História Demogorgon, again? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Karen Wheeler, Lucas Sinclair, Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Steve Harrington, Will Byers
Tags Eleven, Ficção, Mike, Stranger Things, Upside Downs
Visualizações 30
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Escolar, Ficção, Sobrenatural
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Helloooo, como estão vocês? Então, capítulo novo hoje pq me senti inspirada e animada para escrever essa semana

Espero que gostem :)

Capítulo 2 - Liar


[Segunda, 03 de Fevereiro de 1985]

Onze


Eram exatamente zero, oito, três, zero da manhã (08:30) e eu teria o meu primeiro dia de aula na escola de Hawkins, junto com todos os meus amigos. Eu nunca estive tão feliz para sair de casa, então, eu levantei rápido da cama, tomei um banho, escovei meus dentes e me vesti com as roupas mais largadas e confortáveis que tinha e corri para a porta.

—Bom dia, Jane!— Hopper diz, interrompendo minha saída apressada


—Bom dia...— Digo, um pouco irritada


—Não vai tomar café? Estou fritando ovos com waffles para você — Ele sorri, olhando para mim enquanto mexe na frigideira.


—Eu vou me atrasar...—


—Não está não, a escola começa às 9:30, esqueceu? Esta bem cedo ainda.— Ele joga o prato com três waffles e um ovo frito no meio na mesa


—Agora senta ai e come...— Ele diz, ainda sorrindo


—Tá bom— Me jogo na cadeira e apoio meus braços na mesa, dando a primeira garfada nos waffles


—Hey, não fique brava. Você irá para a escola, só quero que coma— Me dá um tapinha nas costas e volta para o fogão, preparando outro ovo para ele


Comi todo o café da manhã e rapidamente peguei minha mochila, pronta para sair.


—Mocinha...não está esquecendo de nada?—


—Beijo na testa?—


Ele se aproxima e logo faz o dito.


—Boa aula— Sorri, com orgulho


—Bom trabalho— Abro um meio sorriso e logo saio correndo da casa, muito animada.


Quando finalmente estava na parte de fora da casa, uma surpresa: Mike estava lá, andando de bicicleta sozinho, parecia mais apressado que o normal


—Mike!— Grito, logo ele olha para trás, e saí da bicicleta, correndo até minha direção


—Onze!— Ele grita, abrindo os braços preparado para um abraço caloroso


 Nos abraçamos e logo dei um beijo na sua bochecha.

—Senti saudades— Sorri, e acabo ficando corada.


—Quer carona até a escola? Dustin, Will e Lucas acabaram indo antes de mim por que queriam pegar alguns livros na biblioteca. Preciso conversar uma coisa bem séria com vocês hoje.—


—É algo perigoso?— Suspiro, preocupada


—Eu não sei...— Logo, pega na minha mão e me leva até sua bicicleta. Subo, e ele começa a pedalar até o caminho da escola.


(...)


Jonathan


 Quase durmo no meio da aula de física do Mr. Broyer, quando de repente olho para a porta aberta e Nancy esta passando no corredor conversando com Steve. Não pareciam estar falando nada demais mas sempre que vejo os dois juntos, me dá uma pontada de ciúmes.

Finalmente a aula acaba e vou direto até meu armário guardar minha câmera e meu caderno de física.


—Heeey...— Nancy diz, chegando de surpresa e me abraçando forte pelas costas


Me viro de costas para ver seu rosto, e lá estava ele, deslumbrante como sempre.


—Como vai você?— Digo, olhando fixamente para seus olhos azuis cristalinos e grandes com um leve sorriso.


—Vou bem, mesmo que minha aula de Química tenha sido um saco. E você?—


—Mais ou menos… —


—O que houve?— Ela diz em tom preocupado.


—Só...preocupado com as despesas de casa, os últimos tempos não têm sido fáceis. —


—Entendo, se quiser, podemos procurar um emprego e trabalhamos juntos, quer?—


—Eu amaria trabalhar com você e eu super apoio essa ideia. Mais uma aventura juntos?— Digo, sorrindo.


—Mais uma aventura juntos— Logo me abraça forte, e retribuo com um beijo na testa


—Vamos para a aula? —


—Vamos...—


O sinal toca e andamos até as nossas salas juntos, de mãos dadas. Eu odeio ter que mentir para Nancy, mas alguma coisa me impediu de contar a verdade de que eu estava com ciúmes. Algum tipo de controle sobre mim.


“O que está acontecendo comigo?”


Notas Finais


Deixem nos comentários o que estão achando da fic e quais são suas teorias para o próximo
AND
Deixe nos favoritos se estiver curtindo
Tudo bem?
Beijokas e até o próximo 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...