1. Spirit Fanfics >
  2. Delegado Sasuke Uchiha >
  3. Dr.Uchiha e Dra.Haruno

História Delegado Sasuke Uchiha - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem dessa Onee

Capítulo 1 - Dr.Uchiha e Dra.Haruno


Fanfic / Fanfiction Delegado Sasuke Uchiha - Capítulo 1 - Dr.Uchiha e Dra.Haruno

Estava deitada no sofá de casa, trocando os canais da Netflix, meu gato preto ronronava ao meu lado jogado no sofá ,enquanto eu passava as mãos pela sua barriga fazendo carinho.

Coloquei em uma das minhas séries favoritas , enquanto ouvia o som da chuva la fora que parecia cada vez mais se intensificar, coitado de quem está la fora, pensei comigo mesma.

Até que meu telefone começa a tocar , no começo ignorei, minhas audiências ja haviam se encerrado essa semana, hoje era meu dia de folga então o que quer que fosse poderia ser resolvido amanhã, dei de ombros.

Mas faziam exatamente 5 minutos que o telefone não parava de tocar , olhei para o aparelho ao meu lado e me dei por vencida ,afinal para pessoa continuar me ligando  incansavelmente é porque deve ser algo importante que consequentemente tiraria minha paz , conclui suspirando.

E acertei em cheio, parabéns Sakura, resmunguei ao atender a ligação de Naruto que se encontrava preso na delegacia por dirigir embriagado e ultrapassar o limite de velocidade.Esfreguei as têmporas enquanto o ouvia relatar toda a situação inusitada, nunca fui a favor desse tipo de conduta , mas sabia que Naruto não estava normal, estava passando por um momento difícil, recebemos a noticia que Jiraya havia morrido a alguns dias e isso foi um grande baque para o Uzumaki que o via como um segundo pai.

Toda essa situação seria resolvida por um pagamento de multa, se não fosse pelo fato de Naruto ter sido direcionado justo para a delegacia do nosso "amigo" Sasuke Uchiha.Suspirei , imaginando a dor de cabeça que seria rever Sasuke depois de tantos anos.

E aqui estou eu na sala do delegado, encharcada por conta da chuva ,depois de ter dirigido igual uma louca, preocupada de Sasuke ter jogado Naruto com os piores presidiarios. O que eu não duvidaria pela sua inimizade com o loiro.

Já fazia duas horas que eu discutia com o senhor arrogante, que estava sentado em sua cadeira de couro me olhando com completo desdém.

-Pela milésima  vez Uchiha,solte o Naruto-kun eu não concordo com sua conduta , mas sabemos que isso não é motivo suficiente para ele ser preso sem fiança - Argumentei, apenas desejando a fiança para soltar Naruto e irmos pra casa.

-Naruto cometeu uma infração que poderia ter causado um homicídio Haruno, ele estava mais que o dobro do que era permitido, merece passar um tempo na cadeia.-Respondeu ríspido, refutando meu argumento-Não vai conseguir solta-lo, do que depender de mim.-E naquele momento percebi que Sasuke seria inflexível de todas as formas.

-Eu gostava mais de você quando eramos crianças Uchiha.Resmunguei cansada, Sasuke desde que assumiu o cargo de delegado, havia se tornado mais tudo, mais autoritário, mais possessivo , mais arrogante e infelizmente mais sexy.- Solte o meu Naruto-kun, se for preciso eu destruo essa delegacia - Disse com raiva , perdendo o pouco de paciência que me sobrará da discussão de duas horas sobre a atitude descabida do Uchiha de mante-lo preso.

-Se continuar com essa audacia , eu mesmo irei lhe prender Haruno.

De forma calma, ele se levantou de sua cadeira de couro, e foi em minha direção, sem quebrar o nosso contato visual, até ficarmos frente a frente.

