História Deixe-me Te Enlouquecer ( Vkook - Taekook ) (ABO) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kai, Lu Han, Mark, Rap Monster, Sehun, Seungri, Suga, Suho, T.O.P, Taeyang, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Abo, Bangtan Boys, Bts, Chanbeak, Exo, Got7, Mundo Abo, Romance, Taekook, Vkook
Visualizações 973
Palavras 5.455
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii ! Como vocês estão ?

Então, esse é mais um capítulo onde vocês vão conhecer um pouco mais dos personagens.

Desculpe se tiver algum erro.

Boa leitura ❤

Capítulo 6 - Momentos diversos...


Fanfic / Fanfiction Deixe-me Te Enlouquecer ( Vkook - Taekook ) (ABO) - Capítulo 6 - Momentos diversos...

( Narrador P.o.v )

   ( Segunda, 06:00 ) 

   Taehyung acordou no mesmo horário de sempre, logo começando a se arrumar para o trabalho, colocando suas roupas sociais para ficar apresentável, e arrumando o cabelo em frente ao espelho, depois passando calmamente uma base em seu rosto, Jimin havia lhe ensinado a alguns dias e desde então ele já não consegue mais ficar sem.

   Depois de se arrumar calmamente desce na intenção de encontrar Jin ou pelo menos Namjoon, mas a casa estava no mais puro silêncio, ele foi então na direção a bancada da cozinha onde encontrou uma maçã, um lanche natural embalado e um suco de caixinha.

   ( Taehyung P.o.v )

   - "Você precisa se alimentar, acordei mais cedo e te fiz esse café simples, coma tudo, beijos, Jin". - leio em voz alta o bilhete deixado junto ao café, Jin tem mesmo um instinto de mãe.

   Pego o mesmo e caminho em direção a porta da frente, eu posso deixar para comer mais tarde, vou até meu carro, que agora fica na garagem da casa, entro no mesmo logo saindo pelo portão e seguindo meu caminho, depois de dirigir, um pouco mais do que eu dirigia antes, chego à empresa, passo pela recepcionista e apenas sorrio como sempre, logo entrando no elevador e seguindo para minha área de trabalho.

   Ao sentar em meu devido lugar me lembro do lanche que Jin preparou especialmente para mim, pego o mesmo e começo a comer aqui mesmo, não tenho muito trabalho a fazer, e Namjoon não chegou ainda para me dar alguma tarefa nova.

   ( 10:00 )

   Mesmo depois de Namjoon chegar eu continuo desocupado, então fico apenas sentado relendo algumas anotações que eu fiz, só para garantir se estão corretas, e com isso acabo me distraindo no meio de todos aqueles papéis.

   - Ei. - olho rapidamente para cima ao perceber um alfa parado em minha frente.

   - Ah, bom dia senhor. - me levanto para cumprimentá-lo devidamente, o mesmo retribui com um sorriso forçado. 

   - Eu preciso falar com o Namjoon. - diz de um jeito apressado. 

   - Claro, só um minuto. - pego o telefone e ligo para a sala de Namjoon. - Senhor Namjoon, tem um alfa que deseja vê-lo. 

   - E quem é ? - responde do outro lado da linha.

   - Só um minuto. - tampo o microfone do telefone com uma das mãos - Senhor, qual o seu nome por favor ?

   - Xiumin, sou da empresa aliada. - diz sem tirar os olhos de seu aparelho celular.

   - Xiumin senhor. - volto a falar com Namjoon.

   - Ah sim, mande-o entrar. 

   - Como quiser. - desligo o telefone - Pode entrar senhor, ele está aguardando.

   O alfa que estava em minha frente apenas segue caminho até a sala de Namjoon, não se deu o trabalho nem de dizer "obrigado", tudo bem, nem todas as pessoas são educadas.

   ( 12:15 )

   Agora saio calmamente da empresa, indo ao restaurante onde vou todos os dias, pegando a mesma mesa, mas hoje Namjoon me acompanha, ao sentarmos à mesa começamos a conversar.

   - Então Taehyung, o meu irmão não mexeu com você não é mesmo ? - pergunta depois de fazermos nosso pedido.

    - Ah não, claro que não.

