História Deixem minha lua brilhar - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Lilith "Lily" Page, Malévola, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Emma Swan, Regina Mills, Swanqueen
Visualizações 23
Palavras 533
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo?!
Sim, vamos postar dois capítulos de dois em dois dias.
Vamos ao capítulo.

Capítulo 2 - Tiraram minha lua do meu céu


Fanfic / Fanfiction Deixem minha lua brilhar - Capítulo 2 - Tiraram minha lua do meu céu

Sabe o que é se apaixonar e ter que deixar esse seu amor por não poder e nem ter forças para lutar?

Sabe o que é ter que perder quem você mais amou?

Amou não, ama, pois não importa quantos anos, dias, horas, minutos e segundos passe você nunca ira esquece-la, por que esse amor que você sente é real e é correspondido, mas por obra desse maldito destino foi separado, perdido, deixado, abandonado.

É a pior dor, não é uma dor de dente, uma dor muscular e sim a dor de finalmente encontrar alguém e ama-lá verdadeiramente, querer cuidar e nunca abandona-lá, mas nem tudo que queremos, que planejamos acontece como verdadeiramente queremos.

Hoje é meu aniversario de vinte e um anos, a onze anos me tiraram o verdadeiro amor da minha vida que procuro até hoje acreditando que ela esteja viva, ao meu aguardo para finalmente fecharmos o nosso legado, pois a amo, mesmo que esse amor tenha sido de infância.

Nunca amei tanto alguém como a minha lua, sim minha pois juramos ser uma da outra não importando os obstáculos que vamos encontrar, vamos sempre estar juntas.

Me chamava Sol Mills nome escolhido por minha querida mãe pois nasci com os cabelos negros como a noite, de olhos castanhos brilhantes como as estrelas e planetas, porém possuia uma alegria tão grande, uma felicidade tão bela e tão admirável que ela sempre falava que eu era o próprio sol, a própria estrela seleste que ilumina há todos com meu sorriso que brilha mais que uma estrela cadente, mas acho que esse nome não combina mais comigo, deixei esse nome pra trás apenas familiares me conhecem por esse nome, me fechei, me isolei, parei de brilhar e pedi a minha mãe que trocasse meu nome pois de sol eu já não tinha nada, não brilhava, não sorria, não havia sentido pois o sol não brilha sem sua lua para lhe ajudar, então minha mãe mudou meu nome para Regina que significa "rainha, forte, guerreira, destemida, temida por todos" e sendo sincera combina bem mais comigo do que sol já que não tenho mais meu amor ao meu lado para poder finalmente voltar a brilhar.

Mesmo em onze anos nunca parei de procurar por ela, sempre estive a pesquisar, a querer encontra-la e eu sei, eu sinto que um dia a encotrarei, o verdadeiro amor de minha vida, mesmo que tenha que matar, mesmo que eu seja ferida, eu nao ligarei pois eu a amo, não importa o que me acontecera e não há l nada que me impessa de procura-la pois nem um homem ou mulher me amará como ela me amou, como eu a amei, mesmo sendo criança era verdadeira a sinceridade de nosso amor, era e sempre será real pois nem com a nossa separaçao, nem com minha gravidez, nem com meus casamentos deixei de procura-la, de ama-lá, e de pensar em achar quem um dia me monstrou como é brilhar e se eu pudesse fazer um pedido a Deus e ele pudesse me atender pediria para ele deixar minha lua brilhar, deixar ela me amar, me permitir ama-lá, me permitir acha-lá, pois a amo mais que o universo e as estrelas.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Até segunda ❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...