História Deixe-me te Amar - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Maus Tratos, Paixão Obessesiva, Romance
Visualizações 54
Palavras 1.270
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 26 - Filha!!


Pedimos informação para varias pessoas e nao tinhamos respostas, eu ja estava ficando louca, eu nao aguentava mais sentir aquela angustia...

 Peguei o telefone de Castiel e liguei pra Leticia...

               CHAMADA ON

    Luana - LETICIA!

    Leticia - Ora,ora, a garotinha nerd do passado que conquistou o badboy(ela ri) bela historia a sua em

    Luana - Leticia, por... por favor nos diga como podemos te encontrar...

    Leticia - Você quer mesmo vir pra ca,(ela faz um barulho de negação) pelo visto Castiel nao disse qual è o preço do resgate

    Luana - Nao me importa o preço, eu so quero minha filha

    Leticia - tudo bem, é sua escolha, e eu a respeitarei com muito prazer(ela da uma risada assustadora)...

 Leticia nos indicou toda a estrada ate a floresta de acampamento...

    Leticia - Estou louca pra chegada de vocês(ela ri maleficamente)

                         CHAMADA OF

 Entramos na floresta a pé e começamos a procurar pela cabana, encontramos uma cabana horrivel toda cheia de ramos e aos pedaços, no auto da porta tinha o numero 23 meio apagado, respirei apertando a mao de Castiel

    Luana - é aqui(digo baixo quase como um sussuro)

Quando entrei la vi Dulce com os olhos vermelhos amarrada em correntes, ela tinha alguns vermelhoes nas pernas e braços, olhei para Leticia com odio que nos olhava com um sorriso grande...

    Leticia - Castiel, a arma esta ali(ela diz rindo)

 Eu nao estava nem me importando com aquilo, eu so queria esfolar a cara dela...

Andei ate ela com um olhar de odio enquanto a mesma ficava brincando com sua arma na mao...

    Luana - Ninguem toca na minha filha(digo calmamente)

Depois de dizer aquilo eu peguei Leticia pelos cabelos em um movimento rapido e a joguei no chao, subi em cima dela e começei a dar varios tapas em seu rosto...

    Luana - NINGUEM TOCA NA MINHA FILHA, NINGUEM(digo enquanto socava seu rosto) NINGUEM

 em um movimento rapido Leticia rolou para o lado ficando sobre mim, ela me deu alguns tapas, quando ela tentava me dar socos no rosto eu esquivava mas acabei sendo pega em cheio em um, ela apotou a arma pra mim e disse...

    Leticia - Esta na hora de dormir Luana, pra sempre

 Quando Leticia ia puxar o gatilho eu agarrei seu pulso e apontei a arma pra cima fazendo ela atirar no teto, usei a mao dela para dar um golpe em seu rosto fazendo o mesmo sangrar, empurrei ela para o lado com os pés e maos e me levantei rapido, fui correndo em direção a Dulce mas no meio do pequeno caminho senti maos nos meus ombros que me jogaram pra tras fazendo eu bater com as costas no chao, Leticia foi em direção a Castiel com a arma no auto, enquanto ele tentava de todas as formas soltar Dulce...

    Leticia - Vejamos... quem eu mato primeiro, a antiga nerdizinha ou a filha dela... ou eu posso matar o Castiel(ela ri)

 Eu me arrastei pra tras lentamente procurando algo pra me ajudar, ai que lembrei que eu estava com meu telefone no bolso, andei mais pra tras e liguei pra rosa...

              CHAMADA ON

    Luana - Rosa... socorro(digo sussurando)

    Rosa - LUANA?! OQUE ACONTECEU??

   Luana - nao da pra explicar, so vem agora pra floresta de acampamento cabana numero 23(sussuro)

   Rosa - Ok eu estou chegando ai

             CHAMADA OF

 Passaram mais ou menos uns 10 minutos e nada da Rosa, Leticia ficava escutando algumas musicas meio pisicodelicas, eu ficava no canto queitinha apenas esperando pela bentita chegada de Rosa e Castiel tentava acalmar Dulce que chorava alto...

 Se passaram mais cinco minutos e finalmente eu escutei o barulho de carro, Leticia se levantou assutada e apontou a arma pra mim...