   - Que bom, às vezes ele pode ser um pouco problemático, mas qualquer coisa que não te agradar quero que fale comigo. 

   - Tudo bem. - sorrio com a sua preocupação.

   - Mas tirando isso, como foram esses dois dias em nossa casa ?

   - Pode ter sido estranho no primeiro dia, mas creio que já me acostumei. - sorrio em direção ao alfa.

   - Entendo.

   Terminamos de falar já que nossas refeições chegam. Comemos sem trocar muitas palavras, apenas o necessário.

   ( 19:00 )

   Saio do banheiro depois de um banho relaxante, com a toalha "seco" meu cabelo, coloco uma roupa simples apenas para ficar em casa. Acho melhor não incomodar ninguém então apenas me jogo na cama e ligo a TV, assisto um filme qualquer de ação que está passando.

   Mais ou menos uma hora depois ouço batidas na porta, só pode ser uma pessoa, me levanto calmamente e abro a mesma.

   - Tae, vem comer. - Jin diz sorrindo.

   - Eu não estou com fome agora Jin, obrigado. - digo mentindo, já que na verdade estou com fome sim, eu apenas não quero sair do quarto.

   - Sem essa Tae, se você não vai até lá comer, então eu vou trazer o seu jantar aqui. - diz decidido e antes que eu possa impedi-lo de fazer isso ele sai andando em direção as escadas.

   Deixo a porta encostada pois sei que logo ele voltara, volto a me deitar, desta vez mexendo no celular, vejo algumas mensagens do meu primo que decidi ignorar.

   Primo convencido : Tae, eu quero falar com você.

   Primo convencido : Tae, me desculpa, eu não sabia que isso ia acontecer.

   Primo convencido : Tae, você sabe que eu posso te achar não é ?

   Primo convencido : Eu só quero saber se você está bem.

   Primo convencido : Por favor me responde.

   São sempre as mesmas mensagens, eu já até sei a ordem que elas vão chegar, espero que em algum momento ele entenda que eu não estou nem um pouco afim de falar com ele.

   ( Ji Young )

   - Amor, ele não responde minhas mensagens. - falo para o alfa que está deitado.

   - Eu sei amor, me desculpa mais uma vez, foi uma ideia estupída, eu não devia ter chamado os meninos depois de tanto tempo, você se lembra do que aconteceu com o Taeyang. - diz meio cabisbaixo.

   - Não acho que esse seja um motivo para dizer que o Tae precisa apanhar.

   - Ele só ficou nervoso por reencontrar ele, muito nervoso afinal.

   - É. - falo me sentando ao seu lado. - O que vamos ter que fazer para o Tae voltar a me enxergar como uma pessoa confiável ? - faço um pergunta retórica.

   - Já o salvamos de ser estuprado, talvez se o salvassemos de um sequestro. - sorri divertido, embora seja um assunto sério acabo sorrindo também.

   ( Jungkook P.o.v )

   - BamBam você me ligou ?

   - Sim, você está ocupado ?

   - Eu estou saindo do restaurante, por que ?

   - Queria que você passasse aqui em casa, é muito chato ficar sozinho.

   - Tudo bem, chego aí em quinze minutos.

   - Obrigado Kook.

   Ele sabe ser manhoso quando quer - sorrio comigo mesmo - entro no carro e começo a dirigir até a casa do beta, exatos quinze minutos se passam e eu chego ao meu destino. Como sempre eu apenas adentro a casa sem nem anunciar, subo até o quarto de BamBam, logo encontrando o mesmo jogado na cama com os braços abertos olhando para o teto.

   - Hey. - digo fazendo com que em um pulo o mesmo se sente na cama.

   - Você chegou ! - comemora.

   - Sim. - sorrio simples - O que vamos fazer ?

   - Hmm... - pensa um pouco - Que tal se assistirmos um filme ? - pergunta parecendo empolgado.

   - Por mim tudo bem. - sorrio - Mas eu posso tomar um banho primeiro ?

   - Claro, suas roupas estão no seu quarto, enquanto você toma banho eu vou organizar as coisas aqui. - sorri.

   - Tudo bem. - digo, logo me virando e me retirando do quarto.

   Frequento tanto a casa dele que tenho meu próprio quarto, ele passa muito tempo sozinho, é bom saber que eu ajudo ele a se divertir um pouco.

