História Delicate - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Devil Studios
Visualizações 6
Palavras 1.614
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


...

Capítulo 3 - Capítulo 3 - Final


Dream fica alguns minutos ali parado. Mas logo se lembra dos tais 'spoilers' que Devil havia citado.

Rapidamente ele vai até a sala de Devil, que fica no primeiro andar.

Após um tempo no elevador ele chega na sala da mesma, logo ele abre a porta e vê aquele papel encima da mesa 'do chefe'

Dream: —"O que você tá escondendo?" — Pergunta a si mesmo, logo pegando o papel

Ele fica o analisando o papel por alguns minutos, ele tinha um título de 'Anotações'

Dream: —"Anotações? Anotações do que?" — Pergunta a si mesmo

—• Anotações •—

Drew e Bryan. Ambos delicados, sensíveis, fofos... Um casal perfeito.

Delicate, sensitive, cute... Delicate... Delicado em inglês... bom... isso pode descrever esse casal.

Mas não vou força-los a se amar. Pois... e a decisão deles...

Quero dar a chance que eu nunca tive, a Dream...

—•—•—•—•—•—•—•—•—

Dream: —“Então... Você deu uma livre escolha a mim...” — Diz a si mesmo

Ele deixa a anotação ali e se vira para ir embora

Dream: —”AI MEU CORAÇÃO!” — Grita assustado

Devil: —"Não devia mexer nas minhas coisas...” — Diz encostada na porta —”Você leu... Não leu?”

Dream: —"E-eu? Eu não li nada” — Diz bem nervoso

Devil: —”Você é igualzinho a mim, quando precisa mentir para um conhecido... Mente mal” — Diz encarando o mesmo

(Eu não consigo mentir direito kkkkkkkkkkk... As vezes...)

Dream: —”Eu li... Mas por que me deu livre escolha?” — Pergunta curioso

Devil: —”Por que eu decidi diferenciar um pouco...” — Diz rindo —”Não queria que você fosse igual a mim... Uma pessoa sem escolhas” — Diz meio séria

Dream fica pensando por um tempo. Mas logo corresponde com um sorriso simpático

Dream: —“Obrigado por me dar essa escolha” — Diz saindo da sala da mesma

~Quebra do tempo~

Mais um dia de trabalho, mais um desafio para o dia... Dream caminhava lentamente até o estúdio meio pensativo.

Dream: —”Ele gosta de mim...” — Diz com um sorriso tímido no rosto

???: —“SABIA!!!!” — Grita o terrorista

Dream dá um salto com o susto que levou

Dream: —”QUER ME MATAR DO CORAÇÃO, MATHEUS!?” — Grita bem assustado

Matheus: —"Eu sabia que estavam juntos... Juntos até demais” — Diz com um sorriso malicioso

Dream: —”E por que ele é o meu melhor amigo...” — Diz evitando o olhar

Matheus: —”Melhor amigo? HAHAHA Conta mais piada aí” — Diz com puro sarcasmo —”Eu olho todo mundo que passa na frente do meu estúdio... Inclusive você e o Bryan... Eu percebi o jeito diferente que você olhava para Bryan...”

Dream: —”E você sabe alguma coisa de olhares?” — Diz com tédio

Matheus: —”Sei sim... Por culpa do Riky... O desgraçado que vive me dando cantadas” — Diz com tédio —”Eu até decorei quase todos os tipos de olhares...”

Dream: —"O Riky está dando encima de você!? A Missty sabe!?”

Matheus: —”Disso eu não sei... Mas que ele fique com a Missty! Não comigo!” — Diz um pouco irritado —”Mas ele gosta da Missty também...”

Dream: —”O Riky e suas pelicurialidades...” — Diz rindo —“Mas... Quem eu quero enganar... Eu confesso que gosto de Bryan, seu jeito único...”