-Naruto pode até ter tido a sorte de namorar uma excelente advogada -disse me fitando, aproximando nossos rostos-Mas essa delegacia é minha e assim como tudo que me pertence -deu mais um passo, deixando seu rosto próximo ao meu ouvido- Sou eu que mando nessa porra- sussurou raivoso,fazendo meus pelos da nuca se arrepiarem.- E não me importo com sua vontade de soltar seu Naruto-kun.-Debochou, se afastanto totalmente.

Com raiva fiz algo impensado ,peguei um porta retrato que estava em cima de sua mesa e atirei na direção da parede atrás de si.

-Ficou louca garota?- Me puxou com brutalidade jogando meu corpo contra parede.

- Você disse que iria me prender-Trinquei o maxilar- Então me prenda Uchiha.-Encarei seus olhos negros , o desafiando.

Ele passou um tempo assimilando o que eu estava dizendo, sem tirar o contato com meus olhos.Meu peito subia e descia com a respiração descompassada,estava sentindo uma queimação em meu rosto por conta da raiva, deveria estar corada e minha roupa estava colada por conta da chuva.Constatei isso quando seus olhos negros percorreram o caminho de meus olhos a boca até passearem pelas minhas roupas, sutilmente sua lingua passou pelos seus labios os umidecendo.E por um momento me peguei sentindo vontade de beija-lo, como a muito tempo não sentia.Seu rosto se aproximou devagar, como se tivesse cautela que a qualquer momento eu fosse afasta-lo.

-Continua marrenta, do jeito que eu gosto-Sorriu de canto,e antes que eu pudesse protestar, sua boca cobriu a minha.

Aquele beijo selvagem, que a tanto tempo havia me esquecido de como era, em um pequeno momento de distração com o meu entre abrir de labios,sua lingua já havia escorregado para dentro da minha boca, sua mão puxava levemente meus cabelos e seu corpo me prensava contra parede fria de sua sala.Involuntariamente como se fosse algo habitual, puxei seus cabelos negros entre os dedos, e me apoiei em seus ombros largos.

Seu beijo me embriagava,  seu cheiro, seus labios beijaram o canto de minha boca, descendo até meu pescoço fazendo uma pequena trilha de beijos até o vale do meus seios que estava exposto pelo decote da blusa.Sua boca quente, percorrendo minha pele fria.

-Pare Sasuke - O repreendi, soltando um suspiro, ele me olhou com seus olhos semiabertos , parecendo em transe, para logo me levantar pelos quadris.No susto, entrelacei minhas pernas em sua cintura e como me arrependi, até chegarmos em sua mesa senti seu membro duro roçando no meu íntimo.

Em cima de sua mesa,ele se colocou entre minhas pernas e me olhou.

- Você sempre me amou Sakura, você sabe disso, eu sei disso , quando vai deixar de lado o contrato que o idiota do seu avô está te fazendo cumprir e voltar pra mim.

- Você sabe que não é facil assim Sasuke, a empresa da minha familia está envolvida , eu não posso simplesmente deixar ela falir depois que os Harunos lutaram tanto por ela.- Disse sôfrega, desviando o olhar, era horrível voltar para aquele assunto, tivemos essa discussão a anos atrás,  quando ainda estavamos no ensino médio, quando ainda namoravamos, quando ainda eramos felizes.

-Eu não me importo com essa merda dessa empresa, com essa merda de namoro que ira se tornar um casamento.Você é minha e eu sou seu e isso nunca vai mudar e você sabe disso -Delicadamente ele puxou meu queixo,me fazendo olhar novamente em seus olhos.

-Naruto é um bom homem Sasuke , e eu não tenho outra escolha, tenho que fazer isso pela minha familia - O olhei séria,vendo indícios em seus olhos da mágoa que ele sentia.

-MAS VOCÊ NÃO O AMA SAKURA,COMO PODE SE CASAR COM ALGUÉM QUE NÃO AMA- Gritou como  eu nunca  havia escutado , deixando de lado sua mascara de imparcialidade e frieza.

- Não importa Sasuke, esse é o maior bem da minha família meu avô morreria de tristeza e meu pai não me perdoaria.