    Leticia - Se você tiver chamdo a policia sabe que o seu e o fim de sua filha e Castiel  chegaram...

Na mesma hora a porta foi espalancada por Rosa que olhou pra Leticia assutada

    Rosa - Leticia?!

    Leticia - Entao foi essa a sua ajuda(ela ri) ru possi mata-la tambem querida, nao, melhor ainda, eu posso matar quem eu quiser(ela sorri de um jeito assutador)

 Olhei para a mesinha ao lado de Rosa, la tinha uma arma...

 Olhei pra Rosa e começei a indicar a arma que tinha ao seu lado, ela a pegou e eu consenti, respirei fundo e me levantei do chao como um raio e empurrei Leticia pra tras com toda a minha força fazendo ela cair com tudo pra tras...

    Luana - ROSA AGORA

Rosa jogou a arma pra mim e eu a peguei, quando me virei pra tras Leticia ja estava la perto de Castiel e Dulce com a arma apontada para os dois...

    Leticia - Você atira, eu atiro(ela ri) se tentar algo eu mato eles

    Luana - Nao, ninguem toca nas pessoas que eu amo

Apontei minha arma para Leticia e coloquei o dedo no gatilho assim como ela, Leticia começou a apertar o gatilho lentamente mas eu fui mais rapida e atirei em cheio em sua cabeça fazendo todos gritarem ate mesmo eu, deixei a arma cair no chao junto de minhas lagrimas, a imagem de sangue pulando fora de sua cabeça me fez sentir um pouco de culpa

    Rosa - Leticia(ela diz tapando sua boca com as duas maos)meu Deus...(ela diz ja com lagrimas no rosto)

 Fui ate Leticia lentamente com a arma na mao, me ajoelhei ao seu lado e coloquei a arma perto dela...

    Luana - Ninguem toca nas pessoas que eu amo(digo fria e com odio)
 
 Fui ate a mesinha da cabana e peguei a chave das correntes que prendiam Dulce e Castiel, abraçei Castiel e Dulce enquanto nos tres soluçavamos de tanto chorar...

    Luana - Filha... Castiel...(digo me ajoelhando no chao)

Abraçei fortemente Dulce e depois Castiel, me levantei e fui ate Rosa que estava no chao ainda com uma feição assustada e a abraçei...

    Luana - Desculpa

    Rosa - Nao, nao tem porque, você apenas fez de tudo pra salvar sua familia e tambem Leticia... Leticia merecia esse fim, mesmo que ela seja minha prima, ela estava louca...

    Luana - Rosa... eu te amo, te amo muito minha amiga

    Rosa - eu tambem... muito(ela diz se levantando sem se separar do abraço)

 Ficamos ali abraçadas e chorando ate sentirmos a mao de Castiel no meu ombro...

    Castiel - Acabou... agora temos que voltar pra casa e viver nossa vuda em paz...

    Luana - Espera...(digo me soltando do abraço de rosa) Castiel! O Lys e a Vilu, nos nao os vemos a muito tempo

    Dulce - Quem é Lys e Vilu?

    Luana - sao meus amigos(sorrio)

    Castiel - Podemos voltar a morar em Nova York(ele sorri)

    Luana - Sim, vamos todos, eu, Dulce, Castiel e Rosa

 Rosalya me olhou espantada mas depois adquiriu um sorriso inmenso e me abraçou denovo, logo depois fomos para fora daquela cabana, trancamos a porta e jogamos a chave dentro de um lago, Dulce foi com Rosa no seu carro e eu fui com Castiel...

    Luana - Conseguimos(digo colocando a mao na coxa de Castiel) conseguimos ate que enfim encontrar a felicidade

    Castiel - Sim, conseguimos, e agora eu tenho a melhor vida do mundo, tenho uma mulher maravilhosa e uma filha, eu tenho tudo que eu sempre quis

    Luana - Sabe eu tenho uma confissao, o nome que dei pra ela foi em homenagem a você(sorrio grande) lembra que você disse que se tivesse um filho colocaria o nome de Dulce Maria

    Castiel - Outro motivo pra ficar feliz...

    Luana - Eu te amo, te amo como nunca amei alguem

    Castiel - eu tambem, eu te amo muito, como eu jamais poderia amar...

 


Notas Finais


Aaahhhhhhh Uhuuuuuuuuuu ate que enfim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...