   Chego em meu quarto, pego roupas confortáveis e vou direto para o banheiro, logo me despindo, ligando o chuveiro e deixando que a água escorra por todo o meu corpo, sentindo meus músculos relaxarem.

   ( Chanyeol P.o.v )

   ( 21:15 )

   - Então eles concordaram com a propósta de vocês ? - pergunto ao meu irmão que está concentrado em alguns papéis.

   - Sim. Por isso eu e Jin vamos viajar daqui dois meses em uma viagem de duas semanas para o exterior.

   - Isso é muito bom ! - falo sorrindo.

   - É bom eles terem aceitado a proposta, ou é bom porque você vai conseguir se aproximar mais do Taehyung quando o Jin não estiver por perto ? - desvia seu olhar dos papéis e me encara de um jeito irônico.

   - Sem essa Namjoon, eu estou feliz pela empresa. - talvez eu esteja feliz também por ter a oportunidade de ficar sozinho com Taehyung já que o Jungkook não para em casa, mas não vou admitir isso.

   - Então 'tá. - dá de ombros e volta sua total atenção ao seu trabalho.

   Me levanto e logo saio de seu escritório lhe dando um pouco de privacidade. Caminho calmamente pelo corredor em direção a cozinha, ao chegar na mesma encontro o ômega de cabelos castanhos lavando a louça.

   - Hey, como vai docinho ? - falo me aproximando do mesmo e tocando levemente seu queixo, o mesmo tira seu rosto de minha mão em um movimento rápido. - Você sempre se afasta, isso faz com que eu queira ainda mais me aproximar de você.

   Ele apenas ignora a minha presença aqui, faço então o que vim fazer, pego um copo de água e logo saio da cozinha, desta vez indo para meu quarto.

   ( Taehyung P.o.v ) 

   ( 21:30 )

   Depois de me deitar na cama lembro-me de que nem falei com Jimin e Hoseok. Decido então fazer um grupo onde possamos conversar ao mesmo tempo. 

    [ Você adicionou ChimChim e Hobi ] 

   Eu : Ei, pessoal

   Não demora muito e eles respondem

   ChimChim : Oi Tae !

   Hobi : Oi pequeno ! Como está ?

   Eu : Eu estou bem. 

   ChimChim : Estão te tratando bem não é ?

   Eu : Claro que sim.

   Hobi : Ele mora com o Jin, você sabe que o Jin é como uma mãe.

   Eu : É, o Jin é realmente uma pessoa maravilhosa. 

   ChimChim : E o irmão mais novo do Jin, como ele é ?

   Hobi : Jimiiin !!! 

   ChimChim : Saiba que eu só estou interessado nisso para o Tae, talvez ele queira um namorado.

   Eu : Com o Jungkook ? Até parece, ele é insuportável !

   Hobi : Ele não fez nada com você não é ?  

   Eu : Ah não, ele só é chato, e irritante, ele nem se aproxima de mim, acredite, eu prefiro assim.

   ChimChim : E o irmão do Namjoon ? 

   Eu : Ah, o Chanyeol, ele deu em cima de mim algumas vezes.  

   Eu : Espera, como você sabe do Namjoon, e que ele tem um irmão ?

   Hobi : Esqueceu que o Yoongi trabalha aí como segurança ? 

   Eu : Ah é, ele veio para o trabalho hoje ?

   Hobi : Ele deve ter chegado aí agora, hoje ele precisou entrar mais tarde. 

   Eu : Hm... Pessoal, eu tenho que ir dormir agora, amanhã nós temos que trabalhar, então precisamos descansar.

   ChimChim : Tudo bem então, até mais Tae. 

   Hobi : Boa noite Tae, se cuida. 

   Bloqueio o celular e o deixo em cima do criado mudo ao lado de minha cama. Me aconchego melhor na cama puxando o edredom para mais próximo do meu corpo, não demora muito e eu pego no sono.

   ( Jin P.o.v ) 

   ( 22:15 ) 

   Deitado na cama esperando Namjoon sair do banho, até que meu celular vibra anunciando uma nova mensagem. 

   Kookie : Jin, eu vou dormir na casa do BamBam hoje, beijos. 