-E ISSO VALE PELA SUA FELICIDADE SAKURA? VOCÊ NÃO SE IMPORTA CONSIGO MESMA OU COMIGO? SABE A MERDA QUE EU PASSEI DURANTE TODOS ESSES ANOS DESDE QUE VOCÊ ME DEIXOU ,E PIOR AINDA TE VER COM A PORRA DO CARA QUE DIZIA SER MEU MELHOR AMIGO.

-Você vai encontrar outra pessoa Sasuke , pare com isso -Tentei manter a postura , segurando qualquer lagrima que pudesse escorrer.Já não via mais o grande delegado e a melhor advogada de Konoha naquela sala,nem a Sakura e Sasuke de 17 anos, cheios de esperanças, sonhos e amor, eu via um homem de coração despedaçado e uma mulher culpada.

- MAS QUE DROGA SAKURA ,NÃO HÁ NINGUÉM SE NÃO FOR VOCÊ - Seu rosto se afundou em meu colo, sentia sua respiração pesada , e suas palavras me abalaram como ninguém fazia.

Permanecemos em silêncio , digerindo cada uma das palavras que foram proferidas e aproveitando mais uma vez o espaço que dividiamos, depois de tanto tempo separados.

 

-Você vai se casar com ele amanhã? - Questinou, ajeitando sua postura me fitando novamente.

- Você sabe que sim, e sabe que não adianta prende-lo, amanhã minha petição chegará ao juiz e em menos de 24hrs ele estará livre.

 

-Então só me resta aproveitar o tempo que ainda temos - Sorriu amargo, capturando meus labios novamente em um beijo carregado de paixão.

Eu queria poder me afastar Naruto, mas é a Sasuke que meu corpo e coração pertencem.Me lamentei correspondendo aquele beijo na mesma intensidade.

Puxei seus cabelos negros,arrancando com força a parte de cima de sua farda, ele desabotoava minha camisa social deixando meus seios cobertos pelo sutiã de renda a mostra.

-Calma,princesa quero aproveitar cada minuto- Sorriu malicioso,beijando vagarosamente meu pescoço , até o colo dos seios, onde mordeu com força.

-Porra Sasuke- resmunguei, seus olhos transmitiam diversão.Beijando onde havia acabado de morder.Arrancou meu sutiã, o jogando longe, dando atenção os bicos dos meus seios que estavam enrijecidos , os chupando e apertando entre os dedos.

Ele empurrou tudo que tinha sobre a mesa me fazendo deitar sobre ela, me analisando com o sorriso cafajeste de canto.

-Vamos ver se o seu Naruto-kun irá te satisfazer - puxou minhas pernas colocando cada uma por cima do seu ombro, deixando minha intimidade coberta pela calcinha totalmente exposta pela saia que havia dobrado.

Ficando de frente a minha intimidade, beijo,deu leves lambidas , até empurrar a calcinha para o lado, lambendo diretamente , dando leves mordicadas no clitoris me fazendo delirar.

Em seguida,chupou os pequenos labios , fazendo movimentos com os dedos no clitoris , o apertando entre eles, não aguentava segurar meus próprios gemidos.

Enfiou o primeiro, o segundo dedo, estocando minha intimidade com precisão e rapidez ,me fazendo gozar pela segunda vez.

O olhei suada, com os olhos semiabertos, Sasuke entre minhas pernas agora em pé, com seu abdomen definido e sorriso ladino.Um perfeito de um gostoso como sempre foi, como os anos e o treinamento de delegado lhe fizeram bem.

-Sasuke - O chamei manhosa - Quero você dentro de mim, agora - Ordenei.Em resposta seu sorriso cafajeste se alargou ainda mais,abriu a gaveta de sua mesa e de lá tirou algo que eu não esperava.

-Vem aqui bebe - sentou na sua cadeira, batendo uma das mãos na coxa.

Engoli em seco, o que ele estaria planejando, o olhei desconfiada.

Ele me puxou para o seu colo e quando menos esperei estava com as mãos algemadas.

-Sasuke Uchiha me solte - Mandei,fazendo bico.

