1. Spirit Fanfics >
  2. Demon -Jeon Jungkook >
  3. O seu gosto

História Demon -Jeon Jungkook - Capítulo 23


Escrita por:


Capítulo 23 - O seu gosto


Desço as escadas com cautela, em passos leves, esperando que ninguém me veja, porém quando chego na sala tenho uma ilustre surpresa, todos estavam lá, desmaiados, roncando, jogados pelos sofás, uns até dormiram com o copo de bebida na mão, seguro o riso e passo por eles silenciosamente, pelo visto o primeiro dia de spring break rendeu, abro a porta de vidro que dava para a piscina.

O clima aqui fora estava um pouco frio, contrastando com a piscina aquecida, que gerava um vapor de cor roxa, devido a iluminação púrpura neon que decorava a área externa da casa. E lá estava Jungkook, seus cabelos estavam molhados, sua testa franzida, com um olhar vazio, seu corpo definido, tudo isso me causava arrepios.

-Oi, posso entrar? -Falo baixo cruzandando a porta com receio, porém ele não me responde e nem olha para mim.

Engulo seco, confirmando o que eu já esperava, eu devo ter o chatiado ou magoado, não deveria ter gritado com ele aquelas palavras tão duras, porém sinceras. Tiro o blusão e entro devagar na água aquecida, sinto todos meus músculos relaxarem, jogo minha cabeça para cima, a encostando na borda fria, olho para o céu estrelado, pensando no que eu iria dizer e como iria fazer isso, o local estava silencioso, com um som de ondas quebrantando, devido estarmos bem parto da praia, e tudo o que eu queria era permanecer assim, porém eu preciso acertar o que eu fiz hoje de manhã.

-Sobre hoje mais cedo... -Falo frágil me preparando para explicar algo que não havia explicação.

-O que você falou, era verdade? -Jungkook interrompe, me questionando de forma direta, ainda com o olhar fixo no horizonte.

-E..eu estava alterada, não estava pensando direito por caus... -Tento me explicar com a voz trêmula porém ele me corta.

-É verdade ou não? -Jungkook diz sério voltando seu olhar para mim.

Seus olhos extremamente pretos, da mesma cor de seu cabelo, contrastando com sua pele branca e seus lábios rosados, os músculos definidos, claramente tensos, sim Jeon Jungkook, por mais que eu lutei contra, por mais que eu não queira, tudo o que eu falei é verdade, cada palavra. Porém não sei como explicar isso, um nó se forma na minha garganta, porque eu tenho dificuldade em falar algo que era tão óbvio? Respiro fundo, reunindo toda minha força e coragem.

-Sim. -Engulo seco olhando baixo, para a água que se movia lentamente devido ao vento.

-Droga Catherine, porque isso foi acontecer? -Ele murmura me encarando.

-Desculpa. -Falo sem reação, tentando processar sua resposta inesperada, para falar a verdade, eu não sabia o que esperar.

Olho para baixo, sentindo meu maxilar tensionado, vejo a água se mover bruscamente e olho em sua direção, Jungkook estava do meu lado agora, estávamos muito próximos, o mesmo me encarava, porém eu não tenho essa coragem, não consigo o encarar de volta, não depois de admitir que eu sentia algo por ele.

-Você é tão inocentemente perfeita. -Jungkook fala levantando meu rosto com sua mão, me fazendo olhar diretamente para seus olhos. 

-Eu s..sou um anjo, isso não é certo -Falo ficando nervosa com a situação e acabo falando a primeira coisa que vem em minha cabeça.

-Bem, o errado é sempre mais gostoso -O garoto sussurra, chegando seu rosto perto do meu, deixando poucos centímetros de distância.

Sinto sua respiração calma, olho para o mesmo, nossos olhares se cruzam, por mais que eu não goste de admitir e só tenha percebido isso agora, eu esperei tanto por esse momento. Concentro minha atenção apenas e sua boca, com um impulso, uno nossos lábios, finalmente sei a sensação de toca-lo, meu corpo não obedecia mais minhas ordens, ele fazia suas próprias, sinto seu gosto na minha língua, suas mãos de Jungkook vão até minha cintura, as pressionando, me fazendo sentir aquela sensação, sorrio entre o beijo, pensando como eu senti falta desse toque, como eu o desejei, como eu estava necessitada por isso. Nossos corpos colados, nossas línguas em sintonia, mas isso não era o suficiente para mim, eu quero mais, acelero o beijo, meus dedos de fecham em seu cabelo molhado, procuro mais contanto com o mesmo, jogo minhas pernas e as entrelaço em sua cintura enquanto nossas línguas se encontravam, o mesmo me segura pelo quadril, dedilhando toda sua extensão, meu corpo pegava fogo, eu estava totalmente sem ar e ele também, Jungkook finaliza o beijo com uma mordida leve em meus lábios, abro os olhos e o vejo me olhando com um belo sorriso no rosto.

