História Demon - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtanboys, Bts, Cativa, Demon, Demonios, Diabo, Exofilia, Fanfiction, Fantasia, Hell, Imagine, Inferno, Jeongguk, Jimin!demon, Jungkook!demon, Kpop, Masoquismo, Minyoongi, Mitologia, Namjoon, Sadomasoquismo, Sobrenatural, Suga, Universoalternativo
Visualizações 3.536
Palavras 561
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lana del rey_ Carmen

Olá♡ Espero que gostem da minha nova fanfiction do Jungkook! Muito obrigada de antemão por todos os futuros favoritos!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Demon - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 1 - Prólogo

Ao nascer á mim, Lee ___________ foi prometida por seus pais, eles sabiam que quando a garota completasse seus dezoito anos a própria me serviria até o fim de sua vida como pagamento pelos favores que prestei a um deles : Eu tinha salvo á vida de seu pai quando esteve doente, e a beira de uma trágica morte. Talvez esses se importassem mais com a própria vida do que com a da pobre ___________.

De ano em ano, eu acessava o mundo superior para contactar a bela jovem que aos poucos ia se desenvolvendo, seus pais sabiam que tudo o que os demônios dão, eles cobram em dobro, não somos da paz e da justiça como os anjos, por isso estamos sempre naquele lugar hostil, vulgo inferno.

Jung Hoseok, é seu anjo da guarda este que por força havia se afastado a muito tempo da mais nova, e mesmo que por várias vezes ele tentasse pedir pela resguarda da alma da garota de bochechas ruborizadas, eu nunca voltaria atrás com a minha palavra, pois tudo o que se é dito e escrito por contrato, para mim é algo irrefutável!

Agora estou a passos lentos e silenciosos no quarto de ___________, às janelas estão um tanto abertas e as cortinas brancas são levadas com o vento, ela não pode me ver, e nem sequer tocar-me. Apenas a observo dali velando seu sono profundo, a menor dorme silenciosamente, ora virava de um lado para o outro, ora se torna imóvel sobre a cama. Eu não posso oprimir nenhuma alma viva para que seja minha, e que dê seu corpo para meu deleite. - infelizmente.

___________ me conhece bem, em seus sonhos quase todas as noites estou, e um dia ela conhecerá aquele homem que tem um olhar profundo, intenso e explícito. 

A menina sempre teve uma certa fixação pelo desconhecido e pelo sobrenatural, mas mal sabe que a própria daqui um tempo terá de servir somente à mim, e morar junto à mim.

Caminho ao redor de sua cama, seu perfume de lavanda silvestre estava por toda a parte, aquela sensibilidade tomava todo o quarto, mesmo que a sua personalidade desde de pequena fosse algo que adimirasse por ser extremamente determinada e forte, sua face era de fato como uma fruta doce e singela.

 Deslizo minha mão pela cabeceira da cama e desço meu olhar para seu rosto que é banhado pela luz da lua que bate suavemente diante de seu nariz e lábios, estes que são como que desenhados por um pintor da arte bizantina.

- Logo seu corpo será meu para sempre ___________, eu sei que o tempo está ao meu favor com relação à isso, mas estou impaciente para te ter em meus braços. - Murmurando sobre a garota, olhei-a com profundo desejo.

A cada cem anos eu voltava para o mundo superior a fim de arrebatar outra cativa, eu necessitava ter alguém alado a mim, mesmo que nunca tivesse me apaixonado por nenhuma dessas escravas, sentia uma conexão diferente por essa escolhida.

Eu havia esperado por dezesseis anos, e esse tempo estava acabando... finalmente iria ter a frágil menina em meus braços, para fazer com ela o que quiser, eu iria mostrar algo além dos seus limites e Jung Hoseok mesmo que quisesse me impedir para que eu não concluisse meus planos, jamais iria me afastar de minha escolhida, apenas a morte pode nos separar agora!


Notas Finais


Se gostaram apenas do prólogo imaginem a safadeza que será ao longo da fanfiction? Hahahaha
Anseio que vocês comentem e favoritem bastante! Vou responder cada um no devido tempo! Beijos♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...