Matheus: —“Você gosta dele huh? O universo já sabia disso, garoto...” — Diz meio sério

Dream: —“Você entrou na sala da minha mãe né?” — Diz com cara de tédio

Matheus: —”Eu entro na sala de todo mundo... Para ver spoilers e para plantar bombas...” — Diz sem dar contato visual —“Aliás... Já é 9:28 da manhã... Tá atrasado...”

Dream: —“MERDA! Depois a gente se fala!!!!” — Diz correndo que nem um louco para o estúdio

~Após correr bastante...

O mesmo chega no estúdio tropeçando no próprio pé, quase caindo...

Dream: —”Desculpa a demora!” — Diz ofegante

O mesmo olha para o estúdio que estava vazio, apenas o Bryan estava ali

Bryan: —”Oi Dream! Esqueceu que hoje é o dia de folga?” — Diz rindo

Dream: —”O que está fazendo aqui então?” — Diz ainda ofegante

Bryan: — ”Devil me chamou para uma conversa breve...” — Diz sem dar contato visual —”Mas agora eu já estava de saída...”

Dream: —"Tudo bem... Como hoje é dia de folga... Que tal nós sairmos juntos? Não tenho nada pra fazer em casa...”

(EM CASA! EM CASA!!!!! AAAAAAAH)

Bryan: —“Ah... Claro senhor Dream” — Diz rindo um pouco

Dream: —”Mas deixa eu descansar! Eu corri que nem loko até chegar aqui!” — Diz bem cansado

~Depois de um longo tempo descansando...

Bryan: —“Então... Para onde vamos?” — Pergunta trancando a porta do estúdio

Dream: —“Bom... Não tinha pensado nisso” — Diz rindo um pouco

Bryan: —”Que tal irmos a minha casa? Assistir um filme ou... Sei lá...” — Diz meio envergonhado

(E esse 'sei lá' em Bryan 7w7 )

Dream: —“Está bem... Vamos?” — Diz com um sorriso simpático

Bryan acede com um sorriso no rosto. Ambos começaram a andar lentamente até a casa de Bryan, que não era muito longe dali.

Dream pensava nas palavras de Bryan... “... Essa eu deixo passar... Mas na próxima...”. Isso não assustava Dream, pelo contrário, ele estava curioso, não sabia o que Bryan iria fazer, mas estava bem ansioso por isso.

Bryan: —"Chegamos...” — Diz abrindo a porta

Dream entra na casa de Bryan com um comportamento tímido. Bryan fecha a porta e olha para Dream

Bryan: —”Fique a vontade...” — Diz num tom simpático

Dream se senta no sofá e fica no canto, como se fosse um estranho

Bryan: —“Não precisa ficar assim... Aliás... Quer ver um filme?”

Dream: —“Ok... Bom... Claro!”

Bryan entrega o controle para Dream, ao entregar para Dream, seus dedos se tocaram timidamente. Como uma sacada rápida, Dream pega o controle com velocidade, meio envergonhado.

Bryan: —"E-eu...” — Diz bem corado —“Bom... Vou preparar algo para nós...” — Diz indo para a cozinha

De algum modo o coração de Dream estava acelerado, bastante.

Dream: —”Se acalma, Dream...” — Diz a si mesmo

O mesmo liga a tv pelo controle e procura um filme. Do nada ele acha um filme de terror antigo

Dream: —“Huh... Talvez esse...”

Bryan aparece com um baldi, (Pera!) BALDE de pipoca... Ele se senta ao lado de Dream

Bryan: —“Prontinho...” — Diz com um sorriso

O filme começa, começa a contar sobre dois amigos que foram acampar (E eles morreram... FIM!). Ambos ouviram barulhos estranhos quando chegaram lá

Dream: —”VAI MORRER! QUER VER!” — Grita com raiva

Bryan: —“Eita...” — Diz enquanto ri

~Depois de 1 hora de filme...

