da casa e olhei previamente para Jungkook que estava com seus olhos brilhando. Ele deu um tchau para mim e eu sorri para o mesmo.

Fechei a porta e corri para meu quarto e me joguei na cama, olhei para o teto e imaginei o Jungkook, até que ele é um garoto bom... Fiquei rindo comigo mesma mais ao ouvir Natália gemendo que nem uma cabrita do outro lado da parede me fez perder total concentração nos meus pensamentos.

- Natália filha de corno...





Notas Finais


Bom.. talvez essa temporada tenha poucos capítulos mais vou continuar escrevendo ela... Tenho que parar ela por um tempo para continuar a escrever minhas outras fics que ainda não postei mas capítulos, então espero que me entendam.

- é chato criar novas fics e deixar as outras de lado então vou parar essa por enquanto.

- beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...