História Demon Sexual - Incubus - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Carter Reynolds, Jack & Jack, Jacob Whitesides, Madison Beer, Maggie Lindemann, Mahogany LOX
Personagens Jack Gilinsky, Jack Johnson, Madison Beer, Maggie Lindemann
Visualizações 8
Palavras 1.453
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AVISO

*ISSO É UM HOT*
*SE VOCÊ NÃO GOSTA , NÃO LEIA*
*LEMBRANDO , PARA NÃO FICAREM CONFUSOS , ELA SONHAVA COM O JACK ANTES , POR ISSO SABIA O NOME DELE*

Capítulo 2 - Visit


Fanfic / Fanfiction Demon Sexual - Incubus - Capítulo 2 - Visit

•A n g e l   N i c h o l s

Los Angeles , Califórnia 


Beijos. Isso que eu estava sentindo em meu pescoço enquanto dormia. 

Ainda de olhos fechados , me sentei na cama e passei as mãos pelo meu rosto. Bufei alto. Estava com cede , mas estava com preguiça de levantar ir tomar água. Abri meus olhos , mas me arrependi amargamente assim que meus olhos focaram-se na criatura que estava sentado na poltrona do meu quarto , à minha frente , me observando. 

Olhos castanhos , lindos , mesmo no escuro. Tinha um brilho misturado com um pouco de vermelho. Cabelos escuros e lisos , que formavam un topete perfeito. Usando uma camiseta preta , acompanhada por uma jaqueta de couro da mesma cor e calça jeans escura. Seu maxilar travado o deixava ainda mais sexy , se possível , com aquela cara de badboy.

Ceús!

Fechei meus olhos com força , rezando para que eu estivesse ficando doida e não poderia ter um homem desse , aqui , no meu quarto , me olhando de uma forma que deixa qualquer uma louca.

— Você não está sonhando. — sua voz rouca se fez presente —

— Não ? — questionei , abrindo apenas um olho para me certificar — Fuck! —

Ele se levantou , vindo até a cama e se aproximando de mim engatinhando sobre a mesma. Um frio percorreu a minha espinha , quando ele tocou minha cintura "semi-nua" , por conta da mini blusa do babydoll , com seus dedos frios. 

Senhor!

Seus dedos apertaram minha cintura com possessão , que no momento , só me fez gemer de prazer.

Masoquismo ? Talvez. 

Seus lábios vinheram de encontro com os meus de uma forma necessitada. Abraçei seu pescoço com meus braços , o puxando mais para mim e aprofundando o beijo. Minha mão agora puxava os fios escuros do seu cabelo , arranhando sua nuca de leve com minhas unhas medianas. Sua destra direita foi para dentro da minha "mini blusa" , apertando meus seios , me fazendo gemer contra sua boca. O puxei para cima de mim , o tendo por completo , passei minhas pernas por volta da sua cintura em busca de contato. Senti algo duro roçar contra minha intimidade e , arfei entre o beijo , o que resultou ele soltar uma risada gostosa em meu ouvido.

— Eu não vou te machucar , babe! — disse —

— Eu não vou ligar se você me machucar. —

— Isso é bom. — diz ele , roçando ainda mais seu corpo contra o meu — Muito bom! — concluiu —

Mordi o lábio inferior assim que retirei a camisa do seu corpo , me dando a visão privilégiada do seu abdômen definido. Levantei meus braços quando ele fez menção de tirar a minha blusa , e assim , vi a peça indo para o chão do quarto. Seus lábios se encontraram com os meus novamente , agora em um beijo com mais desejo.

Deslizei minhas unhas por seu abdômen , chegando ao seu V-line , e mais uma vez me pego mordendo os lábios. Tateio o coz da sua calça , abrindo o botão da mesma e puxando a peça para baixo , que foi retirada com a ajuda do homem maravilhoso que estava em cima de mim. Balanço minha cabeça negativamente e, sinto seus dedos gélidos tocarem minha intimidade por cima do pequeno short que usava para dormir. Sua mão adentra o short , levando minha lingerie pra lado. Arfo , fecho os olhos e gemo baixo , quando dois dedos e introduzido em mim.

Esse homem com certeza é bom de cama. Penso.

Mordo seu ombro , na tentativa de não gemer alto. Meu corpo todo treme quando sinto que estou no ápice , que é interrompido por ele , tirando seus dedos de dentro de mim e os levando até os lábios , lambendo de uma forma puta sexy. Faço menção de abrir a boca para falar algo , mas nem tive a oportunidade , quando senti que já estava totalmente nua na frente dele. Minhas bochechas queimaram , ele riu e beijou minha testa , bochecha , queixo e por último deixou um beijo casto no canto dos meus lábios.

