História Deixe-me ir - (Imagine HOT Bangtan Boys-BTS) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Hot, Incesto
Visualizações 27
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 4 - Jantar!


                Nah Woo narrando:

Havíamos chegado em casa à não muito tempo, eu realmente não conseguia esquecer aquelas cenas, e tudo que havia acontecido naquele dia. Procurei algo para me entreter, e enquanto assistia vídeos completamente aleatórios na internet, fui interrompida pela voz da omma.

Omma: filha, sei que estás de cabeça cheia por causa de tudo que ocorreu hoje, mas os nossos novos vizinhos virão aqui esta noite. Eles souberam do nosso estado e acabaram por querer nos ajudar.

Eu: omma, eu não estou em clima para receber alguém em casa. Estou preocupada com Dae San, e não paro de pensar sobre Jung...sobre o que pode ter realmente acontecido com ela.                                                      Claramente evitei falar de JungKook com minha mãe, ela não poderia saber que me reencontrei com ele. Depois que ela descobriu o que ele havia feito, o chamou de louco e aplicou um castigo severo entre nossa “amizade”, nós nunca mais, deveríamos nos ver, esse foi um dos motivos pelos quais eu me distanciei de “Kook”.

Omma: venha apenas cumprimenta-los, por favor.

Vi que omma também estava um tanto atormentada com tudo, e resolvi fazer pelo menos isso.

-

-

-

-

Alguns minutos haviam se passado, omma estava terminando de colocar o jantar na mesa, e eu, estava prestes a ficar pronta. A campainha tocou, denunciando a chegada de nossos vizinhos. Fechei o zíper do meu vestido, e desci para conhece-los. Ao chegar na sala, dei de cara com alguém que supus ser o filho deles, ele era realmente lindo. Alto, cabelos coloridos, olhos castanhos, e com um corpo definido aos meus olhos.

Omma: filha, estes são Sr. Park Haneul, a Sra. Park Chi-Sun e o seu filho, Park Jimin.

Fiquei paralisada com a beleza de Jimin, enquanto omma falava um pouco sobre eles, eu apenas o observei com um olhar lateral.

Omma: Oh Nah Woo, por favor, cumprimente-os.  -disse omma um tanto envergonhada pela minha falta de atenção-  

Curvei-me aos mesmos e disse:

Eu: é um prazer conhece-los, por favor, entrem, vamos jantar. 

 Todos estavam se divertindo, falando sobre assuntos banais e bebendo alguns drinks. Eu e Jimin ficamos apenas no suco, já que aos olhos de nossos pais, nós ainda éramos meras crianças. Eles falavam sobre profissões, e sobre futuras carreiras. Eu estava clamando aos céus para que não me obrigassem a falar.

Sra. Park: então Nah Woo, qual carreira você quer seguir nos mundos dos negócios?

         Oh céus, eu clamei à ti!!

Eu: estou em dúvida sobre a psicologia ou psicanálise.

Sr. Park: oh isto é realmente bom, mas você sabe que ambos requerem muito estudo e muita dedicação, não sabe?

Eu: sim senhor, me dedicarei principalmente nestes últimos meses de ensino médio, para num futuro próximo, as coisas não parecerem tão difíceis como realmente são.

Omma: Nah Woo desde cedo é apaixonada por fotografia, e claramente faz um ótimo trabalho. Enquanto as outras profissões, ela claramente irá se esforçar.  -fiquei envergonhada ao ouvir omma falar isso, não sou boa em receber elogios-

Jimin: ah!! Jura? Eu iniciei um curso fotográfico à não muito tempo. É realmente uma das minhas principais paixões. O que pretende fotografar Nah Woo?

Eu: de pessoas à plantas, quero mostrar ao mundo o meu trabalho em si, mostrar que há perfeição na imperfeição, e tornar a realidade um pouco mais surreal aos olhos de alguém, quero tornar alguém mais humano

À partir dali, eu e Jimin tivemos a nossa primeira conversa. Fiquei obcecada pelo seu foco no futuro, até combinamos de sair algum dia e fotografar tudo o que tivéssemos vontade, ele me ensinara truques na câmera, ângulos...e enfim, em poucos minutos, aquele jantar me fez esquecer toda a agonia e o caos que havia passado à algumas horas atrás.  


Notas Finais


Continua...
Gostaram?

Atrasei quase uma hora, porque escrevi o capítulo e acabei o perdendo sem querer, tive que reescrever, desculpem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...