   Eu : Tudo bem, se cuida Kookie, beijos. 

   Bloqueio​ o celular e jogo o mesmo em qualquer lugar na cama, logo em seguida Namjoon sai do banho apenas de cueca box. 

   - Namjoon, você acha que o Kookie tem um caso com o BamBam ? 

   - O que ? Hm... - ele pensa melhor - Acho que não. 

   - Mas ele está sempre na casa desse amigo dele, as vezes parece até que já são casados. - falo revirando os olhos, confesso que tenho ciúmes do meu irmão.

   - Calma Pink Princess, ninguém vai tirar o seu irmãozinho de você. - sorri confortante.

   - É claro que ele pode ficar com quem quiser, mas eu não quero que ele saia de casa tão depressa, eu sou acostumado com ele aqui. 

   - Eu acredito que ele não vá morar junto com ele princess, não se preocupe.

   - Tudo bem. - sorrio e abraço o alfa que agora está deitado ao meu lado, logo iniciando um beijo quente e envolvente. 

   - Você me deixa louco. - Namjoon diz depois de cessarmos o beijo, logo levando minha mão até uma ereção que já começa a se formar. - E você só precisou me beijar. - diz selando nossos lábios novamente.

   Parece que vai ser uma noite longa. De novo.

   ( Jungkook P.o.v ) 

   ( 09:30 ) 

   Acordo na cama de BamBam com o mesmo dormindo ao meu lado, com a cabeça apoiada em meu peito. Tento sair sem acordar o beta, mas falho quando vejo o mesmo abrir os olhos de um jeito manhoso, logo se envolvendo mais ainda em meu corpo, pressionando sua cabeça mais ainda contra meu peito.

   - Bom dia pequeno. - falo sorrindo, embora ele tenha a mesma idade que eu, ainda tenho o costume de chamá-lo de "pequeno".

   - Bom dia Kookie. - fala enquanto esfrega os olhos, de um jeito que faz com que ele pareça uma criança de cinco aninhos. - Você não foi trabalhar hoje ? 

   - Ah não, você sabe que eu não fico muito no restaurante. - sorrio.

   - Vem, vamos tomar café da manhã. - diz se sentando na beira da cama e se espreguiçando calmamente.

   Levantamos e vamos até a cozinha, preparamos o café juntos, como um casal perfeito, é claro que nós não nos enxergamos dessa forma, por isso é tão fácil compartilhar essa intimidade com ele. 

   Depois de tomarmos o café da manhã nos sentamos no sofá para assistirmos qualquer coisa que esteja passando. Meu celular vibra e faz com que eu desvie meu olhar da TV.

   Kai : Ei Jungkook, quer se encontrar comigo, com o Lay, com o Kyungsoo e com o Suho ?

   Eu : Onde vocês estão ? 

   Kai : Naquele parque que fica perto do seu restaurante. Ah, e se você falar com o BamBam chama ele também.  

   Eu : Tudo bem, já já nós chegamos aí.

   Kai : Estaremos esperando.

   ( Chanyeol P.o.v ) 

   ( 10:30 )

   Eu : Youngjae você vai mesmo ao shopping comigo ?

   Youngjae : Claro que vou. Chego aí em cinco minutos. 

   Bloqueio o celular e me deixo cair no sofá enquanto espero o ômega, quero comprar um presente para o Taehyung, mesmo não fazendo ideia do que ele gostaria de ganhar, mas confesso que mesmo eu o tratando como se ele fosse só mais um cara com quem eu fico numa noite de balada, ele me chama atenção de alguma forma. Ele tem um jeitinho tão meigo, seu rosto parece ter sido feito por mãos de anjos, e quando eu o vi sorrir com o Jin, ah aquele sorriso quadrado é maravilhoso. Se eu estou apaixonado ? Não, é só uma atração momentânea, e eu quero conquistá-lo, e talvez com um presente eu consiga um pouco da confiança dele.

   Escuto a buzina do carro ao lado de fora da casa, o que me faz afastar os pensamentos sobre Taehyung, me levanto calmamente e saio de casa, logo avistando o carro de Youngjae parado em frente ao portão. 

   Entro no carro do mesmo, e logo começamos a seguir para a casa do ômega e do beta que vão nos acompanhar. Não demora muito e estamos todos juntos no carro.