-Essa noite eu mando Sakura- me virou bruscamente, deixando minha bunda virada pra si,o olhei de lado, ele mordeu o labios inferior.

Sua mão direita desferiu um tapa estalado em minha bunda,senti a ardencia, em seguida mais alguns, para depois me soltar.

-Como você está malvado Sasuke-kun-Choraminguei não podendo massagear o local por estar com as mão presas.E então ele deu um beijo onde havia batido e deixado sua mão.

- Você não merece que eu seja bonzinho.- Dizendo isso puxou a algema e me empurrou contra mesa,fazendo com que metade do meu corpo se deita-se nela e a outra metade ficasse pra fora com minha bunda arrebitada.

Suas mãos passavam pelas minhas costas , bunda e pernas , massageando, apertando, até pararem em minha intimidade fazendo movimento com os dedos.

-Peça Sakura, peça para eu te fazer minha -Apertou meu rosto entre as mãos, desferindo outro tapa em minha bunda.

-Está se achando demais Uchiha- Sorri provocativa.

E sem aviso prévio,para me castigar, se enfiou de uma vez em mim , em um movimento rapido e forte.

-SASUKE -Soltei um grito, gemendo extasiada.

-Para você aprender a controlar essa boquinha atrevida- gemeu,me estocando em movimentos rapidos e fortes.

Até me virar de frente pra ele novamente em cima da mesa , segurando minhas pernas.A cada estocada meu corpo e a mesa se movimentava com sua selvageria.

-humm,a quem você pertence Haruno, me diga-Perguntou entre os seus baixos gemidos.

- Você não manda em mim Uchiha -falei entre os gemidos altos pausamente , não sabia onde tirava forças para isso.Mas seus olhos se tornavam mais selvagens a cada atrevimento meu e suas punições eram deliciosas.

- Você gosta que eu te castige não é minha menina - Sorriu, deitando sobre mim me estocando mais fundo.

Gemi descontroladamente o apertando, fazendo com que chegássemos ao clímax.E assim passamos a noite toda aliviando o grande tesão sexual que reprimimos por todos esses anos.

 

O sol havia nascido, a sala da delegacia estava iluminada pela grande janela do segundo andar, nossas roupas estavam jogadas ,assim como nós estávamos no chão.

Estava deitada no peito de Sasuke, havia perdido as contas de quantas vezes nos amamos.Me levantei preguiçosamente, beijando seus labios, o moreno havia tirado um breve cochilo.Fui em direção ao meu celular, eram 6:50, faltavam 10 minutos para que a rotina matutina da delegacia estivesse ativa, com a entrada de policiais para entregar documentação para o delegado.

Recolhi minhas roupas rapidamente , me vestindo, tentando deixa-las o menos amassadas possível , Sasuke logo acordou de seu cochilo fazendo o mesmo que eu, ainda sim me olhando me vestir.

Logo a porta é aberta por um moreno fardado de policial, o qual eu reconhecia , pelos cabelos amarrados em um rabo de cavalo e os traços semelhantes.

-Bom dia Sasuke e Sakura -  o moreno nos olhava surpreso.

-Olá Itachi - Respondi sem graça, imaginando o que ele poderia estar pensando.

- Bom, eu vim entregar os papéis da soltura de Naruto, foram ordens expressas do Juiz , eu só vim oficializar com você Sasuke. - Disse entregando os papéis para o mesmo, logo se dirigindo para porta- O Naruto está preso no primeiro andar da delegacia Sakura, estarei lhe esperando do lado de fora para que possa pagar a fiança - Informou saindo.

Sasuke ficou me analisando enquanto eu terminava de ajeitar minha roupa  tentando me deixar com a melhor aparência possível.Fiquei de frente pra ele ,suspirei, com o coração batendo forte no peito, colocando minha melhor mascara ,para então estender minha mão.

-Até mais Dr.Uchiha.

Ele deu um pequeno sorriso,amargo,apertando minha mão firme.

-Adeus, Dra.Uzumaki.


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...