História Delena " amar sem ser amada. - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Matt Donovan, Olivia "Liv" Parker, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood, Zachary "Zach" Salvatore
Visualizações 100
Palavras 1.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Quero agradecer a todos que comentaram no último capítulo e fico feliz por terem gostado.
Nos vemos nas nota final

Capítulo 19 - Novo.


Queria ter razões para desitir de tudo, queria ter razões para abandonar o que não me apraz, seria eu fraca, ou em parte eu estaria convicta comigo mesma?!6

Já devia ser mais de uma hora da manhã, desde a briga eu não sabia mais o que pensar, queria acreditar que eu estava sendo injusta com os dois.

Me assustei quando Katherine abriu a porta do quarto e pediu para entrar.

- entra. Digo tentando não demonstrar minha chateação. 

Ela já estava de pijama, a mesma amontuou os travesseiros deitando em cima.

- porque, está parecendo que você teve uma noite ?! Melhor do que a minha.

- porque eu tive ! Ela diz toda abobalhada.-Damon me pediu em namoro! 

- e não deveria estar orgulhosa com isso? Era oque os dois queriam eu acho. 

- e se... ele me trair, como você disse ele nunca namorou e sempre foi mulherengo, isso não muda da noite pro dia. A kath diz pensativa. 

- Damon, pode ser tudo, mais ele sempre é sincero, com o que ele quer  e o que diz.

Ao dizer isso repensei sobre estar sendo injusta com ele, em não ouvi-lo.

Mais eu também poderia estar sendo injusta com o Kai.

- nois transamos hoje. indagou Katherine rindo envergonhada.- ele é bom.

-Katherine!. repreendi.-sua obscena! Digo gargalhando, sempre ela me fazia ir, mesmo quando eu estava ruim.

Ela se sentou na cama, e olhou para o chão. 

- e aquele porta retrato quebrado no chão? 

Só até então eu me lembrei dessa droga. Tentei pensar em algo coerente.

- O óbvio, deve ter caido e eu nem percebi. Digo seria. 

- klaus me disse que te deixou sozinha, então com quem a senhorita veio?! Perguntou rindo.

Eu não estava tão animada para conversar, não sobre isso, mais sempre contei tudo para ela.

- Kai ,kai Parker me trouxe. Dou um sorriso fraco, então a mesma ascena com a cabeça para eu prosseguir. - e nos beijamos. 

-e você fala isso como se não fosse nada de mais?! Disse ela ironica.-você gostou? 

Nessa hora senti minhas bochechas ruborizarem, Kai me beijou, mais não foi como em filmes em que a mocinha senti borboletas, ou fica nas nuvens , mais foi bom.

-foi bom, eu acho. Digo 

Eu me sentia confusa, pois em seis anos nunca vi Damon daquele jeito, não entendi o porque dele bater no Kai, pensei na possibilidade dele estar com ciúmes de me ver com ele, mais descartei quando Kai não quiz me dizer o porque.

Tentei não pensar nisso, mais àquilo passava repetidamente na minha mente, até que percebi que eu eestava pensando no Damon, como eu podia ama-lo?! Eu  não o amo por ser um deus grego em pessoa, e sim por ser ele o Damon Salvatore o amigo confiavel.

Olhei para o lado e Katherine parecia já estar dormindo, percebi que não podia atrapalhar os dois, pois se eles estavam namorando eu teria que aceitar por mais que doesse. 

Decidi que conversaria com o Kai e o Damon amanhã e por essa noite eu apenas seria uma garota normal que dormiria com sua irmã. 

                     [...]

Acordei com o despertador e sentia que algo estava me faltando, parecia que eu tinha um buraco dentro de mim, estava desanimada ,Damon me levava para a escola todos os dias, isso só mudou apenas porque ele voltou para Itália.

Quando entrei no banheiro vi a Katherine como sempre, ela acordava primeiro todavia e estava à passar babylins formando cachos.

Sem olha-la, amarrei meu cabelo, o banheiro era grande com um enorme espelho, tudo era branco e beje, tinha uma penteadeira dentro com várias maquiagens, mesmo tendo uma em cada quarto, queria banhar na banheira mais não queria demorar muito,entrei no box, que era também grande, e banhei, não sei o porque mais senti necessidade de não conversar com a Kath, não sabia do quanto ela estava informada de ontem. Sobre a briga do Damon e do Kai.

Depois de um banho demorado, peguei a toalha e sai, ela já não estava mais na frente do espelho, fui até o quarto e vesti uma roupa, depois de me arrumar e escovar os dentes, desci as escadas e lá estava a Jenna terminando de por a mesa.

- aonde a Katherine está? perguntei para Jenna. 

- ela disse que iria de carro mais cedo, parece que deu problemas com a matricula dela.

Como estava só eu, e sinceramente achava um grande desperdicio comer sozinha, praticamente obriguei a Jenna a se sentar comigo para comer.

Só então percebi o quanto eu estava atrasada, e eu ainda não tinha mandado o meu carro pro conserto desde de ontem, quando Klaus me levou pro bar depois de meu carro ter estragado. 

Resolvi então ir rapidamente, camimhei até a escola em vinte e cinco minutos. 

Chegando lá, passei pelo estacionamento e quando eu ia entrando vi Kai que logo veio no meu rumo.

- Elena, eu quero pedir desculpas, sei que posso estar sendo babaca, mais eu ainda gosto de você desde aquela época...

- Kai?! Questiono confusa.- eu não sei.

- você deve ter uma impressão errada sobre mim e...

- e eu não deveria?! Pergunto um pouco ironica. - eu vejo você e o Damon brigando, sem eu saber o motivo e agora você veio me pedir desculpas. 

- tá, eu sei que fui idiota Elena, mais me dá uma chance, vamos sair hoje a noite e então você tira suas conclusões, está bem?

Eu queria entrar pra escola o mais rápido possível, se não eu iria de novo pra detenção por chegar atrasada, mai senti que Kai estava sendo sincero então resolvi dar uma chance a ele.

- está bem, pode ser as noves no Slainte. digo dando um sorriso leve e o mesmo me dá um selinho, quando ele sai vejo Damon me olhando com uma expressão de poucos amigos e bravo, dei um sorriso fraco e um asceno, ele não fez absolutamente nada, e continuou sério, camimhei até ele e o mesmo fechou a porta do carro. 

- oi. Digo timida.

E o mesmo me olha com indiferença e passa por mim sem dizer nada.

Será? Eu o tinha magoado mandando ele embora de casa.

Ele seguiu rumo a entrada da escola sem se quer me olhar, e a única reação que eu tive foi chorar.


Continua...





Notas Finais


Comentem e me digam oque acharam do capitulo? Deem sugestões e favoritem. Bjjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...