   - Então, vai procurar um presente para o ômega ? - Yugyeom pergunta sentado no banco de trás do carro junto a Jin Young que me encara através do espelho retrovisor.

   - Sim, na verdade eu não sei do que ele vai gostar, na verdade eu só convivo com ele a três dias. - respondo ainda pensando no que devo dar para o ômega. 

   - Não se preocupa, nós vamos te ajudar com essa decisão. - Jin Young diz parecendo animado. 

   Chegamos ao shopping, logo começamos a caminhar calmamente pelo mesmo, procurando por alguma coisa que vagamente me lembre Taehyung, os meninos já tentaram me dar varias dicas, blusas com frases fofas, algum tipo de enfeite para o celular, sapatos novos, entre outras coisas do tipo, mas eu não consigo imaginar nenhuma dessas coisas agradando o ômega, até passar por uma loja de ursinho de pelúcias, entro imediatamente na mesma. Praticamente todo mundo gosta de ursinhos não é ? - penso comigo mesmo - vou comprar um desse para o Taehyung.

   Depois de caminhar por um tempo pela loja fico em duvida entre dois, um leãozinho e uma raposinha.

   - Youngjae, qual você acha melhor ? - pergunto erguendo os dois, cada um em uma mão.

   - Os dois são fofos, por que não leva os dois ? - pergunta um pouco distraído olhando outros bichinhos da loja.

   - É, você está certo, melhor prevenir do que remediar. - digo logo me direcionando ao caixa para pagar os dois ursos escolhidos.

   Youngjae acaba saindo com um bichinho que ele gostou também, caminhamos os quatro por mais alguns minutos, por algumas lojas, desta vez para comprarmos coisas para nós mesmos.   
  
   Assim que o relógio marca meio dia decidimos almoçar em algum restaurante próximo, logo saindo do shopping, por sorte o estabelecimento de Jungkook não é longe, e é um lugar onde podemos comer de graça - sorrio com o meu pensamento, já que está claro que podemos pagar o restaurante mais caro da cidade se quiséssemos.

   Chegamos no lugar, e logo nos sentamos numa mesa próxima à janela, está um dia bonito, e com uma brisa agradável. Pedimos, e começamos a conversar sobre coisas aleatórias, ou sobre com quantas pessoas ficamos na última festa que fomos.

   O tempo passa rápido, e quando volto a olhar o relógio vejo que são duas da tarde, é claro que eu não tenho preocupações com horário, então apenas continuo o passeio tranquilamente.

   ( Jungkook P.o.v )

   ( 14:30 )

   - E eu acho que você fica bem com o Suho. - falo divertido assim como ele fez comigo.

   - Ah disso eu sei. - faz uma cara de convencido. - A gente só não quer se assumir agora. - diz abraçando o beta sentado ao seu lado.

   - Nada disso ! - Suho diz fugindo dos braços de Lay. - Não me envolve nisso não.

   - Feitos um para o outro. - BamBam diz divertido.

   - Chega disso ! - Suho se pronuncia mais uma vez. 

   - Mudando de assunto, eu falei com o Youngjae ontem, e parece que ele ia acompanhar o Chanyeol, para comprar alguma coisa para o ômega que se mudou para sua casa. - Kuyngsoo se pronúncia pela primeira vez nesta conversa. - O Chanyeol está apaixonado?
 
   - Esse ômega até que é bonitinho, mas acredito que não a ponto de deixar o Chanyeol apaixonado. - respondo simples enquanto me levanto para voltar a caminhar pelo parque.

   Logo os meninos começam a me acompanhar calmamente, andamos os seis sem rumo. Kai e Kuyngsoo trocam algumas frases melosas de vez em quando, Lay como sempre provoca Suho, vez pegando em sua mão, vez o abraçando, e eu, apenas converso sobre assuntos aleatórios com BamBam.

   ( Taehyung P.o.v )
   
   ( 19:00 )
 
   Até pouco tempo eu estava sozinho em casa, mas agora já tenho companhia. Jin e Namjoon estão no "banho" e Jungkook parece estar na sala assistindo qualquer coisa, na verdade não me interessa o que ele está fazendo. Porém infelizmente eu estou com sede e terei que descer para pegar água.