— Fica calma. — disse —

Sua boxer preta foi retirada do seu corpo , revelando seu membro duro e grande , que logo foi deslizando para minha entrada com a ajuda do MEU homem , dando pinceladas em minha intimidade.

— G...não é hora pra brincadeiras. — simplesmente saiu da minha boca —


Ele sorriu , QUE SORRISO , meus amigos. E então me penetrou de uma só vez , arrancando um gemido alto da minha parte. Cravei minhas unhas em suas costas , arranhando ali. Coloquei minha cabeça na curvatura do seu pescoço , dando chupões e beijos ali. Suas estocadas eram fortes , tão fortes , que eu jurava seu membro estar tocando meu útero.

— Sei o que deve estar pensando. — diz ele , mordendo o lóbulo da minha orelha e gemendo em meu ouvido —

— Porra! — gemi alto —

Meu pescoço foi chupado com tanta vontade , que tenho certeza que amanhã estaria um hematoma grande.

Tombo minha cabeça para trás , me deliciando das bombeadas que Jack investia em mim. 

Sinto o orgasmo chegar e ambos , nós , nos desfazemos ali mesmo , apreciando o momento. Seu líquido chega quente dentro de mim , se misturando com o meu , me fazendo amolecer no mesmo instante de puro prazer. 

— Isso foi tão...— não tenho palavras —

Ele se joga ao meu lado , ao mesma tempo em que me levanto puxando o lençol cobrindo meu corpo , o mesmo me olha confuso.

— Banho. — falo e sigo para o banheiro —

Entro no box , me livrando do pano e ligando o registro para tomar um banho gelado. Assim que a água fria entra em contato com minha pele , sinto meu corpo relaxar , eu estava quente , literalmente. Sou prensada na parede de forma brusca , meus lábios são tomados rapidamente em um beijo selvagem. Agarro os cabelos de Jack e os puxo. Ele encerra o beijo com celinhos , e me olha malicioso , abaixando-se na altura dos meus seios e sugando um enquanto aperta o outro. Com seu impulso , prendo minhas pernas em sua cintura , sentindo seu membro pulsar contra minha intimidade.  

Ele me coloca no chão calmamente e se abaixa , ficando com o rosto em minha intimidade que pulsa. Coloca cada uma de minha perna em cada lado do seu ombro e ali, sinto , uma sensação maravilhosa que sua boca é capaz de causar.

— J-jack — puxo seus cabelos —

Sua língua toca cada parte da minha intimidade , sua boca me chupando é uma coisa de outro mundo. Minhas pernas fraquejam , eu já estou no segundo orgasmo. Ele suga todo o meu líquido que escorre. Fica na mesma posição do começa , agora me segurando para não cair. Me vira de forma rápida , me deixando com o rosto virado para a parede fria do banheiro.

Seu membro roça em minha bunda  , antes de se enterrar em mim. Solto um grito alto. Sua mão faz movimentos circulares em meu clitóris de uma forma gostosa , ainda com seu pau entrando e saindo de dentro de mim. Minhas nádegas são apertadas com vontade , enquanto ele morde meu pescoço e ambos gememos juntos um paro o outro. Levo minha mão para um dos seio o apertando , a sua toma o lugar da minha o apertando , de vez em quando levo apertos no bico do peito enrijecido , que pede por atenção. 

Sinto seu pau pulsar dentro de mim. Os únicos sons a ser ouvidos no momento são o barulho dos nossos corpos se chocando um no outro e nossos gemidos. 

••••

— Idiota. — murmuro baixo —

— Eu ouvi isso. — diz ele de dentro do banheiro —

Bufo indignada. Jack e eu estamos em uma pequena briga que dura a 16 minutos , para ver quem ira arrumar a bagunça em que fizemos no quarto. 

— Você deveria arrumar. — falo —

— Por que eu ? — sai do banheiro , se escorando na porta do mesmo —

— Porque você veio atrás de mim. — digo —

— Que eu me lembre , foi você que fez um pacto comigo. — disse ele debochado —

— Podemos quebrá-lo se quiser. —

— Não mesmo. — vem até mim — Você é minha , babe! — ganho um celinho — Mais ainda sim , é você que ira arrumar o quarto. —

— Aish... — 

E no final acabamos arrumando juntos , e ele ficou comigo , mas avisando que era só até eu dormir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...