História Deixe me experimentar seus lábios - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pesssoinha é minha primeira vez aqui então :³ Obrigada por entrar nesta história
Sinto muito se encontrar algum erro em algumas partes da História.
Vou fazer o meu melhor aaaaa
Aaa
(Essas imagens que estão na capa, não me pertencem, eu não sei quem são os donos dessas lindas obras de arte)



Importante


Jon tem 15 anos e Damian 18

Fiquei sabendo que tudo bem uma diferença de 3 anos então ...
:'D

Tá tudo Bham não me prendam, estou seguindo a lei muhahahahahah

Capítulo 1 - Sorvete


Fanfic / Fanfiction Deixe me experimentar seus lábios - Capítulo 1 - Sorvete

Jon olhava para seu amigo que digitava alguma coisa  no tablet.Ele fez biquinho e flutuou até o Robin estava concentrado em fazer um relatório. Relatórios para Jon eram super Tediosos.Jon cutucou Damian Até ter atenção do mais velho voltada para ele,  e não para a droga do Tablet.Seria estranho mas as vezes Jon senti ciúmes daquele tablet é um sortudo por ter a atenção e as mãos neles o tempo todo.

— Eu tô com com fome porque não vamos comer algo ?

Suspirou Damian

—  Você esta sempre com fome .— Voltou o Olhar para o Tablet .— Deveria mudar o nome para Super-buraco negro.

— Eu Estou em fase de crescimento  preciso me alimentar, que tal agente tomar um sorvete.

Damian viu uma proposta atentadora.

— Não.

— HA!? para de ser chato.—Retrucou Jon.

— Vá então comprar seu sorvete,  eu vou fica, porque o sr.chatonildo esta fazendo coisas importantes.

— Poxa, mas eu queria sua compahia.Falou num tom baixo meio envergonhado.— Jon inflou as bochechas e fez um olhar pidão, claramente Damian não suportaria a forma como  àqueles lindos par de olhos está  clamando por  sua presença.

— "Tt" Ok Vamos, eu termino isso mais tarde— Damian Suspirou e  guardou seu tablet.

— Ebaaa — Jon deu pulinhos empolgado. A visão do meio cripitoniano a sua frente fazia  Damian se sentia sortudo, ver Jon sorrindo para para ele, fazia seu coração bater mais rápido.É tão fofo.Pensou com sigo mesmo.Os detalhes em seu rosto delicado, bochechas levemente corada, aquelas órbitas azuis grandes o olhando transborda de felicidade, quem não se apaixonaria.Doce e gentil e " Inocente".

Ao chegar em uma sorveteria, ambos fizeram seus pedidos.

Jon colocou sua mão em seu bolso para pegar sua carteira, afundou a mão em busca, já entrando em desespero vasculhou a outros bolsos.

— Perdeu a carteira.

Damian falou meio áspero.

— Não, talvez, não sei, aqueles ladrões podem ter me roubado.

— Você é muito desastrado, nossa que vacilo.

— A culpa não é minha não tenho olhos nas costas.

— Mesmo assim deveria ser mais atento.

Damian comprou os dois sorvete, logo depois de dar um sermão em Jon, afinal quando se briga com uma criança é importante dar doces e carinho para pararem de Chorar ou para ficarem felizes de novo e te abraçarem como se nada tivesse acontecido.

Andaram calmamente um perto do outro pela rua maio deserta, onde somente o poste de luz iluminava o asfalto meio molhado.

Damian olhou sutilmente o " amigo " e reparou como ainda continuava bobo Mesmo após 5 anos de convivência, ainda continuava  com aquele ar de inocência, isso o exitava, a forma como ele lembe  seu sorvete era um incômodo para seus podres desejos carnais.

Logo Jon sentiu o olhar de Damian sendo lançando contra si.

— Que foi ? Tem algo errado — Jon perguntou inocentemente.

— É que.. — Damian  levou sua mão até os lábios de Jon, onde  passou o polegar com delicadeza retirando uma sujeira que fora feito pelo sorvete — Você se sujou com um pouco de sorvete.

O coração de Jon começou a pulsar mais rápido, sentiu que algo queimava e revirava no estômago, àquilo era estranho, estar com ele sempre  fez ele se sentir estranho,  aquilo o assustava.

Damian percebeu o impacto da sua ação,   por um momento pensou " Qual seria o gosto de seus lábios rosados,seria maravilhoso senti-lho contra os meus, morder e chupar" foi então que não resistiu " Ok seja sutil", Pediu para si mesmo.

Damian tomou os lábios de Jon este sentiu  as mãos de Dami segurarem sua cintura.

Jon começou a ficar nervoso e perdido no beijo, não sabia o que fazer, em seguida  Damian pediu passagem para sua língua, Jon apenas cedeu, a  língua do mais velho explorava cada local da boca de Jon, apertou ainda mais contra si fazendo um gemido baixo sair entre o beijo.

Jon separou seus lábios do mais velho, mas Damian numa tentativa falha,  mordeu o lábio do mais novo numa forma de volta ao beijo, Jon  desisperado para respirar, o corpo ardia, a mente confusa, apenas o  empurrou com uma certa quantidade de força.

—E-e-e-eu PR-PRECISO IR !.— Voou para o alto e desapareceu.

Damian começou a se culpar mentalmente

— Merda! Sutil como um elefante.— Resmungou pra si Mesmo.


Notas Finais


Caaramba tens uns baguios muito Loko aqui aaa
Amei, achei minha nova casa
*chorando e soluçando feliz*

Tenho certeza que tem muitas coisa que eu fiz errado aaaaaa meu deus.
Eu ainda to aprendendo
Acho que nenhum doce vai fazer O Jon esquecer de Hoje
Muhahahahaha




:V O que Jon pensará de Damian agora

O que Damian fará de Ágora em diante ?

O que caranbas Kon vai achar disso , espera, ele vai saber disso?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...