História Delight's Shop - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Seokjin (Jin)
Visualizações 12
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabs, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaa, essa é minha primeira fic e confesso que estou bem nervosa. Não espero muitos favoritos, nem comentários, nem nada.
Eu escrevo apenas por pura diversão e como tive essa idéia há um tempo, decidi postar. Tenho 2 capítulos prontos e terão três.
Bom, eu não ia postar hoje e talvez nunca postasse, mas hoje é o aniversário do Jin. E isso me fez pensar bastante no quão especial seria se eu postasse FINALMENTE essa fic bem do dia do niver dele. Eu realmente espero que vocês gostem.
To morrendo de vergonha de postar isso, meodeos.
E se não for pedir muito, mandem capas de capítulo e da própria fic, porque eu não levo jeito com edição

Capítulo 1 - Capítulo 1


    Me chamo ____, estou desempregada e totalmente atolada de dívidas. Meus pais morreram então nao tenho fonte de dinheiro e todos que conheço alegam não ter o suficiente nem para si; não acho errado, mesmo sabendo ser mentira.
A minha sorte é que eu me inscrevi para ser cobaia, testando alguns produtos. Já fiz o teste e irei receber meus resultados amanhã, para saber em qual empresa irei atuar. Deus me ajude.

Hoje sairá o resultado do teste, via internet. Faltam exatamente minutos e eu não paro de atualizar o site. 

Será que fui aceita? E se sim, para qual empresa?

Ok, 1 minuto.

Puta que pariu, é agora. 

Rolo os olhos e vejo muitos nomes para muitas empresas. Já começo a desanimar, mas aí vejo meu nome. Caralho, eu fui contratada. 

Um pouco depois de meu mini surto, vejo o nome da empresa da qual irei ser cobaia dos produtos. Se chama "Delight's shop". 

Espera... eu conheço esse nome, não me é estranho 

Ai, merda. É uma empresa de produtos eróticos. Eu poderia negar, mas eu preciso tanto desse dinheiro. Não posso recusar. 

Pelo menos será daqui uma semana. Assim dará tempo para eu processar tudo. Tantas perguntas se passam pela minha cabeça; eu vou ter um instrutor ou alguém que me acompanhe? eu ficarei nua na frente de alguém? terá mais pessoas fazendo o teste no mesmo local? Estou com tanto medo (e vergonha também). 


Já aceito o trabalho e chego o dia, estou a caminho do local no qual farei os testes do produto. Surpreendente o fato de terem me escolhido, não que eu não seja experiente, mas apenas porque deve - com certeza - haver pessoas mais adequadas do que eu. 

Ao chegar na recepção e me identificar, sinto-me nervosa. 

Chego ao andar desejado e espero na sala de espera, aguardando me chamarem, segundo a recepcionista. 

ㅡ Senhorita ____, por favor. ㅡ Puta merda, sou eu. E eu vou testar esse cacete. Pelo lado bom, era uma voz feminina, uma mulher Deus. Obrigada senhor.

Me direcionei a ela, na qual me levou a uma salinha.

ㅡ O senhor Kim está a sua espera. ㅡ Opa, ela disse Kim? E se for um velho tarado? Eu me recus...

Abobada, paralisei quando vi o senhor Kim. Se um dia eu iria me recusar a fazer esse trabalho, esse dia não era hoje. Eu definitivamente faria esse teste sem nem me pagarem. Que homem.

Olha, eu não sei se é possível, mas senti minha intimidade ficar molhada. Levei instintivamente minha mão à minha intimidade, recebendo um riso nasal do senhor Kim. Esse homem sabe o poder que tem.

ㅡ Estava à sua espera, senhorita _____. Podemos começar? ㅡ Disse o homem. E que Deus me perdoe, mas a força que eu estava fazendo para não voar nesse cara era muita. Cada ato seu me deixava mais sedenta pelos seus toques. 

Quer saber? Se eu vou testar uns produtos, nada melhor do que fazer o serviço completo, não é mesmo? 

A moça que me levou ali nos deixou a sós, o que me fez entrar na sala, percebendo tudo que havia ali. 

ㅡ Bom, me chame de Jin. Serei seu instrutor e irei te supervisionar. Você estará incumbida de testar todos os objetos, juntamente a outras mulheres com outros instrutores. Irei supervisionar apenas você. Seu contrato acabará daqui seis meses e caso quisermos sua permanência, seu contrato será anual. As cobaias são nossa fonte de feedback antes do produto ser lançado, podendo ser modificado, reprogramado ou cancelado. Gostaria de esclarecer todas as suas dúvidas para amanhã mesmo começarmos o nosso trabalho. Sinta-se à vontade. ㅡ Jin disse.

Percebi a infinidade de objetos existentes naquele lugar. Seria maldade falar que queria testar todos com aquele homem?

Andei em direção aos objetos e comecei a tocá-los. Por que tantos? Passei meus dedos em um vibrador rosa, parecido com um microfone.

ㅡ Este é o Rock, conhecido também por massageador varinha, sete níveis de vibração.

Me interessei bastante. Em seguida reparei em um outro, um tanto peculiar. 

ㅡ Este é o Fifi 2, ideal para quem curte masturbação clitoriana, sete níveis de vibração. 

Um outro rosinha...

ㅡ Wireless luxo, dez tipos de velocidade, com cerdas pra passar pelo corpo. 

Esse outro parecia estranho...

ㅡ Este é o Volta, seis velocidades e seis modos de vibração, feito de silicone, a prova d'água. Tem como objetivo lembrar um sexo oral bem feito. ㅡ Olhou de forma provocativa para mim. Ele pediu por isso.

ㅡ Hm, como eu o compararia com um sexo oral bem feito, sendo que ainda nem experimentei? ㅡ falei manhosa, me aproximando de meu superior. 

ㅡ Eu sou seu superior e isto aqui é a trabalho. Não podemos fazer isso.

ㅡ Mas ninguém vai descobrir se fizermos. ㅡ Nesse momento eu agradeci tanto por ir com uma roupa provocativa. 

Algo me motivou a ir até onde Jin estava sentado e sentar em seu colo, uma perna de cada lado de seu corpo e aproximei nossas intimidades. 

Deixei meu rosto a centímetros do seu, podia sentir sua respiração falha. Não sei de onde arranjei tanta coragem.

Juntei nossos lábios com desejo, necessidade. Minhas mãos passearam pelo seu cabelo e às dele foram em direção à minha cintura, à procura de um maior contato. 

Rebolei em seu pau ainda coberto pelos tecidos, mas ainda percetívelmente duro, e arfamos um uníssono. 

Ele distribuía beijos e chupões no meu pescoço enquanto eu tentava tirar sua camisa. 

Desisti de tirar aquela merda e me preparei pra tirar meu vestido quando Jin me impediu

ㅡ O que você está fazendo? ㅡ perguntei 

ㅡ Não podemos. Acho que já esclareci todas as suas dúvidas. Te vejo amanhã, já pode sair. ㅡ disse, frio.

Ok, ele me expulsou de sua sala. Eu estava furiosa, mas iria ter minha vingança. Ele vai me desejar de todos os modos, disso eu tenho certeza. 


Notas Finais


Meu Deus, QUE VERGONHA!!!
Espero que tenham gostado e me perdoem pelos erros de português.
E se quiserem, podem fazer capas para me mandar, eu realmente não tenho talento para isso.
Me contem o que acharam nos comentários.
Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...