-Eu esperei tanto por isso -Falo colando nossas testas e sorrindo alegre.

-Acredite, eu esperei muito mais anjinha -Ele diz sorrindo de lado, enquanto suas mãos continuam em minha cintura. -Você ficou extremamente gostosa nesse biquíni -Ele fala rouco e eu mordo a boca de modo doce.

-Hm fiquei? -Banco a inocente, o que eu realmente não era nesse momento. 

-Você não faz ideia -Jungkook fala entre uma trilha de beijos indo para o meu pescoço.

Ele começa a chupar meu pescoço igual na boate, merda, ele sabe que eu adoro, sua boca no meu pescoço dando leves mordidas que me faziam tremer, como aquilo era bom, passo a mão em seu abdômen descendo cada vez mais.

-Alguém não é tão inocente quanto falam -Jungkook diz brincando com a corda da parte de cima do meu biquíni.

-Você não faz ideia -Sussurro em seu ouvido, vendo o mesmo se arrepiar.

-Porra eles vão transar na piscina!! -Ouço a voz de Yoongi de longe.

Me viro rápido e vejo todos os meninos amontoados na porta que dava acesso a piscina, na mesma hora me separo do Jungkook corando completamente, eles não estavam dormindo? O que importa, todo mundo viu a gente, estou ferrada!

-Está tarde, eu preciso ir para o meu quarto. -Falo olhando para Jungkook, saio da piscina, pego uma toalha, me enrolo nela, indo rapidamente em direção ao meu quarto, o deixando sozinho.

Fecho a porta e a cortina, entro no banheiro, sento na banheira vazia e começo a pensar no que aconteceu. Meu coração estava a mil igual as sensações e correntes elétricas correndo pelo meu corpo, eu nunca fui tão.. pervertida assim, e o pior, eu gostei, e gostei muito, meu deus. Coloco a mão em meus lábios sentindo o gosto do Jungkook, quando eu estava com ele me sentia enfeitiçada por seus toques, por tudo que o mesmo fazia, eu nunca senti assim com ninguém, eu só sei que quero de novo e mais, os lugares onde o garoto havia tocado estavam quentes, como se ainda pudesse sentir suas mãos pressionando minha pele.

Ouço alguém bater na porta, quando vejo Jimin entra o banheiro e senta no vaso, me olhando sorrindo.

-Como você está? -Jimin pergunta me encarando, tentando esconder o sorriso, de quem tinha razão.

-Envergonhada -Digo mexendo em uma  mecha do meu cabelo.

-Eu sei, você está vermelha igual um pimentão -Ele diz rindo e eu escondo meu rosto entre as pernas. -Mas então, como foi? Foi tudo o que você imaginava?  -O garoto me pergunta curioso.

-Jimin! -O repreendo morrendo de vergonha.

-Vamos Catherine, eu sou seu melhor amigo desde criança, você pode me contar tudo. -Ele fala a ajeitando no vaso pronto para ouvir detalhes.

-Você trancou a porta? -Pergunto e ele concorda. -Foi maravilhoso, você não tem ideia, sério, eu queria ficar lá pra sempre -Sorrio boba me lembrando de tudo.

-Foi mal pelo Yoongi -Ele fala sorrindo. -Mas então, quero detalhes. -Jimin se empolga.

-Foi assim, a gente começou a se beijar, aí na empolgação eu pulei nele e ele me segurou pelas coxas e bunda, eu puxei o cabelo dele enquanto ele chupava meu pescoço, foi maravilhoso, mas tão errado, ele me deixa vulnerável, eu gosto disso quando deveria não gostar -Falo desabafando sem pensar duas vezes e Jimin me olha assustado.

-Eu acho que me perdi na parte que você pulou nele -Ele me olha confuso enquanto estou tão perdida nos meus pensamentos que nem o ouço.

-Acho que eu preciso de um banho -Falo tão frenética que até me esqueço que o garoto estava ali, então tiro a parte de cima do meu biquíni, revelando meus peitos perfeitamente redondos, parecendo maçãs.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...