   Saio do quarto e desço as escadas calmamente, logo confirmando minha teoria - de que Jungkook está na sala - passo sem olhar para o alfa, e creio que ele faz o mesmo em relação a mim.

   Depois de beber um copo de água me sinto satisfeito e preparado para voltar a me trancar em meu quarto, ao passar pela sala o barulho da porta abrindo se faz presente, anunciando a chegada do único morador que faltava, ignoro e volto a seguir meu caminho, porém sou interrompido assim que coloco um de meus pés no primeiro degrau.

   - Ei, Taehyung ! - a voz do alfa que acabou de chegar faz com que eu desfaça o meu movimento e vire em sua direção.

   - Oi Chanyeol. - respondo curto, esperando que o mesmo me mande uma de suas cantadas.

   - Trouxe uma coisa para você. - estende uma de suas sacolas para mim.

   - 'P-pra mim ? - pergunto pressionando o meu dedo indicador contra meu próprio peito.

   - Sim 'pra você. - diz se aproximando para entregar-me a sacola, e eu pego a mesma. 

   - Por que ? - pergunto olhando o embrulho azul com algumas bolinhas brancas e o vermelho, que permanecem na sacola.

   - Eu espero que possamos ser amigos, e achei que se eu te mostrasse que posso ser legal seria mais fácil me aproximar de você. - diz me olhando - Vamos lá, abre ! - diz parecendo ansioso.
 
   Pego com cuidado o embrulho azul, percebo que o que tem dentro é macio, abro o mesmo com cuidado, logo revelando um leãozinho de pelúcia, que particularmente achei muito fofo, sorrio enquanto seguro o bichinho em minhas mãos.

   - Agora o outro ! - Chanyeol pede animado.

   Pego o embrulho vermelho e faço os mesmos movimentos que fiz com o anterior, desta vez revelando uma raposa, que se não me engano é do filme "zootopia" abro um sorriso assim como alguns segundos atrás.

   - Obrigado Chanyeol, eu amei eles ! - respondo sincero e animado.

   - Que bom que gostou. - sorri simples. No fim das contas ele parece uma pessoa gentil.

   - Agora eu vou levá-los para o quarto e apresentar para os meu outros bichinhos. - falo sorrindo encarando os que acabei de ganhar.

   - Tudo bem. - Chanyeol diz simples.

   Volto a direção para a escada, e subo a mesma rapidamente, logo saindo do campo de vista de Chanyeol.

   ( Chanyeol P.o.v )

   - "Apresentar para os meus outros bichinhos". - Jungkook diz debochando do ômega que acabara de sair do cômodo.

   - Ele é fofo, qual o problema ? - pergunto me sentando ao seu lado.

   - Nenhum, se você gosta dele, não posso fazer nada. - diz dando de ombros.

   - Eu não gosto dele desse jeito, mas gosto de desafios, e ele com certeza é um. - respondo simples.

   - Talvez seja. - dá de ombros outra vez. - Ele é tão inocente que deve ser virgem ainda. - diz sorrindo.

   - Não vejo problema nisso. E também não vejo problema em ser o primeiro dele. - coloco um sorriso pervertido no rosto logo imaginando essa situação. 

   - Tanto faz 'pra mim. - diz voltando sua atenção para a televisão.

   Me levanto sem dizer nada e começo a ir em direção as escadas subindo para o meu quarto desejando um banho relaxante.

   ( Jin P.o.v )

    - Isso foi ótimo. - digo entre os suspiros por causa de minha respiração descompassada.

   - Claro que foi. - Namjoon diz fechando o chuveiro e logo deixando uma toalha sobre meus ombros. - E você sempre me enlouquece com seus movimentos. - diz e eu me sinto corar de vergonha.

   - Eu ainda tenho vergonha quando você me fala essas coisas. - sorrio sem jeito.

   - Mas não tem vergonha quando está gemendo meu nome não é ? - pergunta divertido e recebe um tapa no braço como resposta.

   - Agora vamos sair logo, quero ver como o Taehyung está. - falo saindo do banheiro e indo em direção ao closet escolher uma roupa qualquer para ficar em casa.