Dream: —”SAI DAI SEU DEBI MENTAL! SEU RETARDADO DA P****!” — Grita enquanto ficava em pé encima do sofá

Bryan: —”Calma cara...” — Diz rindo da cara de Dream

Estava de noite, os dois amigos estavam em barracas separadas. Em uma das barracas... O garoto estava sendo morto por um espírito maligno, enquanto o outro se preparava para dormir

Dream: —“CÊ NÃO TÁ OUVINDO!? SEU AMIGO MORREU!!!” — Grita com bastante raiva

O amigo do amigo que foi morto (cê entendeu...) Dormiu tranquilamente

Dream: —”VAI PARA A P*** QUE TE PARIU, ARROMBADO!!” — Diz se sentando no sofá e cruzando os braços

Bryan: —”Calma Dream...” — Diz num tom calmo

Logo o mesmo abraça Dream de lado

Bryan: —”Vai morrer... Quer ver?”

O único que sobreviveu foge, e aparece um CONTINUA bem grande na tela

Bryan: —“... AH VAI SE F**** TAMBÉM! DESGRAÇADO IMORTAL!” — Grita entrando na onda

Dream começa a rir

Dream: —“Desgraçado imortal kkkkkkkkkkk essa foi boa...” — Diz rindo

Bryan: —”E a gente nem comeu a pipoca de tanto desgosto” — Diz começando a rir

Ambos começam a rir loucamente até chorarem de rir

Dream: —”E o cara dormindo enquanto o outro estava sendo morto kkkkkkk”

Bryan: —”Meu deus cara... Eu te amo demais” — Diz rindo

Dream para de rir e Bryan também

Bryan: —“... M-me desculpe...” — Diz bem corado

Dream: —”Tudo bem... Aliás eu te amo também...” — Diz com um sorriso simpático

Bryan trava e reinicia o sistema (kkkkkkkkkkk)

Bryan: —“... Você... Me ama?”

Dream: — ”Vamos parar com essa conversa de adolescente...” — Diz com um sorriso malicioso —“Somos adultos aqui...” — Diz derrubando Bryan e ficando acima do mesmo

Bryan: —"D-Dream?” — Diz ficando extremamente corado

Dream não pensou duas vezes em depositar um beijo na boca de Bryan. Um beijo calmo, delicado... A vermelhidão tomou conta do rosto de Bryan, que logo foi se entregando aos poucos.

Dream decide pedir a passagem, que é liberada rapidamente. A língua de Dream passeava pelos cantos da boca de Bryan, que estava amando isso. Mas logo isso teve que acabar com a falta de ar

Bryan: —“Eu não conheço esse Dream...” — Diz ofegante

Dream: —”Quer conhecer mais?” — Diz com um sorriso malicioso.

Logo Dream vai até o pescoço de Bryan e dá pequenos selares.

(Uma hora o Dream e o Uke, outra hora é o Seme... Meu deus... Seke?)

Depois de alguns minutos o mesmo dá pequenas mordidas junto de chupões.

Bryan: —“Você sabe mesmo como enlouquecer alguém...” — Diz meio ofegante

(Aí meu deus... Uma leitora morreu aqui... SALVA ELA!!!!)

Dream: —“Isso só foi para provocar...” — Diz dando uma mordida na orelha do mesmo —“Bom... Tenho que ir para casa! Até amanhã Bryan!”

Dream dá um selar longo nos lábios de Bryan, e logo se retira dali bem animado e feliz

Bryan: —”Me provocou bonito em senhor Dream...”

Mas logo dá um sorriso vitorioso.

A partir dali o amor entre os dois começou a aumentar. De vez enquanto trocavam selares no trabalho, mesmo não se importando se os outros funcionários do estúdio começassem a malíciar.

De vez enquanto eles davam uma 'reunião em particular' em uma das salas.

A cada dia eles ficavam apaixonados...

Mas ambos...

Delicados...


Notas Finais


Fim :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...