   Depois de me vestir com uma calça de moletom e uma camisa preta saio de meu quarto caminhando em direção ao de Taehyung, logo chegando ao mesmo e dando duas batidas na porta. "Entra" é o que eu escuto, e ao entrar no quarto vejo uma cena que faz com que eu pense que o ômega é uma criança de cinco anos. O de cabelos castanhos está sentado no centro da cama, com todos os seu bichinhos de pelúcia espalhados de frente para si, segurando dois específicos em seu colo.

   - Oi Jin. - diz me olhando.

   - Oi pequeno, vim ver como está. - digo me aproximando do menor e sentando na beirada da cama, que é o único lugar onde resta um pouco de espaço.

   - Ah, eu 'tô bem. - diz brincando com a raposinha em seu colo.

   - Que bom, e desculpa a pergunta mas você brinca com seus ursinhos ainda ? Pensei que fossem só enfeites. - digo enquanto pego um coelho cinza que está próximo de mim.

   - Não, mas hoje o Chanyeol me deu esses dois. - diz erguendo os dois específicos em seu colo. - Então decidi apresentar eles para os demais. - diz calmo e eu sorrio com a cena, esse menino transborda inocência.

   - O Chanyeol te deu esses ursinhos ? - pergunto para confirmar o que acabei de ouvir, e como resposta recebo uma afirmação com a cabeça. - Isso é novidade. - falo surpreso pela atitude do alfa.

   - Por que ? - pergunta voltando a me olhar. 

   - Ah, o Chanyeol não demonstra muito carinho, ele não costuma fazer gestos fofos. - digo devolvendo o bichinho que peguei ao seu lugar. - Bom, já que você está bem, eu vou preparar o jantar. - digo me levantando e sorrindo em direção ao menor.

   - Eu te ajudo. - diz se levantando e deixando seus ursinhos espalhados no mesmo lugar.

   - Tudo bem. - digo sorrindo e o mesmo começa a me seguir em direção às escadas.

   ( Hoseok P.o.v )

   ( 21:50 )

   - Yoongi, toma cuidado amor. - digo depositando um beijo nos lábios do alfa que agora sai para trabalhar na casa de Jin.

   - Pode deixar pequeno. - diz acariciando meus cabelos. - E você sabe que tem o alfa mais durão de todos não é ?! - sorri brincalhão e convencido.

   - Você é um bobo isso sim ! - digo lhe dando um tapa fraco no braço.

   - Eu sei disso. - sorri. - Agora tchau. - diz e depois sela nossos lábios novamente. - TCHAU JIMIN !. - fala num tom de voz mais alto já que o ômega está em outro cômodo.

   - Tchau ! - Jimin responde abafado por conta da distância.

   Yoongi sai e eu fecho a porta a minha frente, depois me viro e caminho até o quarto de Jimin, encontrando o mesmo jogado na cama sorrindo para a tela do celular.

   - Oi Jimin. - digo adentrando o quarto.

   - Oi Hobi. - diz olhando rapidamente para mim, mas logo voltando sua atenção ao aparelho eletrônico em suas mãos.

   - Com quem você está falando ? - pergunto me aproximando do ômega.

   - Com o Jae. - diz sorrindo novamente.

   - Então está explicado o motivo de tantos sorrisos. - digo me sentando ao seu lado. - Você me lembra de quando eu comecei a namorar o Yoongi.

   - Nós não estamos namorando. - diz corando só com a ideia de ter o alfa para si - Mas eu não sei como foi a história de você com o Yoongi, e adoraria escutá-la. - diz bloqueando a tela do celular e deixando o mesmo ao seu lado na cama.

   - Tudo bem, eu vou te contar então. - pego fôlego para  continuar a falar. - Eu conheci o Yoongi quando eu tinha quinze anos, e ele dezesseis, mas como ele tinha repetido estava na minha sala, e acredite ou não, eu era nerd, e por isso o Yoongi sempre zombava de mim, ou dava um jeito de me irritar, eu fiquei aturando isso por dois anos, até o baile de formatura.
Eu tinha um paquera na época, mas agora nem me lembro o nome dele. - volto a pegar fôlego - Então eu me abri para esse tal paquera e perguntei se ele queria ir comigo ao baile, mas ao invés disso ele derrubou uma lata de refrigerante em mim, dizendo que era hétero, que ele tinha nojo de mim e que ele nunca sairia com uma pessoa como eu. Depois disso eu saí correndo da escola, e fui em direção a minha casa, mas no caminho eu senti que alguém estava me seguindo, e era o Yoongi. - olho para o de cabelos vermelhos que mantém sua total atenção em mim, me incentivando a continuar - Então, ele disse que viu toda a cena, e também disse que se eu estivesse disposto ele me levaria ao baile. Embora ele tenha me perturbado por muito tempo eu ainda queria muito ir ao baile, então decidi que iria com ele. Quando a noite do baile chegou, Yoongi foi até a minha casa me buscar, e eu confesso que ele estava lindo. Mas não quis dizer nada. Quando o baile estava na metade, começamos a dançar, mas assim que uma música lenta começou eu tentei me afastar do mesmo para não criar um clima chato, mas para a minha surpresa, ele apenas juntou mais nossos corpos me pegando pela cintura. - agora o ômega me olha surpreso - E então no meu ouvido ele sussurrou palavras que me fizeram paralisar na hora, e que eu nunca vou esquecer.

   - O que ele disse ? - o ômega pergunta ancioso.

   - Ele disse : "Jung Hoseok, eu quero te pedir desculpas, eu sei que fui um cretino durante esses dois anos. Mas quero que saiba que isso foi só para chamar sua atenção, eu queria me declarar mas nunca tive coragem. No dia em que eu te vi se declarando para aquele idiota, eu tomei coragem para finalmente fazer isso hoje. Eu estou apaixonado por você, e quero ser o alfa que vai te proteger e te amar para sempre. Essa é só mais uma história clichê, onde a pessoa maltrata porque não consegue demonstrar o amor que sente, mas eu realmente espero que essa nossa história tenha um final feliz."

   - Que declaração fofa. - diz enquanto sorri com cara de apaixonado.

   - E depois disso, ele pegou meu número, e começamos a conversar por mensagem de texto, e eu ficava bobo apaixonado igual você está agora em relação ao Jae. - digo olhando para o de cabelos vermelhos.

   - É, eu realmente gosto do Jae. - diz sorrindo bobo - Ele é bom para mim.

   - Que bom que você encontrou alguém que realmente se importa com você. - falo sincero.

   Depois dessa conversa eu me levanto dando "boa noite" para o ômega e indo em direção ao meu quarto.

   ( Jimin P.o.v )

   Depois que Hoseok sai do quarto eu volto a minha atenção para a conversa com Jae.

   JB : Jiminnye, você sabe que eu faço qualquer coisa para ver esse seu sorriso. Estou disposto até a te comprar lanches sempre que quiser.

   Rio da situação, mas ele está certo, eu realmente fico feliz com comida. E quem não fica ?

   Eu : Você é mesmo um amorzinho Jae.

   JB : Só com você, mas então, mudando de assunto... Você quer sair comigo na sexta. Tipo dar uma volta. Não sei, você que sabe.

   Sorrio com o nervosismo dele, e a confusão nas mensagens.

   Eu : Eu adoraria Jae. Então sexta que horas ?

   JB : Pode ser às 20:00 ?

   Eu : Claro, pode sim, está marcado então. Agora eu preciso ir dormir tenho que trabalhar amanhã. Até mais, beijos.

   JB : Até, beijos pequeno.

   Bloqueio o celular com um sorriso no rosto, mais um encontro com ele, isso é como um sonho. Acabo pegando no sono com Jae em meus pensamentos.

   ( Narrador P.o.v )

   Taehyung agora está sendo agradado por Chanyeol que quer tentar se aproximar do ômega. Jungkook não quer nem se envolver nessa história, ele tem as próprias preocupações na vida, e não lhe importa o que as pessoas fazem ou deixam de fazer. Jimin e Jae estão cada vez mais próximos um do outro. Então de certa forma podemos dizer que está tudo calmo e tranquilo para os meninos, mas como nem tudo é sossego, tudo isso pode virar um mar bravo. A vida de Taehyung já mudou drasticamente, eu não duvido nada que várias coisas acontecerão só para testar esse jovem ômega, e como ele vai lidar com isso ?


Notas Finais


E aí, o que acharam ?

Espero que tenham gostado ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...